conecte-se conosco


Curiosidades

VÍDEO: sapo-cururu ataca e engole cobra jararaca

Publicado


source
Sapo-cururu capturando cobra jararaca
Reproducao: Youtube

Sapo-cururu capturando cobra jararaca

Um sapo-cururu, bastante comum na América do Sul, se alimentou de uma cobra jararaca e chocou os internautas nesta semana. Muito não sabiam que essa espécie de sapo do gênero Rhinella são onívoros e podem se alimentar de outros anfíbios, répteis e até pequenas aves.

Uma gravação divulgada pelo canal Área Selvagem mostra o exato momento em que o sapo ataca a jararaca e a engole ainda viva. A cobra tenta se safar e começa a se mexer, mas o onívoro não cede e a mantém dentro da boca.

A partir do minuto 1:28 é possível ver o sapo dando o bote na cobra. Veja:

Ambos os animais são venenosos. O sapo-cururu ou sapo-boi, possuí glândulas de veneno, mas a toxina só é injetada se o onívoro passar por algum estresse ou mordida, ao contrário da jararaca, que libera uma substância venenosa por meio de picadas.

Leia Também

Esta espécia de cobra é mais perigosa que o sapo-cururu. Além disso, cerca de 80% dos casos de picadas de cobra no Brasil, são causadas pela jararaca. 

Caso o veneno dela não for tratado rapidamente com o soro antiofídico, os tecidos ao redor da mordida poderão necrosar e causar hemorragia, segundo especialistas.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curiosidades

Onça-parda é gravada por estudante na Costa Rica ao se aproximar

Publicado


source
Vídeo da onça-parda foi gravado em dezembro, no Parque Nacional do Corcovado, na Costa Rica
Reprodução/Redes Sociais

Vídeo da onça-parda foi gravado em dezembro, no Parque Nacional do Corcovado, na Costa Rica

Maria José Fallas Quirós, uma estudante de turismo ecológico e estagiária do Parque Nacional do Corcovado, na Costa Rica, se deparou com uma onça-parda em uma trilha. O encontro foi gravado pela estudante e publicado nas redes sociais.

Na legenda do post, ela disse que foi “a experiência mais louca e assustadora da minha vida. Sem dúvida inesquecível.”

No vídeo, é possível ver o animal se aproximando e observando-a atentamente. O vídeo termina quando a onça assustada com alguns sons distantes, foge escondendo-se na mata.

A estudante contou que começou a tremer assim que a onça se aproximou dela. Ela afirma que o animal chegou a tocá-la com uma das patas dianteiras. “Senti emoção e medo ao mesmo tempo”, diz ela em um comentário.

A onça-parda ou puma (Puma concolor) é também conhecida no Brasil por suçuarana e leão-baio. É um mamífero carnívoro da família dos felídeos (Felidae) e gênero Puma, nativo da América. Medindo até 1,55 metro de comprimento, sem contar a cauda, e pesando até 72 quilos, é considerado o segundo maior felídeo das Américas.

Continue lendo

Curiosidades

Mulher tira selfie em cima de carro enquanto afunda em rio congelado

Publicado


source
Mulher tirou selfie após cair com carro em rio congelado
Reprodução

Mulher tirou selfie após cair com carro em rio congelado

Após ter o carro afundado em um lago congelado na região Ottawa, no Canadá , uma mulher subiu no veículo e tirou uma selfie. A condutora entrou no rio Rideau, que estava parcialmente congelado, no último domingo (16), por volta das 16h30.

A mulher conseguiu sair do veículo quando ele ainda estava boiando e ficou posicionada em cima do carro, enquanto as pessoas tentavam se aproximar para salvá-la. Um grupo de moradores se mobilizou para tentar resgatar a motorista.

Dois moradores usaram um caiaque e uma corda para tirar a mulher de cima do veículo e deixá-la em um local seguro. No entanto, durante o processo, ela se posicionou na traseira do carro e parou para tirar uma selfie.

Veja:

Leia Também


“Tudo funcionou perfeitamente, nós a colocamos no caiaque, a puxamos e, assim que a retiramos, o carro ficou cheio”, contou Zachary King, um dos responsáveis pelo resgate, ao  CTV News Ottawa . Ele disse ter ficado em choque ao ver a mulher parando o resgate para tirar uma foto. “Nós a puxamos para fora e ficamos tipo, ‘o que diabos você estava fazendo?”

De acordo com o jornal, a condutora foi acusada de operação perigosa de um veículo motorizado sob o Código Penal do Canadá.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana