conecte-se conosco


Política MT

Governador afirma que salários poderão voltar a ser pagos no dia 10 a partir de julho

Publicado

Afirmação de Mauro Mendes destoa do que disse o secretário de Fazenda, que projeta regularização dos salários somente no fim do ano

O governador Mauro Mendes (DEM), depois de afirmar que o Estado começa dar sinais de reação com as medidas do seu governo aprovadas em janeiro pela Assembleia Legislativa, admitiu a possibilidade de voltar a pagar o salário do funcionalismo no dia dez de cada mês, como prevê a Constituição, já a partir de julho próximo. A afirmação de Mendes foi dada em uma entrevista à Rádio Centro América FM.

“Acredito que até o mês de julho seja possível voltar para o dia 10, que é a data legal. Voltar tudo para o dia 10, as previsões mostram isso. Vamos ver se elas se confirmam. A meta neste primeiro momento é dia 10 voltar a pagar”, afirmou. A nova postura do governador democrata destoa do que prega o secretário de Fazenda do Estado, Rogério Gallo, que não previa o pagamento de todos os salários no dia 10 de cada mês antes do final de 2019.

Apesar da previsão de salário na conta no dia 10 de cada mês subsequente a partir de julho, o governador Mauro Mendes fez questão de destacar a crise vivida pelo Estado, que ele classifica como grave, além de enfatizar que o “Mato Grosso está atolado em dívidas e presta um mau serviço ao cidadão”.

O governador faz adianta que o governo está buscando o equilíbrio e que precisa pensar o Estado como um todo e não apenas o funcionalismo público. “Tenho todo respeito pelo servidor público, sou um servidor público hoje também, mas, tenho que olhar para o Estado inteiro. Tenho que olhar para a saúde, para o cidadão, as obras. Não posso ficar administrando achando que Mato Grosso só tem 100 mil servidores”, desabafou o governador.

Depois de retomar o pagamento do salário do servidor para o dia 10 de cada mês, conforme o governador Mauro Mendes, o próximo passo será fazer uma programação para quitar as dívidas com os fornecedores.  “Estamos fazendo um esforço gigante, para que isso aconteça. Mas, eu não tenho varinha de condão mágica e nem entra todo o dinheiro que eu gostaria no Estado. Nós estamos pagando, mas eu acredito que não mais de 20%. Por trás de cada fornecedor desse tem um pai de família que trabalha”, disse o governador.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política MT

João Batista recepciona e parabeniza atletas pela participação no Campeonato Nacional de Karatê

Publicado


Foto: Ronaldo Mazza

Foto: Ronaldo Mazza

O deputado estadual João Batista do Sindspen (Pros) recepcionou na manhã desta segunda-feira (6), na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), 47 atletas da Federação Esportiva de Karatê de Mato Grosso (FEKMT), que participaram do Campeonato Nacional de Karatê em Brasília. Na ocasião, o parlamentar parabenizou o grupo que alcançou a 4ª colocação na classificação geral do campeonato.

De acordo com o parlamentar, a recepção aos atletas, além de parabenizar o grupo, teve a principal intenção de mobilizar a imprensa local e dar o devido reconhecimento aos projetos sociais voltados para o esporte. 

“O Karatê, além de trabalhar a disciplina das crianças e adolescentes, também trabalha a questão da educação e saúde. Quando nos deparamos com ações como as desenvolvidas pela FEKMT, que é voltada exclusivamente para as crianças e adolescentes de baixa renda do estado, vemos a importância da participação do Poder Público, como é o caso da ALMT, que por meio de recursos como as emendas, pode financiar este tipo de trabalho. É o esporte de Mato Grosso sendo notícia em todo o Brasil”, disse o deputado.

Batista explicou ainda, que fez a destinação de uma emenda no valor de R$ 50 mil para Associação W-Kan de Karatê, responsável por 37 atletas que disputaram o Campeonato Nacional. “O Dojo W-Kan está há mais de 20 anos transformando, guiando e orientando os jovens do nosso estado. Se conquistamos a 4ª colocação, é devido a todo o trabalho que eles desenvolvem”, concluiu o parlamentar.

Para o presidente da FEKMT, Valdo Silva de Oliveira, o resultado obtido no Campeonato, colocará Mato Grosso em evidência, afirmando que a participação do Poder Público é essencial, proporcionando aos jovens uma oportunidade de seguir o “caminho correto”.

“Deus abriu as portas e colocou o deputado João Batista em nosso caminho, nos dando todo o suporte necessário para darmos continuidade em nosso trabalho. Saímos com destino à Brasília com 47 atletas, destes, 43 obtiveram algum tipo de resultado, uma competição muito acirrada com outros 1300 atletas. Precisamos da participação constante do Poder Público como um todo, incentivando a prática de esportes e dando mais oportunidades aos nossos jovens, dando-lhes a oportunidade de seguir o caminho correto, longe das drogas e do crime”, comentou o presidente da Federação.

Fonte: ALMT

Continue lendo

Política MT

Lei garante proteção aos direitos do consumidor na compra de veículos automotores

Publicado


Lei do deputado vai garantir segurança juridícia para o mercado e consumidores finais de veículos

Foto: SAMANTHA DOS ANJOS FARIAS

Foi sancionada pelo Executivo, a Lei 11.578/2021, que dispõe sobre a obrigatoriedade de empresas, lojas, concessionárias ou estabelecimentos congêneres de disponibilizar laudo cautelar veicular ao consumidor que faz a aquisição de automóveis. A matéria é de autoria do deputado estadual Delegado Claudinei (PSL)  e foi proposta a fim de gerar total respaldo aos compradores de veículos, sem ter nenhum tipo de prejuízo futuro que não esteja condizente ao ofertado.  

“Essa proposta é para garantir que o carro comprado tenha todas as características apresentadas no ato da aquisição por meio do laudo cautelar veicular. Agora, com a lei vigente, esse documento deverá ser disponibilizado por estabelecimentos que realizam a venda de veículos automotores ”, esclareceu o parlamentar.

Cenário

De acordo com o presidente da Associação das Empresas de Vistorias do Estado de Mato Grosso (ASSOVIS-MT), Josias Laier Nogueira, essa lei veio em uma boa hora já que vai auxiliar o mercado e o consumidor a não terem problemas futuros, garantindo segurança jurídica. “A lei, com a sua obrigatoriedade, não vem beneficiar empresas. Ela vem proporcionar segurança para quem compra e para quem vende. É uma lei que vai dar transparência na comercialização de carros seminovos que é grande no mercado de Mato Grosso e do país”, explica Nogueira.

Josias, que atua há 20 anos no mercado de vistoria e elaboração de laudo cautelar veicular, conta que a lei vai mudar o mercado de automóveis. “Os grandes grupos que estão há mais de oito anos no mercado de Mato Grosso já têm como processo, na compra, a realização de um laudo para colocar no estoque deles. Quem ganha com a lei é o consumidor final, o Estado e as entidades públicas. São inúmeros os casos que surgem todos os dias. Existem lojistas que têm inúmeros processos relacionados a carros que foram comprados de leilão, batidos ou incendiados. Sem falar dos veículos dublês que são quando a placa é de São Paulo e corre em Mato Grosso, por exemplo. Praticamente, 100% adulterado”, especifica Josias. 

O representante da ASSOVIS-MT aproveitou para informar que o dia que a lei foi sancionada, foi uma boa surpresa para o segmento de vistoria veicular. “A lei do deputado Claudinei circulou no Brasil todo. Nós comunicamos ao conselho do nosso segmento, que estava reunido com todos os Detrans (Departamentos de Trânsito) do país, no Rio Grande do Sul. Eu enviei a nossa lei ao presidente do Conselho e ele divulgou geral. Foi praticamente uma ampla divulgação”, conclui Nogueira.

Fonte: ALMT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana