conecte-se conosco


Tecnologia

Xiaomi 12 pode trazer recarga rápida de 100 W e downgrade na tela

Publicado


source
Xiaomi 11, antecessor do Xiaomi 12
Divulgação/Xiaomi

Xiaomi 11, antecessor do Xiaomi 12

O Xiaomi 12 ainda não foi anunciado, mas algumas pistas do celular já vieram a público . A expectativa é de que o smartphone da fabricante chinesa chegue às lojas com recarga rápida de 100 watts, superior aos 55 watts do Mi 11, e câmera tripla de 50 MP. Mas a tela tende a trazer uma resolução inferior em relação à geração anterior.

Os detalhes foram divulgados por Digital Chat Station nesta segunda-feira (22) pelo Weibo. Em uma publicação, ele relatou que o celular pode ter recarga rápida de 100 W e tela com resolução Full HD+. A especificação do painel, no entanto, seria inferior à resolução WQHD+ (3200 x 1440 pixels) encontrada na variante convencional do Mi 11.

Leia Também

Também pela rede social chinesa, o vazador trouxe detalhes sobre o conjunto fotográfico. Em uma imagem, ele demonstrou onde cada câmera deve ficar posicionada na parte de trás do celular. Em agosto, vale lembrar, Digital Chat Station também apontou que o smartphone da Xiaomi terá câmera tripla de 50 megapixels.

O que esperar do Xiaomi 12?

O suposto Xiaomi 12 é um dos próximos celulares da marca chinesa. O sucessor do Mi 11 foi certificado em algumas regiões em novembro sob dois modelos: 2201122G e 2201123G. A expectativa é de que os códigos sejam destinados às versões globais do Xiaomi 12 e Xiaomi 12 Pro, respectivamente, que ainda serão anunciadas.

Além da câmera tripla, outras apostas giram em torno dos lançamentos. É o caso do suposto processador Snapdragon 8 Gen 1, sucessor do Snapdragon 888 que seria produzido em processo de quatro nanômetros. Mas os demais detalhes da ficha técnica, como a memória RAM, armazenamento e bateria, ainda não foram revelados. Espera-se que o smartphone seja anunciado nos próximos meses.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

Procon-SP alerta para sites falsos na Black Friday; veja como evitar

Publicado


source
Procon-SP alerta para sites falsos que usam Black Friday para aplicar golpes
Pedro Knoth

Procon-SP alerta para sites falsos que usam Black Friday para aplicar golpes

Em dia de Black Friday , aproveitar as melhores promoções é lei para todos os consumidores. No entanto, propostas tentadoras, como celular de R$ 2 mil por R$ 800 ou televisor de R$ 4 mil por R$ 1,5 mil, podem gerar dor de cabeça para o usuário.

O Procon-SP lançou nesta semana uma lista de sites suspeitos ou investigados por aplicarem golpes no cliente. Segundo o órgão, os estelionatários aproveitam a data para oferecer descontos imperdíveis e, após o pagamento, não entrega o produto prometido.

“É preciso ter essa cautela e comprar de preferência por plataformas que já são conhecidas”, recomenda o diretor-executivo do Procon-SP, Fernando Capez.

Capez orienta que o consumidor pesquise sobre as lojas, como verificando o endereço e CNPJ da empresa. Caso o local informado não seja de confiança, o consumidor deve ficar atento.

“Verificar o CNPJ da empresa ou endereço é fundamental para a confiabilidade da loja. Se o consumidor suspeitar o endereço, por exemplo, não realize a compra. No caso do CNPJ, se não estiver no site da Receita Federal, o melhor a se fazer é evitar fechar negócio”, completa.

Leia Também

Leia Também

Para verificar o CNPJ de uma empresa, basta entra r no site da Receita Federal e fornecer os dados solicitados. Além do endereço verdadeiro, é possível verificar o quadro de sócios.

Outra dica do Procon-SP é pesquisar sobre a reputação das empresas em sites especializados e redes sociais.

“Pesquisar a reputação das empresas em sites de reclamações pode ajudar o consumidor a definir o melhor lugar para comprar nesta Black Fraday. Use as redes sociais para pesquisar a confiabilidade da empresa também. Comentários, publicações de outros clientes podem facilitar e diminuir prejuízos futuros ao consumidor”, lembra Fernando Capez.

É possível conferir os sites suspeitos no site do Procon-SP. Em caso de fraude, o consumidor deverá fazer um boletim de ocorrência na Polícia Civil e avisar o órgão sobre o prejuízo.

Continue lendo

Tecnologia

Na Black Friday, iPhone 11 atinge maior preço dos últimos tempos

Publicado


source
iPhone 11 fica mais caro na Black Friday
Divulgação/Apple

iPhone 11 fica mais caro na Black Friday

Um dos assuntos mais comentados a respeito da Black Friday no Twitter nesta sexta-feira (26) é o iPhone 11. Isso porque ao invés de estar mais barato, o modelo está sendo vendido pelo maior preço praticado nos últimos tempos.

Clientes que esperaram o período promocional chegar para comprar o smartphone da Apple acabaram encontrando um valor bastante alto. No momento da publicação desta matéria, o iPhone 11 de 128 GB é vendido por, no mínimo, R$ 4.184, enquanto a versão de 64 GB custa ao menos R$ 3.578.

No caso do iPhone 11 de 128 GB, este é o maior valor praticado desde o dia 21 de outubro. Confira abaixo o gráfico de preços do monitor do Zoom nos últimos 40 dias:

Gráfico de preços do iPhone 11 nos últimos 40 dias. Pesquisa feita às 10h50 do dia 26/11.
Captura de tela

Gráfico de preços do iPhone 11 nos últimos 40 dias. Pesquisa feita às 10h50 do dia 26/11.

No comparativo com os últimos seis meses, também é possível ver que o preço do modelo vem em alta no período anterior à Black Friday. Veja:

Gráfico de preços do iPhone 11 nos últimos seis meses. Pesquisa feita às 10h50 do dia 26/11.
Captura de tela

Gráfico de preços do iPhone 11 nos últimos seis meses. Pesquisa feita às 10h50 do dia 26/11.

No caso do iPhone 11 de 64 GB, o valor não é o mais alto dos últimos tempos, mas também vem subindo nos últimos dias. Ainda segundo o monitor do Zoom, o smartphone atingiu seu valor mais baixo dos últimos meses entre o início de outubro e o dia 22 de novembro.

Situações como essa são bastante comuns de acontecerem em períodos de Black Friday. Por isso, a dica é sempre pesquisar antes de comprar um produto. Gráficos que comparam os valores dos últimos tempos, disponíveis em plataformas como Zoom e Buscapé, ajudam bastante na hora de avaliar se uma promoção é realmente boa ou se é a famosa “metade do dobro”.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana