conecte-se conosco


Mulher

Vídeo, foto e até jogo: como diminuir a distância da família na quarentena?

Publicado

A pandemia do novo coronavírus afastou algumas famílias. Pais ficaram sem ver os filhos mais novos, filhos que não podem ver os pais, irmãos que estão longe um do outro e etc. Com as estradas fechadas e a quarentena obrigatória em alguns estados, o distanciamento é dolorido, mas amenizado com as tecnologias.

evelyn arrow-options
Arquivo pessoal

Evelyn comemorou o aniversário de 18 anos da filha Emily por videoconferência

Leia também: Netos e parentes relatam o desafio de deixar idosos em casa na quarentena

WhatsApp e Facebook tem ajudado a aproximar quem está longe nessa quarentena . A família de Evelyn Ferreira, por exemplo, precisou comemorar o aniversário da primogênita Emily, de 18 anos, por uma chamada de vídeo.

“Ela mora com o pai. Temos uma relação bem bacana em que todas as festas dela, depois do divórcio, sempre estamos presentes. Esse ano ela só ia fazer uma festinha com as amigas, mas aí com esses acontecimentos o pai dela resolveu comprar um bolinho e cantar parabéns. Fizemos uma chamada de vídeo”, explica a artesã ao iG .

Emily é mãe de mais duas meninas e tem mantido as crianças entretidas em casa com atividades de pintura e chás com bonecas.

família arrow-options
Arquivo pessoal

À esquerda Bruna com toda a sua família, à direita ela, o marido e o filho Raul

Outra família que está dividida é a da jornalista Bruna Vieira. Mãe do pequeno Raul, ela está em quarentena com o marido e longe dos pais. “Fico bem preocupada com eles, principalmente com meu pai que é o tipo de senhorzinho que não para quieto dentro de casa. Então passo o dia basicamente ligando e fazendo chamadas de vídeo e tentando ocupar o máximo o tempo do meu pai para ele não sair”, comenta.

As táticas para o pai permanecer em casa envolvem também o filho. “Quando estou ocupada faço o Raul ligar para ele. Também mando áudio e fotos todos os dias. Tanto para a minha mãe e sobrinha, quanto para os meus irmãos. Tentamos manter contato dessa forma todos os dias”, revela.

Leia também: Especialistas dão 10 dicas para se manter feliz no isolamento

As tradicionais visitas aos recém-nascidos também tem sido alteradas pelo coronavírus . Ângela Reis Batista deu à luz a pequena Manuela há 54 dias e tem recorrido ao celular para manter os avôs próximos da nova integrante da família.

“Faço assim, combino com a família paterna um horário em que todos estejam em casa. Realizamos uma videochamada pelo WhatsApp e nos falamos por uns 30 minutos. Mostro a bebê pela câmera, cada um fala o que viveu naquele dia, o que cozinhou, conta uma piada e etc. Ao final da ligação, realmente parece que nos vimos, mas a sensação de vazio existe, talvez falte o abraço para selar”, comenta.

“No outro dia, repito a dose, agora com a família materna. Tios, tias, primos e primas, vovó e vovô buscam usar da tecnologia para atenuar a saudade. Ao final desses “encontros virtuais”, resta a certeza de que o contato humano precisa existir, não somos nada sozinhos”, finaliza.

Jogos online também estão servindo para amenizar a solidão

jogo arrow-options
Arquivo pessoal

Famílias tem investido em jogos online


A família Siqueira encontrou uma forma diferente de passar o tempo na quarentena: jogar Ludo, um jogo de tabuleiro online. Deusinete é a mais assídua na brincadeira “Eu gosto porque com essa crise que está acontecendo, a gente se distraí um pouco”, comenta. E não é só entre os parentes, os amigos do filho também entraram na disputa “Ontem eu não ganhei, mas hoje já fui campeã”, diz aos risos.

Leia também: “Franja pandêmica” é a nova moda para superar o tédio da quarentena

Essas são só algumas das diversas histórias pelo Brasil. O que você tem feito para amenizar a distância dos seus familiares nessa quarentena ? Comente abaixo.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Mulher

Horóscopo do dia: previsões para 4 de julho de 2020

Publicado


source
mandala
Marcelo Dalla

O horóscopo do dia apresenta a previsão para o seu signo e ascendente


ÁRIES 

A Lua quase cheia segue em Capricórnio, favorecendo uma postura madura, responsável e comprometida. Muitas situações chegam ao clímax. Procure dosar expectativas com mais realismo e senso prático. A Lua se desentende com Marte e Mercúrio, mas combina forças com Urano: cuidado com mal entendidos, evite discussões desnecessárias. Atividades independentes e inovadoras são a solução para evitar tensões e embates. A Lua cheia chega na madrugada junto com um eclipse lunar: algo pode vir à tona para ser transformado.

TOURO  

Todos podem ficar mais inquietos, as emoções transbordam com a Lua quase cheia em Capricórnio. Evite discussões, releve e procure ceder. É importante ampliar a visão e compreender as razões das pessoas à sua volta. Exercitar suas habilidades sociais para somar forças. Ainda bem que Vênus segue em Gêmeos para favorecer conversas agradáveis e prazerosas. Evite a velocidade e os ambientes cheios de pessoas, continue a se resguardar. Priorize a segurança mental, emocional e física. 

GÊMEOS 

A Lua segue no pragmático Capricórnio, se combina com Urano. A preferência vai para atividades inovadoras e independentes. A Lua cheia chega à noite, de madrugada, pedindo cuidado com embates de poder. Melhor evitar discussões e negociações complicadas, prinicpamente à tarde, quando a Lua se desentende com Mercúrio. Tudo o que possa promover paz, harmonia e tranquilidade é muito bem vindo. Vênus segue em seu signo e o ajuda a cultivar uma postura mais cordial e sociável. 

CÂNCER 

Invista na liberdade, sem cobranças o controle. É importante cuidar do seu equilíbrio emocional, a Lua cheia chega na próxima madrugada junto com um eclipse lunar: é um momento poderoso, que pede limpezas, curas e transformações. Você segue mais sensível, ao mesmo tempo mais determinado. Pode se dedicar à produtividade, às pesquisas e investigações para que possa abandonar situações que o tolhem e aprisionam. Bom período para olhar pra frente, identificar-se com novas soluções, novas rotas. 

LEÃO

Fique atento para os arroubos do ego para evitar disputas, discussões e embates. A Lua está quase cheia. Fale menos e ouça mais, não é um bom período para assuntos delicados. O clima geral é de impaciência, intensidade emocional e transbordamento. Portanto, quanto mais puder relaxar, melhor. Invista na intimidade, na segurança, no fortalecimento de suas bases emocionais. Vale evitar também loucuras no sábado à noite. Você segue no final de um ciclo solar: quanto mais tranquilidade e recolhimento, melhor. 

VIRGEM 

A Lua segue em Capricórnio: não dê corda para críticas e discussões. Pratique afirmações positivas, procure encantar-se com as soluções criativas e alimentar seu espírito com leituras edificantes. Período de culminância em muitas situações, com a Lua cheia que chegará na próxima madrugada. Procure cultivar a compreensão, a solidariedade e a aceitação, a força está na sua capacidade de se manter tranquilo e em paz. A preferência vai para atividades criativas e inovadoras, com mais liberdade e autonomia.

LIBRA 

Período ideal para buscar atividades mais simples, prazerosas e relaxantes. Recolhimento, intimidade e economia de recursos resultam em mais vantagens do que exposição, risco, impaciência, futilidades e impulsividade. Na próxima madrugada acontece a Lua cheia e junto com um eclipse lunar, as reações emocionais tendem a ser mais intensas e exaltadas. Não é hora de acumular compromissos, forçar situações ou confrontar as pessoas. Melhor investir na beleza, nas artes e na criatividade. 

ESCORPIÃO 

O desafio é alinhar os anseios, sonhos e expectativas com as vontades dos outros. A Lua cheia acontece na próxima madrugada, trazendo potencial libertador. Não é hora de correr riscos. Procure ser gentil e diplomático, mesmo que a inquietação esteja maior. É preciso maturidade para evitar imediatismos e posturas agressivas. Com a Lua cheia, pressa e correria só pioram as coisas. Evite situações do tipo “tudo ou nada”, prefira investir na transformação de si mesmo, com análises mais amplas, intuitivas e sensíveis.

SAGITÁRIO 

Estabilidade, objetividade e comprometimento devem ser prioridade. Cordialidade e a diplomacia contam muitos pontos a seu favor. Ao mesmo tempo, procure dar mais espaço para si mesmo e para os outros, com atitudes mais independentes. Demonstre leveza e alto astral, pois com a Lua quase cheia as reações emocionais tendem a se exaltar. Vale também evitar discussões, mal entendidos estão em pauta. O Sol segue em Câncer, é melhor optar pela segurança e os encontros mais íntimos. 

CAPRICÓRNIO 

O eixo dos relacionamentos ganha ainda mais destaque com a Lua cheia, que acontecerá na próxima madrugada em seu signo. Procure ouvir a opinião das pessoas ao seu redor, sem entrar em imposições e enfrentamentos. É importante cultivar discernimento, a praticidade e o realismo devem falar mais alto. Invista também em investigações, pesquisas, terapias e na sua segurança emocional. O período tam potencial para libertações e inovações. A intuição está afiada, procure ouvir seu coração ao invés de correr riscos. 

AQUÁRIO 

Período de emoções transbordantes, com a Lua quase cheia. Esteja preparado para ouvir e conciliar opiniões diferentes da sua. A ansiedade e a inquietação devem ser controladas com doses de consciência e maturidade. Vale buscar terapias e atividades que promovam seu equilíbrio energético. Procure sentir o que sua intuição e seu coração lhe dizem. A Lua segue em Capricórnio: procure ser pontual, equilibrando o comprometimento com doses de independência, autonomia e respeito à liberdade.

PEIXES 

A Lua quase cheia segue em Capricórnio e sorri para Urano, favorecendo uma atitudes mais inovadora e vanguardista. Procure comprometer-se com seus dons, cultivar disciplina e senso prático para realizar seus sonhos. Fica mais fácil também eencontrar novas rotas, libertar-se situações opressoras. Ainda bem! O céu também traz aspectos tensos para o período, é melhor cultivar recolhimento, cultivar uma postura tranquila e positiva perante a vida. O contato com a Natureza, as artes e atividades relaxantes são a solução.


Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Mulher

Das ruas para a Vogue: Jessica viu sua vida mudar após viralizar na internet

Publicado


source

No dia 23 de junho, o Projeto Existimos , focado em trazer visibilidade e ajudar transexuais que estão em situação de rua, postou um vídeo da Jessica Piovani contando a sua história. O vídeo, que já foi excluído da página, viralizou e passou de 137 mil likes e incontáveis compartilhamentos. Como consequência, a vida de Jessica mudou radicalmente em poucas semanas. 


jessica piovani
Instagram/Reprodução

Após sair das ruas, Jessica está em busca de uma oportunidade de emprego como cabeleireira

No vídeo em que fala sobre sua trajetória, ela relata que viu a amiga e irmã, que também era transexual, ser assassinada a pedradas, em sua cidade de origem, Natal (RN).  Isso fez com que Jessica fosse obrigada a esconder sua identidade por medo de morrer e começasse a sofrer de depressão. 

“Eu não quero que aconteça com ninguém o que aconteceu com a minha irmã, que ficou impune. Até hoje, 1 ano depois, o laudo não saiu. Sou de Natal (RN) e hoje eu tô em São Paulo para ficar viva. Deixei minha mãe sozinha, tudo o que eu mais amava. E tô aqui, morando na rua”, desabafa Jessica no vídeo.

Uma das muitas pessoas que assistiram e ficaram tocadas pela história de Jessica foi Marcelo Zill, que decidiu ajudá-la oferecendo um lugar para morar. Quando Marcelo conseguiu localizá-la, Jessica estava um pouco desorientada e não aceitou ir para a casa dele de imediato.

“Então eu deixei um celular extra que eu levei comigo com uma pessoa que estava com ela, anotei meu contato e falei que ela poderia me ligar caso mudasse de ideia. No dia seguinte, às 11h, ela me ligou e disse ‘ainda tá de pé a proposta de ir morar com você?’ e eu disse ‘claro, vou aí te buscar’”, contou Marcelo ao iG Delas.


Marcelo abriga outras transexuais em sua casa e, segundo ele, faz isso porque também já sofreu preconceito e foi morar na rua por conta da sua homossexualidade, que não foi aceita pela família. Assim como Jessica, Marcelo saiu do nordeste e foi para São Paulo para poder ser quem é. “Essas histórias me tocam porque me identifico, mas também é uma questão de humanidade, quero ajudar como posso”, afirma.

Nova vida

Após ser abrigada na casa de Marcelo, Jessica Piovani ainda recebeu uma chuva de apoiadores e admiradores. Uma dessas pessoas é o artista Caio Razz, que além de estar ajudando a transexual com custos, fez um ensaio fotográfico luxuoso em que ela está coberta de maquiagem dourada pelo corpo e uma peruca longa e loira.

O ensaio foi divulgado pela Vogue Brasil na última quinta-feira (02) trazendo ainda mais visibilidade para Jessica, que conseguiu um celular por meio de uma vaquinha online que o Caio Razz iniciou. Agora, ela tem um perfil no Instagram que já passa de 25 mil seguidores. 

Jessica, que também é cabeleireira, está utilizando seu perfil para divulgar  uma vaquinha para que ela possa comprar materiais e abrir seu próprio salão. A meta do financiamento é de R$ 15.000.

Confira o vídeo com um pouco da história de Jessica que viralizou:


Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana