conecte-se conosco


Policial

Operação prende três policiais civis e soldado da PM acusados de latrocínio e tráfico de drogas

Publicado

Prisões ocorreram na manhã desta quarta-feira em Várzea Grande, Vila Bela e Campos de Júlio

Uma operação da Polícia Civil, deflagrada na manhã desta quarta-feira (8), após investigações da Corregedoria de Polícia, prendeu três policiais civis e um soldado da Polícia Militar, e cumpriu 11 mandados de buscas e apreensão, nos municípios de Vila Bela da Santíssima Trindade, Campos de Júlio, Cáceres e Várzea Grande.

Em cumprimento de mandados de prisão preventiva foram presos dois investigadores de polícia, um na cidade de Vila da Santíssima Trindade e outro em Campos de Júlio, e um escrivão na cidade de Várzea Grande. O soldado teve o mandado de prisão cumprido em Vila Bela da S. Trindade, com apoio da Corregedoria da Polícia Militar.

As investigações são decorrentes de crimes de latrocínio, tráfico de drogas, corrupção passiva e outros, praticados no município de Vila Bela da Santíssima Trindade, locais onde os policiais eram lotados na época dos fatos. Um investigador conseguiu depois transferência para cidade de Campos de Júlio, local de sua prisão.

O escrivão de polícia é de Vila Bela, mas estava licenciado e teve o mandado de prisão cumprido em Várzea Grande, na casa do pai. Local onde os policiais apreenderam três armas de fogo e uma munição de fuzil.

A vítima do latrocínio é Jefferson Barrantes, fato ocorrido em 2018. Segundo as apurações, “Jeffinho”, como conhecido, era traficante de drogas e fazia o transporte de entorpecentes da Bolívia para a região de fronteira.

As investigações apontam que houve dois carregamentos interceptados pelos policiais, em que um deles os policiais negociaram com o traficante para não prendê-lo e ficar com a droga ou parte dela. Posteriormente, numa outra abordagem houve desentendimento do traficante com os policiais e ele foi morto.

Os policiais vão passar por audiência de custódia, nas comarcas dos municípios onde foram presos, que devem definir os locais em que permaneceram presos.

A operação teve a participação de 48 policiais civis (delegados, escrivães e investigadores) da Corregedoria de Polícia, Diretoria de Atividades Especiais (GGCO, GOE, DRE, Defron), Regional de Pontes e Lacerda e,Comando Geral da Polícia Militar por meio da  Corregedoria da Corporação.

 

publicidade
1 comentário

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
MORADOR Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
MORADOR
Visitante
MORADOR

Rua da Vitória, Bairro Alvorada Cuiabá, a polícia tá passando mas não prende ninguém Tá tudo traficando ali dia e noite sem parar. Ali é um beco que dá numa escada para a Av. Rep. do Líbano, Noiado dia e noite, tráfico, troca de coisa roubada. A maioria das casa ali é boca de fumo/ponto de venda. Tem gente que usa desse artífice para ludibriar a policia. Finge que é casa de família mas é ponto de drogas. Tudo CV, quem manda na cidade é o CV. Polícia só faz de conta que existe, justiça solta todo mundo. Mato Grosso… Read more »

Policial

Polícias Civil e Militar fecham boca de fumo e prendem três pessoas em Campos de Júlio

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Três pessoas envolvidas com o tráfico de drogas no município de Campos de Júlio foram presas em flagrante em uma ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Militar, realizada no sábado (23.05), no município. A ação resultou ainda na apreensão de várias porções de entorpecentes entre maconha, pasta base e cocaína, além de dinheiro e objetos de origem ilícita.

O local já era monitorado pelas equipes da Polícia Civil e Militar devido a denúncias sobre o comércio de drogas no endereço. Durante os trabalhos, os policiais flagraram o momento em que um usuário deixou o local e ao ser abordado foi surpreendido com uma porção de pasta base.

Diante das evidências, as equipes decidiram entrar na residência devido a grande movimentação de pessoas no local. Em um dos quartos da casa, os policiais encontraram uma porção de maconha e vários farelos espalhados pela cama assim como vários pedaços de plástico recortado utilizado para embalar a droga, além de R$ 1.523 em dinheiro trocado.

No quintal da casa,  existiam vários buracos pelo chão sendo encontrado em um deles, uma balança de precisão  várias porções de entorpecentes, (50 de pasta base, 13 de cocaína e quatro de maconha), além de um aparelho celular, lanterna e uma enxada utilizada para embalar a droga.

Diante dos fatos, os três suspeitos identificados como responsáveis pelo comércio foram conduzidos à Delegacia de Campos de Júlio, onde foi lavrado o flagrante de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Bando explode caixa eletrônico de supermercado em VG, troca tiro com Bope e Rotam, fura cerco e foge

Publicado

Ocal ficou destruído / Fopto ilustrativa

Várzea Grande viveu momentos de intenso tiroteio na madrugada deste domingo (24), no bairro São Matheus,  quando quatro bandidos arrombaram um supermercado e explodiram o caixa-eletrônico.

Era madragada quando a policia foi acionada pelo 190, e, quando a primeira viatura chegou foi recebida a tiros pelos marginais, que já haviam denotado os explosivos e o tiroteio acordou moradores, numa linha cruzada de disparos. Logo depois, chegaram unidades do Bope – Batalhão de Operações Especiais Policiais, viaturas do 3º e 4º batalhões da PM, mais a força tática. Os tiros dos dois lados se intensificaram.

O local e as imediações ficaram marcadas por vidros quebrados e marcas dos tiros, e uma das viatura foi atingida com alguns disparos. Fortemente armados, os bandidos romperam o cerco a bala e escaparam. Pela avaliação preliminar, nenhum dos marginais foi atingindo, e fugiram em um Suv- tipo Jeep. Não houve feridos entre os policiais.

Rua e o supermercado tornaram um cenário de “guerra”. O estabelecimento teve os caixa-eletrônicos destruídos e estilhaços e vidros espalhados pelo chão. A polícia recolheu adas cápsulas de armas dos calibres 7.62, 5.56 e 9mm, assim como cordas, poitas, ferramentas e parte do explosivo não detonado, que foram deixados pelos fugitivos. Os  gerentes do supermercado não informarm se eles levram algum dinheiro.

As investigações continuam e a delegacia especializada de roubos e furtos cuida do caso.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana