conecte-se conosco


Carros e Motos

VW T-Cross encosta no Honda HR-V nas vendas de setembro

Publicado

source
VW T-Cross azul arrow-options
Divulgação

VW T-Cross vem conseguindo aumentar sua participação no segmento de SUVs compactos no Brasil

A vida do Honda HR-V não anda nada fácil no Brasil. Além de ter caído para quarto lugar no segmento, considerando o total acumulado do ano, o SUV agora passa a ter o mesmo patamar de vendas do VW T-Cross, que foi lançado em abril último.

 LEIA MAIS: Jeep Renegade x VW T-Cross:  novato chega ditando novos paradigmas

De acordo com os dados da Fenabrave (Federação dos Distribuidores de Veículos), o VW T-Cross teve 3.337 unidades vendidas no mês passado ante 3.839 do rival da Honda, uma diferença de apenas 63 unidades a favor do modelo da marca japonesa. 

Honda HR-V branco arrow-options
Divulgação

Honda HR-V é o quarto mais vendido da categoria no acumulado do ano, mas fica próximo do VW T-Cross em setembro

No acumulado de janeiro a setembro, porém, o  HR-V ainda se mantém bem na frente do VW T-Cross, com 35.445 unidades ante 19.113 do Volkswagen. No ranking geral, o Honda se mantém em quatro lugar e o T-Cross em sexto. O líder de vendas entre os SUVs compactos continua sendo o Jeep Renegade, com 6.089 unidades mensais e 50.113 no acumulado do ano.

Leia Também:  Investimentos na fábrica da Fiat não têm relação direta com governo Bolsonaro

 LEIA MAIS: Qual comprar: Honda HR-V LX zero-km ou seminovo topo de linha? Veja vídeo

Em segundo lugar vem o Hyundai Creta, que teve 4.713 unidades vendidas em setembro e 40.908 entre janeiro e setembro, seguido pelo Nissan Kicks, o terceiro lugar, com 4.497 unidades e 39.507, respectivamente. Confira abaixo quais foram os 10 SUVs compactos mais vendidos em setembro, conforme a Fenabrave, com o VW T-Cross em quinto lugar.

1 – Jeep Renegade – 6.089

2 – Hyundai Creta – 4.713

3 – Nissan Kicks – 4.497

4 – Honda HR-V-  3.839

5 – VW T-Cross – 3.776

6 – Ford EcoSport – 3.292

7 – Renault Captur – 2.729

8 – Renault Duster – 2.055

9 – Citroen C4 Cactus – 1.479

10 – Chevrolet Tracker – 1.306

Fonte: IG Carros
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Carros e Motos

Pioneiro no Brasil, VW Golf “Mk3” inovou em segurança

Publicado

source

Motor Show

VW Golf arrow-options
Divulgação

VW Golf da terceira geração foi a primeira a chegar ao Brasil oficialmente, em meados dos anos 90

Como parte da contagem regressiva para o lançamento do novo Golf, a Volkswagen começou a relembrar na Europa os destaques de cada uma das gerações do modelo. Lançado na Europa em 1991, o Golf de terceira geração foi o primeiro a chegar oficialmente ao Brasil e inovou com uma série de equipamentos de segurança.

LEIA MAIS: VW Golf ganha três versões de despedida da atual 7ª geração

O VW Golf Mk3, como é popularmente conhecido, foi o primeiro a contar com airbags frontais e a opção das bolsas infláveis laterais. Outra novidade foi o motor VR6, o primeiro seis cilindros usado no hatch. O carro vendido na Europa foi ainda o primeiro equipado com freios ABS de série em todas as versões.

VW Golf arrow-options
Divulgação

VW Golf III vinha com airbag duplo de série, algo que seria obrigatório nos modelos nacionais a partir de 2014

No Brasil, o Golf Mk3 foi lançado em 1994. Importado do México, era trazido inicialmente apenas na versão esportiva GTI de duas portas, que trazia um motor 2.0 de 115 cv. No ano seguinte, a linha cresceu com a adição da versão de luxo GLX (que trazia o mesmo motor do GTI) e do básico GL, equipado com um motor 1.8 de 90 cv e que, curiosamente, foi trazido da Alemanha em seu primeiro ano no mercado brasileiro. Uma raridade eram as versões GTI VR6 , que traziam o motor 2.8 de 174 cv.

Leia Também:  O Top 15 da Cultura da Motocicleta

LEIA MAIS: Avaliamos o VW Golf GTE, versão híbrida com autonomia de até 900 km

A terceira geração do VW Golf hatch ficou em linha até 1997 (Europa) e 1999 (México). Já o conversível Cabrio seguiu até 2002, tendo recebido um facelift para ficar parecido com o hatch de quarta geração. No mercado brasileiro, o Mk3 foi substituído em 1998 pelo Mk4, que inicialmente era importado mas acabou se tornando o 1º a ganhar produção local.

Fonte: IG Carros
Continue lendo

Carros e Motos

Pioneiro no Brasil, VW Golf “Mk3” inovou em segurança

Publicado

source

Motor Show

VW Golf arrow-options
Divulgação

VW Golf da terceira geração foi a primeira a chegar ao Brasil oficialmente, em meados dos anos 90

Como parte da contagem regressiva para o lançamento do novo Golf, a Volkswagen começou a relembrar na Europa os destaques de cada uma das gerações do modelo. Lançado na Europa em 1991, o Golf de terceira geração foi o primeiro a chegar oficialmente ao Brasil e inovou com uma série de equipamentos de segurança.

LEIA MAIS: VW Golf ganha três versões de despedida da atual 7ª geração

O VW Golf Mk3, como é popularmente conhecido, foi o primeiro a contar com airbags frontais e a opção das bolsas infláveis laterais. Outra novidade foi o motor VR6, o primeiro seis cilindros usado no hatch. O carro vendido na Europa foi ainda o primeiro equipado com freios ABS de série em todas as versões.

VW Golf arrow-options
Divulgação

VW Golf III vinha com airbag duplo de série, algo que seria obrigatório nos modelos nacionais a partir de 2014

No Brasil, o Golf Mk3 foi lançado em 1994. Importado do México, era trazido inicialmente apenas na versão esportiva GTI de duas portas, que trazia um motor 2.0 de 115 cv. No ano seguinte, a linha cresceu com a adição da versão de luxo GLX (que trazia o mesmo motor do GTI) e do básico GL, equipado com um motor 1.8 de 90 cv e que, curiosamente, foi trazido da Alemanha em seu primeiro ano no mercado brasileiro. Uma raridade eram as versões GTI VR6 , que traziam o motor 2.8 de 174 cv.

Leia Também:  Ford EcoSport FreeStyle: primeiro SUV compacto muda pouco na linha 2020

LEIA MAIS: Avaliamos o VW Golf GTE, versão híbrida com autonomia de até 900 km

A terceira geração do VW Golf hatch ficou em linha até 1997 (Europa) e 1999 (México). Já o conversível Cabrio seguiu até 2002, tendo recebido um facelift para ficar parecido com o hatch de quarta geração. No mercado brasileiro, o Mk3 foi substituído em 1998 pelo Mk4, que inicialmente era importado mas acabou se tornando o 1º a ganhar produção local.

Fonte: IG Carros
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana