conecte-se conosco


Carros e Motos

VW Saveiro Robust foi feita para aguentar o tranco

Publicado

Motor Show

VW Saveiro Robust arrow-options
Rafael Poci Déa

VW Saveiro Robust é a versão para o trabalho na cidade

A Volkswagen Saveiro segue um clássico da nossa indústria, já somando 37 anos de mercado. A picape compacta chegou à linha 2020 nas versões Robust Cabine Simples (R$ 53.150), Robust Cabine Dupla (R$ 66.240), Trendline CS (R$ 65.090) e Cross CD (R$ 85.860). Voltada para o trabalho, a versão de entrada divide a preferência do público com a Fiat Strada Working (a partir de R$ 52.990), a Chevrolet Montana LS (R$ 55.190) e a Renault Duster Oroch Express (R$ 66.550).

LEIA MAIS: VW terá nova picape entre Saveiro e Amarok, contra a Fiat Toro

A tímida lista de equipamentos inclui faróis com máscara negra, tomada 12V, preparação para som/antena de teto, suporte para celular com entrada USB, banco do motorista ajustável em altura e o indispensável protetor de caçamba. O pacote “Robust Completo (R$ 7.440) adiciona ar-condicionado, direção hidráulica, grade protetora da janela traseira, iluminação do compartimento de carga, brake light, vidros e travas elétricos.

A única pintura metálica disponível é a prata Sirius (R$ 1.600). Completa, a Saveiro Robust CS sai por R$ 62.190 – quase o valor da Trendline CS (R$ 65.090), que já oferece de fábrica ar-condicionado, direção hidráulica, rádio ‘Media Plus’ com Bluetooth, MP3 Player, entradas USB, SD-Card e auxiliar, além dos para-choques na cor da carroceria. Ou seja, esta Robust é para ser comprada “pelada” mesmo.

Uma das novidades da família Robust 2020 está no novo painel alinhado ao dos irmãos Gol/Voyage, substituindo o antigo com saídas de ar circulares. A cabine surpreende pelo acabamento com elementos texturizados e pelo bom isolamento acústico. A posição de dirigir agrada, mas o ajuste de altura do banco do motorista não é milimétrico, tampouco a coluna de direção regulável em altura/profundidade. A ergonomia também ficaria melhor com os retrovisores elétricos.

A VW Saveiro mede 4,474 m de comprimento e 2,753 m de entre-eixos, enquanto a Strada Working 4,409 m e 2,718 m, respectivamente. Na ponta da fita métrica, a Montana LS possui 4,514 m e 2,669 m. O Duster Oroch Express é comercializado só na carroceria cabine dupla e quatro portas, com 4,936 m e 2,829 m, só para comparar.

LEIA MAIS: Fiat Toro Endurance TD 4×4 é uma picape valente e estilosa

A Saveiro continua boa de guiar. O desempenho do motor 1.6 8V (EA111) nos baixos e médios giros aliado ao baixo peso, de 1.028 kg, coopera na dirigibilidade. Embora “livre de emoções”, a Saveiro Robust CS anda com desenvoltura, sendo mais potente e forte que Montana LS (até 99 cv e 13 kgfm) e Strada Working (88 cv e 12,5 kgfm). Só perde do utilitário da Renault (120 cv e 16,2 kgfm). O câmbio manual de cinco marchas da Volks (MQ200) tem engates leves e muito precisos. Já a direção hidráulica tem o peso correto ao trafegar acima dos 80 km/h.

VW Saveiro Robust arrow-options
Divulgação

Com foco na simplicidade, a Robust oferece apenas a pré-disposição para rádio e central multimídia

As suspensões bem calibradas transmitem conforto. Mesmo de caçamba vazia, a dinâmica não fica comprometida, apesar do “pula-pula” ser inevitável, dependendo da qualidade do asfalto. As rodas de ferro de 15” vestem calotas e pneus 205/60, enquanto outro ponto positivo está nos freios, com discos ventilados na frente e sólidos atrás – Strada Working e Oroch Express têm discos tambor no eixo traseiro. Isso ajuda a picapinha da Volks a frear bem mesmo carregada (ainda conta com EBD, a distribuição da força de frenagem).

E a caçamba?

O compartimento de carga de 924 litros acomoda até 712 quilos e estão disponíveis o já citado protetor de caçamba e quatro ganchos de fixação. Faltam capota marítima e sensores de estacionamento. A tampa da caçamba tem amortecedores que impedem que ela desabe ao ser aberta e facilita seu fechamento.

LEIA MAIS: Por que a Fiat Toro vende mais que todas as outras?

Enfim, esta versão de entrada pode não oferecer muitos luxos, mas cumpre o papel a que se destina com uma dirigibilidade acima da média. Não à toa, a despeito da idade avançada do projeto – defeito também da líder de vendas Strada – a VW Saveiro continua cobiçada por uma boa fatia dos consumidores.

FICHA TÉCNICA

Volkswagen Saveiro Robust Cabine Simples

Preço básico: R$ 53.150
Carro avaliado: R$ 62.190
Motor: 4 cilindros em linha 1.6, 8V
Cilindrada: 1598 cm 3
Combustível: flex
Potência: 101 (g) e 104 cv (e) a 5.250 rpm
Torque: 15,4 kgfm (g) e 15,6 kgfm a 2.500 rpm
Câmbio: manual, cinco marchas
Direção: hidráulica
Suspensão: MacPherson (d) e eixo de torção (t)
Freios: disco ventilado (d) e disco sólido (t)
Tração: dianteira
Dimensões: 4,474 m (c), 1,713 m (l), 1,562 m (a)
Entre-eixos: 2,753 m
Pneus: 205/60 R15
Caçamba: 924 litros
Tanque: 55 litros
Peso: 1.028 kg
0-100 km/h: 10s5 (e)
Velocidade máxima: 176 km/h (e)
Consumo cidade: 10,8 km/l (g) e 7,5 km/l (e)
Consumo estrada: 12,4 km/l (g) e 8,8 km/l (e)
Emissão de CO 2 : 117 g/km
Nota do Inmetro: C
Classificação na categoria: C (Picape Compacta)

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Carros e Motos

Aston Martin relança carro do 007 depois de quase 50 anos

Publicado


source
Aston Martin
Divulgação

Aston Martin DB5 é a escolha predileta de James Bond para executar as missões para o MI6

A Aston Martin revelou nesta segunda-feira (6) a primeira unidade de produção do DB5 Goldfinger Continuation, carro que reproduz nos mínimos detalhes o esportivo DB5 usado pelo agente secreto James Bond no filme “007 Contra Goldfinger” (1964).

LEIA MAIS: Aston Martin terá quatro carros em “007 – Sem Tempo para Morrer”

Serão produzidas apenas 25 unidades desta nova série, montadas artesanalmente na fábrica da empresa em Newport Pagnell (Inglaterra), em um trabalho que exige 4.500 horas para cada Aston Martin . Do motor 4.0 de seis cilindros com carburação SU tripla e 294 cv, passando pela direção sem assistência hidráulica, os carros são mecanicamente e visualmente idênticos às pouco mais de 900 unidades do DB5 produzidas originalmente entre 1963 e 1965.

LEIA MAIS: Aston Martin de 007 Thunderball é leiloado com as armas e acessórios do carro

Em parceria com Eon Productions, que é a produtora responsável pelos filmes de James Bond , agente 007 , cada carro irá receber ainda o mesmo pacote de bugigangas instalado no Aston Martin DB5 do filme, numa lista que inclui sistema de esguicho de óleo e fumaça, suporte de placa giratório com três opções de licença, escudo blindado na traseira, além de telefone e um simulador de tela de radar no painel.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Carros e Motos

Em um ano, preço médio da gasolina caiu 11% no Brasil

Publicado


source
gasolina
Divulgação

Preços da gasolina ficaram em queda em um ano no Brasil, inclusive, depois da pandemia do novo coronavírus

Um levantamento realizado pela empresa de soluções em gestão de frota Vale Card aponta que o preço médio da gasolina no Brasil recuou 11% entre junho de 2019 e o mesmo mês de 2020, passando de R$ 4,651 para R$ 4,414.

LEIA MAIS: Gasolina ou etanol na pandemia? Veja qual é mais vantajoso

De acordo com o levantamento, a pandemia do novo coronavírus foi a principal responsável pelo recuo no litro da gasolina no período. Com a queda na circulação dos veículos , o preço médio despencou a partir de março (R$ 4,598), atingindo em maio (R$ 4,010) o patamar mais baixo. Com exceção do Amapá, que fechou junho com retração de 4,81%, todos os outros estados do país voltaram a registrar um movimento ascendente do preço da gasolina em junho.

Os três estados que apresentaram a queda mais significativa de preços no período foram Amapá (18,4%), Paraná (14,15%) e Goiás (13,81%). Já as menores variações de preço foram notadas nos estados do Amazonas (6,19%), Santa Catarina (6,71%), Piauí (7,20%).

Preços médios nas capitais

gasolina
Vale Card

Preços da gasolina


LEIA MAIS: Gasolina muda no Brasil a partir de agosto, diz Petrobras

Em junho, Curitiba (R$ 3,671), João Pessoa (R$ 3,796) e Vitória (R$ 3,887) foram as capitais que apresentaram os valores médios mais baixos da gasolina . No sentido contrário, os preços mais altos foram registrados em Belém (R$ 4,684), Rio de Janeiro (R$ 4,588) e Rio Branco (R$ 4,449).

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana