conecte-se conosco


Carros e Motos

Volvo XC40 é lançado em versão especial, com mais equipamentos

Publicado

Volvo XC40 arrow-options
Divulgação

Volvo XC40 Special Edition traz os últimos desenvolvimentos tecnológicos da marca, que auxiliam o motorista

O Volvo XC40 acaba de ser lançado em uma série especial. Por R$ 240.950, as 300 unidades trazidas ao Brasil se posicionam acima da versão de topo R-Design (R$ 227.950), trazendo itens adicionais. Entre os destaques, há rodas de 21 polegadas exclusivas e recursos como Park Assist, capaz de estacionar o carro sozinho em vagas paralelas ou perpendiculares. Há, ainda, câmeras de visão 360° que ajudam o motorista a estacionar em vagas mais apertadas. O sistema funciona também com o carro em movimento em velocidades de até 10 km/h. A chegada está agendada para outubro.

LEIA MAIS: Volvo XC40: SUV de luxo, mas sem exageros

Como na versão  R-Design , o Volvo XC40 de edição limitada traz monitor de ponto cego e de tráfego cruzado na traseira. O sistema avisa o motorista se há algum veículo vindo durante manobras de marcha a ré. Os faróis de LED, por sua vez, são direcionais e possuem direcionamento automático do foco de luz. Outro destaque é o monitor de faixa da pista e alerta de colisão frontal com frenagem automática. O SUV premium também mantém o revestimento interno com couro e camurça.

LEIA MAIS: Volvo XC40 T4: SUV premium na medida certa

Mais equipamentos

Volvo XC40 arrow-options
Divulgação

No interior, a fabricante procurou refinar o acabamento e deixar os comandos sempre à mão

E assim como nas demais versões, vem com painel de instrumentos virtual com 12,3 polegadas e central multimídia com tela vertical de 9″ sensível ao toque. O sistema traz GPS integrado e suporte para Android Auto e CarPlay, bem como o sistema de som com alto-falantes da Harman Kardon. Para finalizar a lista de equipamentos, estão o teto solar panorâmico, controle de cruzeiro ativo e assistente de direção — que apesar de exigir algumas intervenções do motorista, assume o controle o carro em velocidades de até 130 km/h.

LEIA MAIS: Mercedes GLA x Volvo XC40:  SUVs compactos de luxo que não têm medo de lama

O conjunto mecânico do Volvo XC40 é composto pelo motor 2.0 de quatro cilindros que gera 252 cv e 35,7 kgfm, que se alia ao câmbio automático de 8 marchas. Conforme a fabricante, acelera de 0 a 100 km/h em 6,5 segundos. De acordo com os números do Inmetro, faz 8,8 km/l na cidade e 10,7 km/l na estrada.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carros e Motos

Artista transforma a inédita BMW R18 em um dragster envenenado

Publicado


source
BMW R18
Divulgação

BMW R18 Dragster é uma releitura ainda mais esportiva da cruiser alemã inédita

O renomado designer americano de motocicletas Roland Sands transforma a recém lançada BMW R18, a primeira moto cruiser da marca, em uma dragster envenenda fora-de-série. Construída a partir do motor Big Boxer de 2 cilindros, Sands busca inspiração nos muscle cars para seu trabalho, uma vez que a alemã conta com atributos presentes nesse segmento. Tem rebeldia, “músculos”, potência e esportividade.

“Com um motor que é tão visivelmente a peça central, pensei imediatamente nos muscle cars . Minha família sempre gostou de andar rápido e meu pai era um piloto de corrida, então achei que fazia sentido despir a moto até o essencial e moldar a BMW R18 para andar rapidamente em uma pista reta.”

Apresentada em abril, A BMW R18 foi a primeira a primeira motocicleta cruiser da marca. Com o lançamento, a BMW Motorrad, a divisão de motocicletas da fabricante, finalmente fez sua imersão em searas dominadas por Harley-Davidson, Indian e Triumph, com seus modelos clássicos e distintos ante outros segmentos de motocicletas.

Se não foi fácil para a BMW inovar da noite pro dia, para Sands, também não foi mudar o novo. O artista afirma que sempre começa esboçando suas idéias no papel. Isso permite que ele descubra o princípio das modificações, bem como qual será a postura e a geometria da moto. “No final, a verdadeira mágica acontece quando damos vida ao desenho”, explica.

E nisso a BMW R18 ajudou Sands. A dragster é equipada com um quadro traseiro facilmente removível e um conjunto de peças que também podem ser desmontadas sem grandes dificuldades. “A parte eletrônica, por outro lado, foi definitivamente a tarefa mais difícil com a qual lidamos, quando colocamos óxido nitroso, removemos o escape original e alteramos drasticamente a admissão”, conclui.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Carros e Motos

Carro para PCD: Governo muda regras de isenção de ICMS

Publicado


source
pcd
Divulgação

A partir de janeiro de 2021, quem quiser comprar um carro para PCD deverá comprovar deficiências moderadas ou graves

O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) publicou nesta semana o Despacho 55/20, que altera as regras sobre a isenção de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) na venda de veículos destinados para pessoas portadoras de deficiência física.

As novas regras, que alteram o Convênio ICMS 38/2012, passam a valer a partir de 1º de janeiro de 2021. Deficiências físicas consideradas de grau leve passam a não ser mais beneficiadas pela isenção do ICMS, apenas aquelas de grau moderado ou grave.

O despacho altera ainda as regras para a indicação de condutores autorizados. O terceiro condutor só será permitido nos casos em que o laudo comprovar a incapacidade total do beneficiário para conduzir o veículo. Já em caso de mudança na lista de motoristas autorizados , os novos deverão comprovar residência na mesma localidade.

A concessão do benefício depende de um laudo pericial emitido por empresas ou profissionais credenciados. Mas agora o médico responsável pelo documento precisa assinar um termo de responsabilidade, que em caso de fraude indica a possibilidade de o profissional ser denunciado ao Conselho Regional de Medicina e ao Ministério Público, além de ter que pagar pelo imposto devido.

Mais detalhes para comprar carro para PCD

pcd
Divulgação

Equipamentos foram mantidos nas versões para PcD VW Polo Sense e Virtus Sense, dois modelos de carro para PCD

A lista de deficiências graves inclui “paraplegia, paraparesia, monoplegia, monoparesia, nanismo, tetraplegia, tetraparesia, triplegia, triparesia, hemiplegia, hemiparesia, amputação ou ausência de membro, paralisia cerebral, membros com deformidade congênita ou adquirida, exceto as deformidades estéticas e as que não produzam dificuldades para o desempenho de funções”, e segue sem alterações, assim como os requisitos para a concessão do benefício para os casos de deficiência visual, mental ou autismo.

Vale lembrar que são consideradas deficiências físicas moderadas ou graves quando há alteração parcial ou completa de parte do corpo humano, causando comprometimento das funções. Além disso, para quem tem alguma deficiência visual ou mental, além de autismo, as regras continuam sem alterações.

Segue sem mudança também o prazo de venda do carro para PCD (quatro anos) e o teto de preço para a isenção do ICMS, que é de R$ 70 mil. Caso o veículo ultrapasse esse valor, o comprador terá direito apenas ao desconto do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados).

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana