conecte-se conosco


Esportes

Vila Nova derrota Imperatriz pela Série C do Campeonato Brasileiro

Publicado


.

O Vila Nova chegou à terceira vitória na Série C do Campeonato Brasileiro ao passar pelo Imperatriz por 3 a 0, na partida que fechou a 7ª rodada da competição. Com o resultado, o Tigrão é o novo vice-líder do Grupo A, com 12 pontos conquistados. Já o Cavalo de Aço permanece na lanterna, com apenas um ponto.

O jogo foi marcado pelos gols bonitos e por uma curiosidade. Antes de a bola rolar, a arbitragem solicitou que a equipe do Imperatriz trocasse o calção branco. Como o Vila Nova, que era o mandante, jogaria com calção branco e o time do Maranhão não levou uniforme reserva, o Tigrão emprestou o calção vermelho para o Cavalo de Aço utilizar.

Gols da partida

O primeiro gol do Vila Nova foi aos 15 minutos do primeiro tempo, em uma bela jogada ensaiada. Falta pela direita de ataque com troca de passes até que Emanuel Biancucchi chutou forte no canto direito, obrigando Henal a fazer ótima defesa. No rebote, Henan conferiu para abrir o placar.

O Vila Nova continuou melhor durante todo o primeiro tempo e só não foi para o intervalo goleando porque Henal estava em noite inspirada. O time da casa chegou ao segundo gol aos 38 minutos da segunda etapa, com Caíque. Ele recebeu dentro da grande área, deu um lindo drible no zagueiro, e soltou a bomba para estufar a rede adversária.

Depois de dois belos gols, o terceiro não poderia ser diferente. Aos 46 minutos, Pablo dominou na entrada da área, ajeitou e bateu colocado no ângulo esquerdo do goleiro. Golaço.

Na próxima rodada, o Imperatriz recebe o Ferroviário, sábado (26), às 17h, no Estádio Frei Epifânio. Já o Vila Nova joga com o Treze, no mesmo dia, às 19, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA).

 

Edição: Liliane Farias

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Felipe Conceição recebe proposta do Coritiba, mas ele nega e segue no Guarani

Publicado


1 de 2
Felipe Conceição, Guarani x Cuiabá, 16ª rodada Série B — Foto: Israel Oliveira/Guarani FC

O Coritiba segue em busca de um técnico para a sequência da Série A do Brasileirão. Felipe Conceição, treinador do Guarani e o mais recente alvo da diretoria do Coxa.

O técnico foi pelo menos o sétimo nome buscado pelo Coritiba, que antes já havia recebido negativas de Tiago Nunes, Roger Machado, Mozart, Ney Franco, Lisca e Vanderlei Luxemburgo na tentativa de substituir Jorginho, demitido no último domingo após a derrota para o Ceará.

Com uma grande campanha de recuperação com o América-MG na Série B de 2019 e uma passagem posterior pelo Bragantino, onde conquistou o Troféu do Interior no Campeonato Paulista, Felipe Conceição assumiu o Guarani há exatos 20 dias.

Desde então, tem sido responsável por uma arrancada que tirou o Bugre da zona de rebaixamento na Série B, com 10 pontos conquistados em quatro jogos.

2 de 2
Felipe Conceição segue no Guarani — Foto: Daniel Chiesa e Rafael Fernandes / Guarani FC
Agora, sem definir um novo comandante, o Coritiba se prepara para enfrentar o Atlético-GO, às 19h de sábado, no Couto Pereira. Pachequinho, que retornou ao Coxa para integrar a comissão técnica permanente como auxiliar técnico, é quem vai dirigir a equipe interinamente.

O Coritiba é o vice-lanterna da Série A, com 16 pontos em 18 jogos e está a três pontos do Botafogo, primeiro time fora do Z-4. A equipe está empatada com o Athletico-PR, mas leva desvantagem no saldo de gols.

 

COMENTE ABAIXO:

Continue lendo

Esportes

Santos é um dos clubes da Série A com mais cartões vermelhos

Publicado


O Santos se tornou o segundo clube da Série A com mais expulsões após a retomada do futebol.

Na última quarta-feira, no empate sem gols com o Ceará, pela Copa do Brasil, o Peixe voltou a sofrer com um cartão vermelho e não conseguiu a vitória na Vila Belmiro. Foi a oitava expulsão de um jogador do Santos pós-pausa – o Grêmio é o único que tem mais, com nove. Até então, havia empate no quesito com o próprio Ceará, que tem sete expulsos.

Veja as oito expulsões do Santos pós-pausa:

  • Santos 1 x 1 Santo André (Carlos Sánchez);
  • Novorizontino 3 x 2 Santos (Uribe);
  • Santos 1 x 3 Ponte Preta (Marinho);
  • Palmeiras 2 x 1 Santos (Alison);
  • Ceará 0 x 1 Santos, pelo Brasileirão (Alison e Luan Peres);
  • Goiás 2 x 3 Santos (Arthur Gomes);
  • Santos 0 x 0 Ceará, pela Copa do Brasil (Lucas Veríssimo).

Sobre a expulsão de Lucas Veríssimo contra o Ceará, Cuca admitiu o tamanho do prejuízo para o Santos no restante da partida e analisou a jogada.

– Impacto é muito grande porque se perde jogador. É lance interpretativo, não vi ainda. Foi casual, não teve intenção. O que faz o ser humano entender assim é que bate na cabeça e sai sangue. Sangue escorre e parece um ato fortíssimo. Ser humano é movido pela emoção. Não descarto essa hipótese. Comentarista de arbitragem disse que poderia ser cartão amarelo também.

O Santos volta a campo neste domingo, às 18h15 (de Brasília), quando enfrenta o Bahia, pelo Brasileirão. Na Copa do Brasil, o Peixe decide a vaga contra o Ceará na próxima quarta-feira, no Castelão.

2 de 2

 

COMENTE ABAIXO:

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana