conecte-se conosco


Policial

Perito já antecipa que tiro que matou adolescente no Alphaville não foi acidental

Publicado

Silvana Ribas – A Gazeta – Laudos periciais do local do crime e balística vão trazer à tona a verdade sobre o homicídio da estudante Isabele Guimarães Ramos, 14, na noite de 12 de julho, no condomínio Alphaville, aponta o perito Carlos Roberto Angelotti, 59, chamado para atuar como assistente técnico no inquérito policial pela família da vítima. Ele aguarda também a entrega dos laudos, quando será realizada a reprodução simulada do crime, da qual irá participar. Com base no laudo de necropsia, a que já teve acesso, antecipa que o disparo que matou a Isabele não foi acidental.

Prefere não se manifestar sobre a investigação que está em curso, mas garante que a testemunha de um perito nunca mente. Trata-se do corpo da vítima, em local de crime, que é revelador. Professor da Academia de Polícia de disciplinas de local de crime e balística, o perito aposentou-se recentemente com 32 anos de atuação junto à Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec). Ele criou o método de reprodução simulada que é utilizado pela instituição e foi mestre de grande parte dos peritos responsáveis pela emissão dos laudos deste crime. Bem por isso teve o cuidado de se manter afastado, aguardando a finalização dos trabalhos dos colegas. Segundo assessoria da Politec, o laudo de balística deve ficar pronto nesta terça-feira (4) e, em seguida, o de local de crime. Mas ambos serão entregues ao mesmo tempo para o titular da Delegacia Especializada do Adolescente (DEA), que investiga o homicídio culposo. A autora do crime é outra adolescente de 14 anos, que disse que a morte da amiga decorreu de um disparo acidental.

Acredita o perito que, no caso de Isabele, a reprodução pode se estender durante todo o dia. Testemunhas e autores do fato, em separado, mostram, no local do homicídio, sua atuação, permitindo o confronto entre o que se declarou em depoimento e a dinâmica do crime, apontada pela perícia.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Diretoria Geral divulga número de vagas para remoções de delegados

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

Em conformidade com o Artigo 5º e Artigo 7º, § 1º da Resolução nº. 066/2020/CSP-PJC/MT, a Diretoria Geral da Polícia Civil de Mato Grosso comunica a abertura de vagas para o cargo de delegado de polícia para fins de remoção diante da finalização do XVI Curso de Formação Técnico Profissional da Academia de Polícia Civil.

Para Região Metropolitana: 15 vagas

Para Diretoria do Interior: 16 vagas

Email oficial a ser utilizado no processo:[email protected]

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende traficante e fecha ponto de venda de drogas no bairro Boa Esperança

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Mais uma ação da Polícia Civil, realizada pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) fechou, na tarde desta quarta-feira (30.09) um ponto de venda de cocaína que funcionava no bairro Boa Esperança, em Cuiabá. Um homem, de 37 anos, responsável pelo comércio ilícito foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

Segundo o delegado titular da DRE, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, o suspeito já era investigado há cerca de dois meses pela equipe da DRE pela atuação na venda de substâncias ilícitas, especialmente cocaína. “É um traficante que trabalhava com um público diferenciado com alto poder aquisitivo, atuando inclusive na modalidade delivery”, disse o delegado.

Nesta quarta-feira (30), os policiais da DRE monitoravam a residência do investigado, localizada na Avenida Fernando Correa, na região do bairro Boa Esperança, quando  flagraram o momento da venda para um usuário e decidiram realizar a abordagem.

Em buscas no imóvel, foram apreendidas diversas porções de cocaína e pasta base de diferentes tamanhos, uma porção de cloridrato de cocaína de aproximadamente 800 gramas, balança de precisão e R$ 2,5 mil em dinheiro. No carro do suspeito, um Mitsubish Lancer, os policiais constataram o forte odor de entorpecente, sendo evidenciado que o veículo era utilizado na atividade do tráfico.

Diante das evidências, todo o material ilícito foi apreendido e o suspeito encaminhado à DRE, onde foi interrogado e posteriormente autuado em flagrante por tráfico e associação para o tráfico. “É uma prisão muito importante, pois tira de circulação um traficante que atuava com um público selecionado e com a venda de um tipo de droga de alto valor no mercado”, explicou Vitor Hugo. 

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana