conecte-se conosco


Meu Pet

Viaje preparado! Tudo que precisa ter no kit de primeiros socorros do pet

Publicado

Uma pesquisa feita pelo Booking.com mostrou que viajar com o animal de estimação é uma tendência para 2020. Isso porque 65% dos brasileiros que têm um bichinho dizem que ele é tão importante quanto um filho e outros 51% afirmam que a escolha do destino depende da possibilidade de levá-lo junto. Essas pessoas estão cientes de que a viagem com o pet pode sair mais cara e não se importam muito com isso. 

Porém, além da vontade de viajar com o animal é preciso também tomar alguns cuidados.  Além de resolver toda a documentação e fazer um seguro viagem para o pet , preparar um kit de primeiros socorros para levar é muito importante. Isso permite que o dono atenda seu bichinho prontamente e evite complicações. 

cachorro com kit de primeiros socorros arrow-options
Shuttersock

Montar um kit de primeiros socorros para o cachorro é muito importante

O grupo Vet Popular, primeiro hospital veterinário popular do país, separou algumas dicas para montar um kit. Vale lembrar que todos os itens devem estar organizados em uma maleta e serem de uso próprio para animais. 

  • Termômetro: importante para verificar febre; deve ser esterilizado após o uso.
  • Conta-gotas: utilizado para inserir líquidos na boca do pet – é importante lavar bem após o uso para não acumular resquícios.
  • Sabonete antisséptico: é utilizado para lavar um possível ferimento com água corrente para desinfetar a região.
  • Soro fisiológico: fundamental para fazer a limpeza dos ferimentos (em caso de feridas mais infeccionadas utilizar água oxigenada).
  • Gazes: usadas para curativo, auxiliam a estancar sangramentos e limpar ferimentos.
  • Esparadrapo e ataduras: servem para segurar o curativo e imobilizar a área afetada.
  • Tesoura: deve ser de uso exclusivo para os primeiros socorros, evitando assim contaminação. É utilizada para cortar a gaze, o esparadrapo e as ataduras. 
  • Luvas descartáveis: devem ser usadas pelo dono na hora de manipular o animal para prevenir a transmissão de bactérias e germes.
  • Pinça: auxilia na retirada de espinhos ou vidros, pode ser utilizada pinça de costureira, mas é importante esterilizar após o uso.
  • Focinheira: é importante prevenir incidentes: por mais dócil que o pet seja, poderá tornar-se agressivo quando estiver sentindo dor. 
  • Analgésicos e anti-inflamatórios: reduzem a sensação de dor e aceleram o processo de cura. Nunca utilize medicamentos de uso humano, apenas remédios prescritos pelo veterinário.
  • Toalhas de pano ou cobertor: servem para manter o animal aquecido, também pode ser utilizado como maca.

Leia também: Vai viajar com o pet? Cuidado para não ter que deixá-lo para trás  

Caso opte por deixar um kit de primeiros socorros para o pet sempre montado, verifique  periodicamente a validade dos medicamentos. Se for viajar e deixar os animal sob os cuidados de alguém, entregue a maleta para essa pessoa. 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Meu Pet

Gato testa positivo para COVID-19 em Hong Kong; é terceiro caso pet confirmado

Publicado

De acordo com o departamento de agricultura de Hong Kong, um gato testou positivo para o Covid-19 após sua dona ser diagnosticada com a doença. É o segundo gato a apresentar o vírus. Um caso foi registrado na Bélgica na semana passada

Gato malhado de olhos fechados arrow-options
Stockexpert/Divulgação

Gato é segundo a testar positivo para COVID-19 após caso confirmado na Bélgica

De acordo com o site South China Morning Post, o gato apresentou sinais da doença após sua dona, de apenas 25 anos, ficar em estado grave devido ao novo coronavírus. A presença do Sars-Cov-2 foi detectado por coletas de amostras da boca, do nariz e do reto do animal.

Além de ser o segundo caso confirmado de um gato, é o terceiro de um animal de estimação no mundo. Um cachorro também havia testado positivo para o vírus em Hong Kong. Profissionais da saúde afirmam que não há evidências de que os pets sejam transmissores do vírus.




Continue lendo

Meu Pet

Fotos e vídeos de animais fofos que foram compartilhados para melhor o seu dia

Publicado

Após o surto no novo coronavírus, foi recomendado que as pessoas ficassem em suas casas de quarentena . Com essa medida, os pets começaram a passar mais tempo com os tutores, que compartilham nas redes inúmeros momentos entre eles de morrer de tanto rir ou de tanta fofura. 

No twitter, uma das principais redes que estão bombando com as publicações, viralizou nesta terça-feira (31), postagens de bichinhos fazendo várias coisas diferentes com seus donos em casa. Confira algumas delas. 

Leia mais: Alerta fofura! Donos compartilham fotos dos animais durante quarentena

O andré colocou o gatinho para praticar um esporte novo: salto ao papel higiênico

O cachorro da Lorenza também está aproveitando para se exercitar com a dona

Aqui, a dona puxa o gato até para dançar!

A adriane jura que seu gato falou o nome dela. Eaí? Falou mesmo ou é efeito da quarentena na cabeça da dona?

Esse aqui ensinou o cachorrinho a fingir que ele levou um tiro 

Leia mais: Gata se mostra irritada com os donos em casa durante quarentena; veja vídeo

O cachorro da Lara nos representa nessa quarentena!

Esse gato prodígio já aprendeu a segurar o celular da dona para assistir as coisas que gosta

Alguns animais já não aguentam mais os donos em casa


Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana