conecte-se conosco


Policial

Servidor que trabalhava há 15 anos na Casa Civil admite furto de 11 celulares no Paiaguás e é exonerado

Publicado


Servidor de 33 anos era comissionado DGA-5 e confessou furto durante depoimento na Polícia Civil

A Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá, cumpriu na manhã desta terça-feira (13) mandados de busca e apreensão domiciliar, com objetivo de apreender aparelhos celulares funcionais subtraídos da Casa Civil do Governo do Estado de Mato Grosso.

Segundo o delegado que coordenou a operação, André Luís Prado Monteiro da Silva, onze pessoas foram alvos da ação deflagrada pela Derf Cuiabá. No total, dezessete pessoas foram conduzidas e nove aparelhos celulares foram recuperados.

Os aparelhos foram furtados, no mês de abril deste ano, ocasião em que foram subtraídos 11 telefones móveis que ficavam acondicionados dentro de um armário da repartição pública, todos novos e nas devidas caixas.

Inicialmente o crime foi apurado como peculato pela Delegacia Fazendária, sendo posteriormente encaminhado à Derf Cuiabá, em razão dos indícios da prática de furto por terceiros.

Conforme investigação, o crime foi praticado por servidor da Casa Civil, A.S.G. de 33 anos, o qual tinha a função de serviços gerais. O suspeito era comissionado DGA-5, desde o ano de 2004, e confessou o crime. Os aparelhos foram vendidos por A.S.G. para diferentes pessoas, tendo algumas delas, adquirindo de boa fé.

Leia Também:  Polícia Civil localiza homem que estava 11 anos sem entrar em contato com a família

No decorrer das diligências, foram identificados dois receptadores contumazes, sendo um, inclusive, proprietário de uma loja de conserto, compra e venda de aparelhos celulares localizado no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande.

Ainda na condição de ter cometido o delito por ser servidor público, o suspeito será indiciado pela prática de peculato, podendo ser condenado de 2 a 12 anos de reclusão. Em nota, O Governo do Estado anunciou o desligamento do servidor. Confira:

O Governo do Estado de Mato Grosso esclarece que:

No dia 18 de abril deste ano, foi detectado que 18 aparelhos de telefonia celular haviam desaparecido de um armário do setor administrativo da Casa Civil.

O fato foi denunciado na Delegacia Especializada de Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública, no dia 23 de abril, com a confecção do Boletim de Ocorrência de nº 2019.122030.

Todas as informações foram repassadas a autoridade policial, inclusive os dados dos aparelhos telefônicos, como número de série, entre outras informações. 

Com os dados fornecidos pelo Governo, o caso foi encaminhado para a Delegacia de Roubos e Furtos, que realizou todo o procedimento investigatório. Na manhã desta terça-feira (13.08), após depoimento de uma testemunha, a investigação se desdobrou e culminou com a condução de um servidor comissionado, que trabalha no setor responsável pela manutenção do prédio do Palácio, há mais de 16 anos, para esclarecimentos sobre o fato.

Ao prestar os esclarecimentos, o servidor confessou o furto de 11 celulares ao invés de 18. Diante da confissão, o Estado procederá com o desligamento do servidor.

De acordo com as informações da Delegacia de Roubos e Furtos, após ser ouvido, o servidor foi liberado, por não haver flagrante. No entanto, o delegado do caso informou que irá representar junto ao Poder Judiciário pela prisão preventiva do acusado.

Toda a investigação continua sob a responsabilidade da Polícia Judiciária Civil.

 

 

Leia Também:  Em ação conjunta, Gefron e Polícia Federal apreendem 288 quilos de pasta base de cocaína em Poconé
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Polícia prende integrante de grupo especializado em roubos de carros em Cuiabá e Várzea Grande e caça outros

Publicado

Um integrante de uma organização criminosa envolvida em roubos de veículos em Cuiabá foi preso pla Polícia  durante trabalhos investigativos da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA).

O suspeito, A.F.R., de 42 anos, era responsável por uma caminhonete Chevrolet S-10, que dava apoio aos assaltos realizados pelo grupo e foi autuado em flagrante pelos crimes de roubo majorado e associação criminosa. Na ação, o veículo utilizado pelo grupo também foi apreendido.

A prisão do suspeito aconteceu durante investigações de um roubo, ocorrido na quinta-feira (05), em uma chácara da região do Capão Grande, em Várzea Grande ocasião em que a vítima foi abordada por quatro criminosos em posse arma de fogo, que subtraíram o seu veículo Ford Fiesta.

Assim que foi acionada do assalto, a equipe da DERRFVA iniciou as diligências, conseguindo identificar a participação do veículo S-10, assim como o envolvimento do suspeito no crime.

Com base no levantamento, os policiais realizaram a abordagem do identificado que a apreensão da caminhonete que dava apoio a ação do grupo criminoso. Após algumas checagens, foi possível constatar que o veículo realmente era o utilizado no roubo.

Leia Também:  Em ação conjunta, Gefron e Polícia Federal apreendem 288 quilos de pasta base de cocaína em Poconé

A vítima compareceu à DERRFVA onde realizou o reconhecimento fotográfico e pessoal do suspeito como um dos autores do roubo. Interrogado, o conduzido confessou a participação no crime e também revelou que emprestava o veículo para a prática de outros assaltos praticados pelo grupo.

Diante das evidências, o suspeito foi autuado em flagrante pelos crimes de roubo majorado e associação criminosa. As investigações seguem em andamento para identificar e prende os outros integrantes do grupo.

Continue lendo

Policial

Autor de homicídio em Sorriso é preso no estado do Maranhão

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil de Sorriso (442 km ao Norte de Cuiabá) com apoio da Polícia Civil do Maranhão realizou a prisão do foragido da justiça, Raimundo Nonato da Silva Santos, o “Raimundinho”, que estava com a ordem de prisão decretada pela autoria de um homicídio no município.

O paradeiro suspeito foi identificado checagens de informações pela Divisão Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) de Sorriso. O procurado é apontado como autor da morte de Ademir Bernardo da Silva, ocorrido no dia 25 de abril de 2007, em um bar, no bairro São Domingos.

De acordo com as investigações, o suspeito matou a vítima em razão de uma discussão ocorrida momentos antes do crime. Na ocasião, Ademir (vítima) impediu Raimundo de bater em uma criança.

O fato teria despertado a ira do suspeito, que retornou ao bar em posse de uma faca e efetuou vários golpes contra a vítima. Ademir chegou a ser socorrido, porém morreu horas mais tarde no Hospital Regional de Sorriso em decorrência dos ferimentos.

Leia Também:  Autor de vários roubos é preso pela Polícia Civil em Várzea Grande

Após o crime, Raimundo foragiu da cidade e desde então era procurado pelas forças policiais. Nesta semana, a equipe da DHPP de Sorriso descobriu o paradeiro do foragido e com apoio da Polícia Civil do Maranhão, deu cumprimento ao mandado de prisão contra o suspeito.

Após as providências de praxe, o preso ficará à disposição da 1ª Vara Criminal de Sorriso. 

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana