conecte-se conosco


Turismo

Viaje no tempo: conheça 5 cidades medievais pelo mundo

Publicado


source
York é uma cidade medieval na Inglaterra
Unsplash

York é uma cidade medieval na Inglaterra








A Idade Média foi um período marcado pelo feudalismo, embates entre povos por terras e o domínio da Igreja Católica, mas também está presente no imaginário das pessoas quando pensamos em histórias de reis, rainhas, bruxas e dragões.

Uma das provas do encantamento do público por esse período histórico é o sucesso de histórias medievais, como “Game of Thrones” e “The Witcher”. E, apesar dos inúmeros avanços tecnológicos nos centros urbanos, diversas cidades pelo mundo ainda guardam suas características da Idade Média. 

Desse modo, as muralhas, as torres, os castelos e as ruas de pedras fazem com que o turista se sinta em uma viagem no tempo. Por isso, elaboramos uma lista com cinco cidades pelo mundo que mantêm a arquitetura antiga e bela dos tempos medievais.


York – Inglaterra

A Rua Shambles inspirou o cenário do filme Harry Potter
Reprodução

A Rua Shambles inspirou o cenário do filme Harry Potter


A pequena cidade de York fica a 300 km de Londres e o turista pode chegar lá de trem, carro ou ônibus. A cidade foi construída no ano 71 D.C. pelos romanos. Foi uma cidade muito importante na Idade Média, uma vez que foi um grande pólo comercial e capital da província Britannia Inferior. 

Hoje, York ainda possui construções daquela época, como as ruínas romanas, presentes em toda a cidade. A Catedral de York também é uma beleza que enche os olhos dos apaixonados por história e arquitetura. Erguida no século 8, ela passou por algumas modificações ao longo dos anos, até atingir os padrões de arte gótica que apresenta. 

Outra atração de York é a rua Shambles. A viela, estreita e com paralelepípedos, inspirou o cenário do Beco Diagonal, do filme Harry Potter. E mais: se o turista estiver em Londres e escolher ir de trem, ele sairá da estação King ‘s Cross!

Toledo – Espanha

Toledo é uma cidade medieval na Espanha
Unsplash

Toledo é uma cidade medieval na Espanha


Toledo fica a 30 minutos de trem de Madri e é um delicioso passeio para quem gosta de arte – ela já foi casa do famoso pintor El Greco. Além disso, a cidade é multicultural: por muitos anos, judeus, cristãos e mulçumanos conviveram ali pacificamente. Isso faz com que a cidade abrigue monumentos importantes às três culturas.

As principais atrações são A Catedral de Toledo, do século 13, e o Palácio de Alcazar, uma grandiosa edificação construída no século 3. Mas a cidade inteira é digna de atenção. Desde os mirantes como o Paseo de San Cristobal até as pontes impressionantes, como a Puente de San Martín.

Siena – Itália

Siena, cidade medieval na Itália
Unsplash

Siena, cidade medieval na Itália

Toscana é uma região no centro da Itália conhecida por seus monumentos históricos e artísticos, com trabalhos de Michelangelo e Botticelli.  Quem passa por lá não pode deixar de visitar a cidade de Siena, que encanta a todos com seus prédios medievais.

A Praça del Campo é símbolo de Siena, em formato de concha, é onde estão o Palácio Público (sede do governo) e a Torre de Mangia, ambos do século 14. Duas vezes ao ano, a praça apresenta o Palio delle Contrade, tradicional corrida de cavalos que reúne os bairros da cidade. 

Carcassonne – França

Carcassonne
Unsplash

Carcassonne


Carcassonne está situada no topo da colina na área de Languedoc, sul da França e a 300 km de Barcelona. A cidade está intacta há mais de dois mil anos, o que a torna a cidade mais bem preservada da Europa. Em 1997, foi tombada pela UNESCO como patrimônio, justamente pela sua arquitetura espetacular.

Cercada por grandes muralhas, Carcassonne é cheia de mistérios e lendas sobre a sua formação. A mais famosa delas é a da Dama de Carcas, mulher que viveu no século 13 e que foi responsável por acabar com um ataque feito à cidade. Ela jogou um porco por cima da muralha e quando saiu vitoriosa, tocou os sinos. Já que sonne significa “som”, essa seria a origem do nome da cidade.

No topo da colina existe um castelo que é impressionante por dentro e por fora. Ele possui 52 torres. Os turistas podem visitar o castelo por um tour guiado, que conta a história do local e os acontecimentos históricos que ele presenciou. 

Pingyao – China

Pingyao guarda resquícios da Disnatia Han
Reprodução

Pingyao guarda resquícios da Disnatia Han

Saindo do continente europeu, a cidade de Pingyao está localizada em Xanxin, província situada a 700 km de Pequim. Foi fundada no século 14 e possui uma bela arquitetura preservada da dinastia Han. 

O interessante é que a cidade é cercada por muralhas e dentro delas não entram carros, o que aumenta a experiência de retorno ao passado. Assim, os turistas podem chegar lá por trem bala e se encantar pela arquitetura antiga e medieval.

Você viu?

Fonte: IG Turismo

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

Hopi Hari reabre suas fronteiras neste sábado (24)

Publicado


source
O parque abrirá com um protocolo que permite apenas 25% da capacidade sem o funcionamento de algumas atrações
Divulgação

O parque abrirá com um protocolo que permite apenas 25% da capacidade sem o funcionamento de algumas atrações

Com a atualização da classificação do Plano SP – realizada na sexta-feira (16) pelo Governo do Estado de São Paulo –, o País Mais Divertido do Mundo reabrirá suas fronteiras a partir deste sábado (24). Conforme o decreto, o Parque poderá operar com 25% de sua capacidade, com horário de funcionamento das 11h às 19h, sendo que as atrações começarão a ser finalizadas a partir das 18h.

Além disso, em respeito às novas medidas, bem como aos visitantes, apenas ingressos com o agendamento em dia poderão ser utilizados. “Ao atingirmos o limite de público vamos imediatamente interromper a entrada”, destaca Alexandre Rodrigues, presidente de Hopi Hari.

Para não perder a viagem, a orientação do Parque é que o visitante que já adquiriu seu Passaporti solicite uma data para a visita – para isso, basta enviar o número do pedido por e-mail no [email protected] e aguardar a confirmação do seu agendamento. O mesmo sistema vale para quem já havia agendado seu passeio entre os dias 2 e 23 de abril, é só solicitar o reagendamento. Já para quem fez seu agendamento com data a partir do dia 24 de abril não será preciso refazer a solicitação.

Mesmo operando com capacidade de público reduzida a 25%, o Hopi Hari ressalta a importância de seguir os protocolos de segurança anticovid-19, que podem ser acessados aqui e relembra que o uso de máscara de proteção é obrigatório durante toda a visita, assim como o cumprimento das normas de segurança já mencionadas.

Com suas fronteiras fechadas desde o dia 5 de março. em respeito a determinação do Plano São Paulo, o País Mais Divertido do Mundo vem empenhando esforços e se preparando para voltar a receber visitantes. O Parque ressalta que tem ciência de seu compromisso com o público e principalmente com seus colaboradores, entretanto, como o mundo inteiro, sofre com as consequências desta pandemia que impactou tanto na saúde, quanto na economia mundial. 

Fonte: IG Turismo

Continue lendo

Turismo

Ilhas Maldivas oferecerão vacinas contra covid-19 para turistas

Publicado


source
Maldivas já imunizou 40 mil pessoas do arquipélago
Reprodução/Instagram

Maldivas já imunizou 40 mil pessoas do arquipélago

As Ilhas Maldivas vão oferecer aos turistas a possibilidade de vaciná-los contra a Covid-19. A medida é um estímulo à indústria turística do arquipélago, da qual a economia depende fortemente. 


“O turismo de vacinas é uma visão do presidente do país, Ibrahim Mohamed Solih. Planejamos executá-lo de forma semelhante ao turismo médico”, disse o ministro do Turismo das Ilhas Maldivas, Abdulla Maussom, à agência EFE.

Você viu?

O ‘programa 3V: visita, vacinação e férias (vacation, em inglês)’, começará no país quando todos os habitantes das Maldivas, com uma população total de 540 mil pessoas, estiverem totalmente vacinados. 

O ministro explicou que os turistas poderão escolher a vacina que tomarão: Astrazeneca/Oxford, Sinopharm e Pfizer. “O entorno dos complexos hoteleiros é perfeitamente seguro para a vacinação. Os turistas podem ficar por cinco a oito semanas, receber a segunda dose ou sair e voltar para a segunda dose”, disse Maussom.

Até segunda-feira (19), 40.230 mil pessoas já tinham recebido duas doses, cerca de 280 mil, a primeira. O país teve 26 mil casos de contaminação e apenas 70 mortes por Covid-19 desde o início da pandemia. 

O PCR negativo não é mais exigido para entrar no país, apenas um comprovante de reserva de hotel. Em entrevista ao canal CNBC, Mausoom disse que a Agência de Proteção à Saúde do país está preparada para retirar em breve as restrições e liberar a entrada de turistas já vacinados.

Fonte: IG Turismo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana