conecte-se conosco


Política MT

Ex-deputado chama Flávio Vargas de presidente de “meia-hora” e retoma Pros: “precisa me respeitar”

Publicado

Ex-deputado estadual, Jajah Neves, vence batalha jurídica contra empresário, Flávio Vargas, o Frical, e retomou controle do Pros em MT

O ex-deputado estadual, Jajah Neves, comemorou na noite desta quarta-feira (3), decisão do ministro, Antônio Carlos Ferreira, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que reconsiderou tutela provisória requerida por Eurípedes Gomes, e devolveu o comando do Partido Republicano da Ordem Nacional (Pros) ao atual presidente, Marcus Holanda.

“Por todo o exposto, reconheço a incompetência do STJ para o exame do pedido, razão pela qual reconsidero a decisão anterior, rogando a máxima vênia ao seu prolator, restabelecendo os efeitos do acórdão proferido pelo TJDFT”, disse o ministro em trecho da decisão a qual o portal ODOCUMENTO teve acesso com exclusividade.

Com isso, Jajah conseguiu manter-se no comando da legenda em âmbito estadual. No início da tarde de hoje, o ex-candidato a prefeito de Várzea Grande, Flávio Vargas, o Frical, anunciou que Eurípedes havia o nomeado como dirigente máximo do Pros em Mato Grosso.

Segundo Frical, por orientação da direção nacional, a convenção estadual realizada pelo partido na segunda-feira (1), ainda sob a tutela do ex-deputado, teria sido cancelada, tornando a chapa de candidatos a deputado federal nula, sem validade jurídica. “É uma chapa morta, sem nome de expressão. Não elege ninguém”, atacou Flávio.

Com a volta de Marcus Holanda ao comando do Pros, o grupo político de Jajah Neves voltou ao protagonismo partidário em Mato Grosso. “Você precisa respeitar a nossa chapa de deputado federal, rapaz. Você não passou de um presidente de meia-hora, justiça foi feita, Marcus Holanda. Estamos de volta ao Pros”, comemorou Jajah em vídeo postado nas suas redes sociais.

Até o fechamento desta reportagem, Flávio Vargas não foi localizado para comentar o revés político sofrido no início da noite desta quarta-feira.

202202308529_21_202200624605_

Documento do STJ

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Política MT

Mauro destaca experiência de Wellington e que bom trânsito em Brasília foi fundamental para Mato Grosso

Publicado

Governador destacou a importância política do senador para Mato Grosso

A experiência, o trânsito em Brasília e o perfil trabalhador do senador Wellington Fagundes (PL) o credenciam para mais um mandato. Esta é a avaliação do governador Mauro Mendes (UB), que também concorre a reeleição, e destaca a importância política do senador para Mato Grosso.

“Ele tem uma energia, uma vontade extraordinária de continuar representando Mato Grosso no Senado Federal. O Senado é a Casa onde todos os estados tem a mesma igualdade e Wellington Fagundes tem essa experiência, esse conhecimento, esse trânsito em Brasília para continuar defendendo o estado de Mato Grosso. Essa parceria está dando certo”, argumentou o governador durante o lançamento oficial da candidatura do ex-secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo (UB), para deputado estadual, na noite de quarta-feira (17).

Gilberto também enalteceu o senador por ter sido um grande parceiro de Mauro Mendes no primeiro mandato, quando mobilizou recursos para que o governador e os secretários de Estado pudessem colocar em prática os projetos estruturantes da gestão. “Essa parceria agora só vai consolidar esse grande trabalho realizado. Estamos com o senador Wellington Fagundes e vamos trabalhar pela reeleição dele para que continue auxiliando o governo de Mato Grosso nesses programas importantes para melhorar a qualidade de vida da população”, declarou.

O candidato a deputado federal, Fábio Garcia (UB), afirmou que Wellington é um dos parlamentares brasileiros mais articulados dentro do Congresso Nacional.

Ambos foram colegas na bancada de Mato Grosso neste ano, por quase 100 dias, devido a licença do senador Jayme Campos. “Ele tem muito conhecimento em Brasília, é experiente, trabalhador, portanto, através do trabalho de Wellington Fagundes, com certeza vamos viabilizar mais projetos importantes para o desenvolvimento de Mato Grosso. Essa parceria com o presidente Bolsonaro, governador Mauro Mendes e o senador Wellington vai trazer muitos resultados positivos para o Estado”, afirmou.

Por ser um estado em desenvolvimento, Fagundes disse também que é necessário manter o alinhamento político do governo federal e governo estadual, para que Mato Grosso continue no caminho da geração de empregos e oportunidades à população.

 

 

Continue lendo

Política MT

“Fila do osso só existe em Cuiabá, que é mal administrada”, afirma vereadora

Publicado

A vereadora de Cuiabá, Michelly Alencar (União), foi categórica ao afirmar que a primeira-dama da capital e candidata ao governo do Estado, Márcia Pinheiro (PV) ao “jogar a culpa da fila dos ossinhos no Estado”, demonstra “descaso com os mais pobres”.

“É um absurdo o que ela está tentando fazer. Tirar uma culpa que é dela, da falta de Assistência Social da Prefeitura de Cuiabá, que ela deveria cuidar, e jogar para o Estado. Esse jogo de empurra-empurra que ela está fazendo só mostra o descaso dela com os mais pobres”, afirmou a vereadora.

Michelly destacou o trabalho realizado pela primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, tanto em Cuiabá, como no interior. “Como a assistência social de Cuiabá não funciona, não chega onde deve chegar, Virginia assumiu esse trabalho. Porque ela tem esse olhar cuidadoso com os mais pobres, não consegue ver pessoas passando necessidade e não fazer nada. Fui com ela em diversas ações e entregamos cestas básicas e cobertores nos bairros mais carentes de Cuiabá”, contou.

“Se a fila do ossinho existe em Cuiabá, e vemos que é só em Cuiabá, é porque a cidade está muito mal administrada. No interior, vemos muitas ações do Estado, tanto em parceria com os municípios, como em aldeias indígenas, em que a Virginia tem uma forte atuação, e as famílias carentes conseguem receber os auxílios do governo e ter acesso aos programas sociais”, completou a vereadora.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana