conecte-se conosco


Política MT

Pedro Taques defende reforma tributária sem cobrança de ICMS e recriação de nova CPMF

Publicado

A defesa de Taques foi no Bate Papo com a Indústria, live realizada pela Fiemt

O candidato ao Senado, Pedro Taques (Solidariedade), defendeu a concretização da reforma tributária para sustentar o crescimento do Brasil. Para ele, é preciso uma reforma que cobre menos impostos da produção e que haja uma tributação maior no consumo e defendeu o fim do ICMS e anunciou voto contrário em qualquer tentativa de recriação da CPMF. A defesa de Taques foi no Bate Papo com a Indústria, live realizada pela Fiemt. 
Taques lembrou que, como governador de Mato Grosso, tentou implementar uma reforma tributária no ano de 2016, com apoio de todos os segmentos econômicos do estado. No entanto, a tramitação da reforma foi interrompida por conta do debate nacional. Mas, quatro anos depois ainda não há um consenso sobre o texto da reforma. 
“A minha concepção sobre tributação é que você tributa a produção ou o consumo. Hoje no Brasil nós tributamos muito a produção, o que pesa no Custo Brasil. Segundo a OCDE, o valor que um empresário paga é muito elevado”, disse. 
Taques destacou que é necessário realizar a simplificação tributária, e disse que, atualmente, há 27 legislações sobre ICMS no Brasil. Segundo ele, isso acaba dificultando o sistema e gerando insegurança jurídica ao investidor. “Defendo o Imposto de Valor Agregado (IVA), substituindo o ICMS”, completou. 
O candidato também defendeu que a reforma tributária aconteça antes da reforma administrativa. “Não mudo de opinião de acordo com a live que eu participo. Mais tarde tenho uma transmissão com os servidores e quero deixar claro isso”, destacou, alegando que o tamanho do Estado precisa ser de acordo com aquilo que ele faz bem feito. 
Taques também defendeu que o Estado faça concessões nos setores em que ele não atua tão bem. O candidato lembrou que quando esteve à frente do governo, concedeu estradas à iniciativa privada e trabalhou muito para concessão de cinco aeroportos em Mato Grosso. 

Lei Kandir

Em relação à Lei Kandir, Taques defendeu sua continuidade. Segundo ele, não é possível exportar impostos tendo em vista a competitividade dos produtos de Mato Grosso. Ele lembrou que, mesmo sem cobrança de ICMS da exportação, as cidades produtoras acabam sendo maior, ou seja, a produção gera riqueza na região produtora. 
O candidato destacou ainda que é preciso haver uma compensação maior por parte da União. Ele ponderou que outros estados recebem mais do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e possuem menos perdas de receitas.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política MT

Emanuel vai pedir que Mauro Mendes transfira para Cuiabá a gestão sobre o Distrito Industrial e Ilha da Banana

Publicado

Pautas deverão ser apresentadas em reunião que deve acontecer esta semana no Palácio Paiaguás [Foto – Luiz Alves]

O prefeito reeleito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) revelou nesta segunda-feira (30) algumas das reivindicações que apresentará ao governador Mauro Mendes (DEM), na reunião que deverá ocorrer esta semana no Palácio Paiaguas. O encontrou foi anunciado ao emedebista pelo secretário-chefe da Casa Civil Mauro Carvalho no final da noite de domingo (29) durante telefonema em que o parabenizou pela vitória no segundo turno.

“Ele [Carvalho] me parabenizou e reconheceu a vitória. Ele ficou de avisar e marcar com o deputado Emanuelzinho para a gente fazer o primeiro encontro entre o poder Municipal e Estadual”, disse.

Emanuel acredita que a partir dessa reunião, poderá iniciar uma nova fase de entendimento e parcerias entre o Governo e a Capital. “Quero discutir parcerias. O governador foi prefeito, sabe as dificuldades do município. Não precisamos ser amigos, nem do mesmo partido, nem mesmo do grupo político, mas ocupamos os cargos mais importantes do estado e temos que conversar, dialogar. Por Cuiabá eu faço tudo. Quero discutir com o governador e o deputado Emanuelzinho ações, obras, projetos e investimentos e parcerias do Estado com a nossa Capital”.

A reunião pode significar uma trégua entre os dois líderes políticos que trocam farpas desde o ano passado. Emanuel também falou sobre algumas das reivindicações que apresentará ao governador, entre elas, o repasse da responsabilidade de alguns pontos da cidade que atualmente são de incumbência do estado, como Distrito Industrial e o Largo do Rosário, conhecido como “Ilha da Banana”, na região central da Capital

“Quero pedir para ele que transfira a responsabilidade de alguns locais para o município Solicitar uma parceria para o programa Minha Rua Asfaltada. Quero pedir para agilizar a transferência do Distritito Industrial para Cuiabá. Quero pedir a gestão do Largo do Rosário, a popular Ilha da Banana, pois o espaço está abandonado e é um espaço tão simbólico para a história cuiabana. Quero urbanizar aquela região muito cara à cuiabania porque tudo começou ali. É o triângulo histórico da nossa cidade: Ilha da Banana, Morro da Luz e Beco do Candeeiro”, afirmou.

 

Continue lendo

Política MT

Presidente da Fecomércio parabeniza Emanuel Pinheiro pela vitória nas eleições 2020

Publicado

Após a definição em 2º turno de quem irá administrar a capital mato-grossense pelos próximos quatro anos, o presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IPF-MT, José Wenceslau de Souza Júnior, parabenizou o candidato reeleito e atual prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) pela vitória nas urnas contra o vereador Abílio Brunini (Pode).

Wenceslau Júnior afirmou, em ofício enviado ao prefeito de Cuiabá, que a entidade representativa do comércio espera que as relações de parceria sejam mantidas para o bom desenvolvimento econômico da cidade, fazendo da capital um lugar melhor para se viver.

Além disso, o presidente da Fecomércio-MT desejou ao prefeito sabedoria nas decisões e serenidade para conduzir a gestão em dias difíceis. “Nos colocamos à disposição para contribuir na construção de uma cidade cada vez mais promissora, moderna e digna para os cidadãos cuiabanos. Que juntos, possamos trilhar um caminho de respeito e união que alcance resultados efetivos e duradouros para todos”, enfatizou o presidente.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana