conecte-se conosco


Geral

Ministério da Saúde atrasa envio de doses e campanha de vacinação contra a poliomielite inicia dia 15 em MT

Publicado

Campanha estava prevista para começar na próxima segunda-feira (8), mas devido ao atraso do envio das vacinas por parte do Ministério da Saúde, a SES decidiu pelo adiamento do início da vacinação
O início da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite em Mato Grosso inicia no dia 15 de agosto.

A campanha estava prevista para começar na próxima segunda-feira (8), mas em razão do atraso do envio das vacinas por parte do Ministério da Saúde, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) decidiu pelo adiamento do início da vacinação.
Cerca de 170 mil doses da vacina chegaram nesta quinta-feira (4) na Rede de Frio do Estado. A superintendente de Vigilância e Atenção à Saúde da SES, Alessandra Moraes, explica que as equipes não teriam tempo hábil para distribuir as doses aos municípios até a próxima segunda-feira.
“Neste momento, as equipes da Vigilância Estadual trabalham no recebimento das doses, na conferência da quantidade, na catalogação dos imunizantes e no encaixotamento. A distribuição das doses aos municípios deve iniciar em breve”, informa Alessandra.
A partir do dia 15 de agosto, devem ser imunizadas contra a poliomielite crianças menores de cinco anos de idade. A estimativa é de que sejam vacinadas 227.559 crianças desta faixa etária.
Em Mato Grosso, também foi adiado para o dia 15 de agosto o início da campanha de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente menor de 15 anos de idade. As vacinas para esta campanha chegaram nesta quinta-feira (4) na Rede de Frio do Estado. São aproximadamente 700 mil doses de vacinas que integram o Calendário Nacional de Vacinação.
As campanhas de vacinação contra a poliomielite e multivacinação coincidirão com a continuidade da vacinação contra a Covid-19. “A vacina contra o coronavírus poderá ser administrada de maneira simultânea ou com qualquer intervalo com as demais vacinas do Calendário Nacional de Vacinação, na população a partir de três anos de idade”, esclarece Alessandra.
O Dia “D” de mobilização nacional das duas campanhas está previsto para ocorrer no dia 20 de agosto, mas conforme orientação do Ministério da Saúde, os municípios terão autonomia para definir as datas de mobilização (Dia D) para a vacinação em conformidade com a realidade local.

O que é a poliomielite?

A Poliomielite, também chamada de pólio ou paralisia infantil, é uma doença contagiosa aguda causada pelo poliovírus, que pode infectar crianças e adultos por meio do contato direto com fezes ou com secreções eliminadas pela boca das pessoas doentes e pode provocar ou não paralisia. Nos casos graves, em que acontecem as paralisias musculares, os membros inferiores são os mais atingidos.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Geral

Servidor do TJ que desviava dinheiro para pagamento de perícia é condenado a perda de cargo público

Publicado

Pitágoras de Arruda trabalhava como assessor de um juiz e foi preso em 2018

O servidor do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), Pitágoras Pinto de Arruda, foi condenado à perda de cargo público no próprio órgão por desvio de dinheiro do Poder Judiciário através de pagamentos de honorários de psiquiatra, no Fórum de Cuiabá. A decisão é da juíza da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, Ana Cristina Mendes, e foi publicada nesta segunda-feira (8).

Além da perda de emprego público, o servidor foi condenado a 3 anos e 2 meses de prisão em regime aberto, substituída por duas penas restritivas de direito, como a prestação de serviços comunitários, que ainda serão estabelecidos pela Justiça.

O esquema veio a tona em abril de 2018 com a deflagração da “Operação Regresssus”, da Polícia Judiciária Civil. A fraude, tanto do desvio do dinheiro quanto os documentos falsos, foi denunciada à Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) pelo juiz da Segunda Vara Criminal, Geraldo Fidélis.

Pitágoras trabalhou como assessor de Fidelis por sete anos e foi desligado da Vara no final de janeiro de 2018, depois que o magistrado identificou as fraudes e os desvios. Ele confessou ter desviado R$ 28,1 mil de uma conta bancária utilizada pela Vara de execuções penais para pagamento de pericias judiciais e devolveu a quantia em juízo.

A beneficiaria dos valores era a mãe do servidor, que recebeu entre 2016 e 2018. Foram feitos 10 pagamentos em nome dela que chegaram a R$ 26 mil. Servidor concursado como técnico judiciário do TJMT e de confiança, Pitágoras utilizava da senha pessoa do juiz para cometeras fraudes. Ele justificava as transferências como se elas fossem pagamentos para psiquiatras realizarem exame criminológico nos casos de progressão de regime.

Mesmo Pítágoras admitindo as irregularidade e devolvendo os valores desviados, a juíza Ana Cristina decidiu pela sua exoneração do serviço público.

 

 

 

 

Continue lendo

Geral

Adolescente e criança são monitorados por suspeita de varíola de macacos; Cuiabá tem duas confirmações

Publicado

Pacientes monitorados são de Rondonópolis

G1– Dois casos de varíola dos macacos são investigados em um adolescente de 13 anos e uma criança de 8 anos em Rondonópolis, ( 218 km de Cuiabá). De acordo com Secretaria de Saúde do município, os pacientes estão com sintomas leves da doença.

Ao todo, Rondonópolis possui três casos suspeitos de varíola dos macacos. O outro paciente é um homem de 48 anos que também está com sintomas leves.

Segundo a secretaria, os pacientes realizaram exames e aguardam os resultados.

O município de Sorriso (402 km de Cuiabá), também acompanha um caso suspeito de varíola dos macacos desde o dia 4 deste mês. Segundo o município, o paciente procurou atendimento médico ao apresentar sintomas, após retornar de viagem de uma região com casos confirmados.

Ainda há a investigação de outros dois casos suspeitos em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.

Casos confirmados

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) confirmou dois casos positivos em Cuiabá. Os pacientes eram monitorados desde o dia 28 de julho. Os dois casos envolvem homens de 39 e 40 anos, que estiveram fora da cidade e apresentam sintomas leves da doença.

Conforme a secretaria, os dois pacientes suspeitos apresentaram lesões características da doença, mas sem nenhuma complexidade. Os dois indivíduos estão em isolamento até o desaparecimento completo das lesões.

 

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana