conecte-se conosco


Geral

Visitas presenciais em cadeias e penitenciárias de MT serão retomadas dia 29 com medidas de biossegurança

Publicado

Dentre as medidas estão um visitante por recluso, exigência da carteira de vacinação com 2 doses da vacina, distanciamento social e uso de máscaras

As visitas presenciais nas unidades penais de Mato Grosso vão retornar a partir de 29 de outubro de 2021. A portaria 070/2021, que estabelece as diretrizes para a retomada das visitas e atendimento presencial no Sistema Penitenciário, ainda será publicada no Diário Oficial do Estado até segunda-feira (25).

Dentre as medidas está um visitante por recluso, exigência da apresentação da carteira de vacinação comprovando que tenha tomado as duas doses da vacina contra a covid-19 ou a vacina de dose única. Visitantes com sintomas característicos da covid-19 não vão poder ingressar na unidade. As carteiras individuais de visita terão a validade prorrogada pelo período de 8 meses, após a publicação da portaria em Diário Oficial.

Também será obrigatório o uso de máscaras de proteção, distanciamento social de 1,5 metro, aferição de temperatura, além da ausência dos sintomas e imunização completa.

Cada unidade penal vai estabelecer a data, período e horário de visitação, que nunca poderá ser inferior a 1 hora. No dia da visita não será permitido a entrada de materiais como alimentos, medicamentos e materiais permanentes, havendo dias específicos para este fim.

Na Penitenciária Central do Estado (PCE) e no Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), ambas na capital, as visitas presenciais não retornam dia 29. Nestas unidades as visitas serão retomadas após 15 dias da segunda dose da vacinação contra a Covid-19. A imunização encerra nesta sexta-feira (22).

As atividades religiosas serão permitidas com a entrada de um representante por período. Da mesma forma, está autorizado o atendimento presencial dos advogados, respeitando as orientações do diretor de cada unidade.

As medidas previstas na portaria poderão ser reavaliadas a qualquer momento pela Secretaria de Estado de Segurança Pública, por meio da Secretaria Adjunta de Administração Penitenciária (SAAP).

 

 

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Cuiabá libera vacinação contra covid para crianças de 10, 9 e 8 anos sem comorbidades; veja locais de aplicação

Publicado

Na próxima segunda-feira, começa a aplicação de Coronavac para crianças a partir de 6 anos

O prefeito Emanuel Pinheiro anunciou, em sua live na noite desta terça-feira (25), que a partir desta semana as crianças de 10, 9 e 8 anos sem comorbidades já podem se vacinar em Cuiabá.  Na semana passada foi dado início à vacinação de crianças com imunizante da Pfizer pediátrico, entretanto, conforme o cronograma do Ministério da Saúde, a imunização das crianças de 5 a 11 anos começou por crianças com comorbidades, crianças que moram com imunossuprimidos, quilombolas e crianças com 11 anos sem comorbidades.

Devido a um problema no sistema, alguns cadastros de crianças sem comorbidades e crianças abaixo de 11 anos receberam uma mensagem de que poderiam comparecer aos locais de vacinação. Para evitar que os pais perdessem a viagem a vacina foi aplicada.

“Gostaríamos de poder liberar para todas as crianças de 5 a 11 anos de uma só vez, mas são 60 mil e ainda não temos esse quantitativo de vacinas pediátricas. Lamentamos o transtorno e estamos organizando a vacinação para evitar aglomerações”, explicou o prefeito Emanuel Pinheiro.

O Ministério da Saúde liberou recentemente a utilização do imunizante da Coronavac em crianças de 6 a 11 anos e adolescentes de 12 a 17 anos (que ainda não se vacinaram). A partir da próxima segunda-feira (31), Cuiabá começará a aplicar o imunizante nessas faixas etárias.  Os pais poderão optar entre Pfizer e Coronavac no ato da vacinação.

Crianças de 5 anos, crianças imunossuprimidas ou com comorbidades só podem tomar Pfizer pediátrica. A segunda dose da Pfizer pediátrica deve ser tomada após 60 dias da aplicação da primeira. Já da Coronavac, após 28 dias da primeira dose.

Confira os locais de vacinação de crianças 

Unic Beira Rio – 8h às 16h30

UBS Quilombo – 8h às 11h / 13h às 16h30

UBS Jd Vitória – 8h às 11h / 13h às 16h30

UBS Parque Cuiabá – 8h às 11h / 13h às 16h30

UBS Pedra 90 I e II – 8h às 11h / 13h às 16h30

UBS Guia – 8h às 11h / 13h às 16h30

Continue lendo

Geral

Com aumento de casos, hospitais estaduais suspendem visitas a pacientes para prevenção à Covid-19 e Influenza

Publicado

Medida faz parte das ações de enfrentamento do avanço das Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAG) Covid-19 e Influenza em Mato Grosso [Foto – Marcos Vergueiro]

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) suspendeu, a partir desta terça-feira (25), visitas a pacientes internados em hospitais geridos pelo Governo do Estado. A medida faz parte das ações de prevenção e enfrentamento da Covid-19 e Influenza em Mato Grosso.

Conforme Portaria Nº 032/2022, publicada no Diário Oficial que circulou nesta terça-feira, além da suspensão das visitas, o revezamento de acompanhantes de pacientes ocorrerá em casos extremamente necessários a ser avaliado pela equipe técnica/clínica de cada hospital.

“Caberá à unidade de internação monitorar os acompanhantes quanto ao surgimento de sintomas gripais e a necessidade de nova testagem desses casos”, diz trecho da portaria.

As novas regras se aplicam ao Hospital Estadual Santa Casa, em Cuiabá, e ao Hospital Metropolitano, em Várzea Grande. As medidas também valem para os Hospitais Regionais de Sorriso, Colíder, Sinop, Cáceres, Alta Floresta e Rondonópolis

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana