conecte-se conosco


Policial

Polícia cumpre mandados de buscas em investigações sobre fraudes na fiscalização, comércio e transporte de madeiras

Publicado

O grupo vem sendo investigado há mais de um ano.

A Polícia Civil cumpriu oito mandados de busca e apreensão domiciliar, na manhã desta segunda-feira (6), na operação Isópteros (relativo a cupins), deflagrada pela Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) com objetivo de apurar fraudes na fiscalização, comércio e transporte de produtos florestais no Estado de Mato Grosso.

As ordens judiciais foram cumpridas em Cuiabá (5 mandados) e nas cidades de Alto Garças, Juscimeira e Rondonópolis, em residências e dois escritórios de advocacia, que estariam associados a terceiros  para prática das fraudes.

As buscas foram realizadas no âmbito do inquérito policial que tramita na Delegacia do Meio Ambiente, que apura crimes ambientais diversos, incluindo  falsidade de laudos, relatório ambiental, sequestro e cárcere privado, associação criminosa, corrupção passiva, falsidade ideológica, lavagem de capitais, ocultação de bens, valores e direitos.

Todos os crimes estão relacionados à atividade de fiscalização, comércio e transporte de produtos de florestais, em especial madeiras apreendidas e depositadas no pátio unificado da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), no Distrito Industrial, em Cuiabá.

O grupo vem sendo investigado há mais de um ano.  Durante a operação foram apreendidos documentos, celulares, equipamentos eletrônicos, entre outros. Além das buscas, foi decretado o bloqueio de contas correntes, supostamente usadas pelos membros do grupo criminoso.

A operação contou com apoio da Diretoria de Atividades Especiais e da Diretoria de Interior, por meio das regionais e delegacias das cidades onde os mandados foram cumpridos.

Nome da operação

O nome Isopteros faz referência a colônias de cupins que possuem cerca de 2.800 espécies catalogadas no mundo. São insetos que causam prejuízos econômicos por ser uma praga que corrói madeira e outros materiais de celulose.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Estelionato e roubo: Derf de VG prende 2 por receptação de carga de óleo e busca resto do bando

Publicado

ma carga de óleo lubrificante avaliada em cerca de R$ 5 mil e proveniente de crime de estelionato, foi recuperada pela Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Várzea Grande.

A ação realizada no sábado (22.02) resultou na prisão de dois suspeitos por receptação.

Durante averiguação de uma denúncia anônima no bairro São Matheus, em Várzea Grande, os policiais civis surpreenderam dois indivíduos descarregando os galões de óleo lubrificante. Na checagem do material foi constatado se tratar dos produtos de crime.

Conforme apurado, os suspeitos efetuaram a compra dos galões utilizando o cadastro de uma empresa do ramo do agronegócio, a qual recebeu a nota fiscal. Uma vendedora da empresa descobriu que não havia sido realizada nenhuma compra, porém, os produtos já haviam sido entregues aos criminosos.

Toda carga recuperada foi apreendida e levada para Derf-Várzea Grande, juntamente com os dois indivíduos que foram ouvidos e autuados em flagrante delito por receptação.

As investigações continuam com objetivo de identificar e prender os envolvidos no estelionato.

Continue lendo

Policial

Polícia Civil recupera carga de óleo lubrificante e prende dois

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Uma carga de óleo lubrificante avaliada em cerca de R$ 5 mil e proveniente de crime de estelionato, foi recuperada pela Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Várzea Grande. 

A ação realizada no sábado (22.02) resultou na prisão de dois suspeitos por receptação.

Durante averiguação de uma denúncia anônima no bairro São Matheus, em Várzea Grande, os policiais civis surpreenderam dois indivíduos descarregando os galões de óleo lubrificante. Na checagem do material foi constatado se tratar dos produtos de crime.

Conforme apurado, os suspeitos efetuaram a compra dos galões utilizando o cadastro de uma empresa do ramo do agronegócio, a qual recebeu a nota fiscal. Uma vendedora da empresa descobriu que não havia sido realizada nenhuma compra, porém, os produtos já haviam sido entregues aos criminosos.

Toda carga recuperada foi apreendida e levada para Derf-Várzea Grande, juntamente com os dois indivíduos que foram ouvidos e autuados em flagrante delito por receptação.

As investigações continuam com objetivo de identificar e prender os envolvidos no estelionato.

Fonte: PJC MT
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana