conecte-se conosco


Meu Pet

Veterinário alerta sobre parasitas internos e externos, problemas comuns em pets

Publicado

source

Parasitas internos e externos  estão entre os problemas mais comum em animais de estimação e podem causar sérios problemas de saúde. Pulgas, carrapatos e vermes são os mais famosos, mas Ricardo Cabral, veterinário da Virbac, explica que “Cada um tem sua característica própria, ciclo de vida e forma de contágio diferente, por isso, é muito importante entender suas particularidades para prevenir o pet de cada um deles da melhor forma”. 

Leia também: Vídeo de gata obesa se recusando a fazer exercício viraliza e abre discussão

Com os filhotes a atenção deve ser redobrada. “É uma idade onde o animal não tem um sistema imunológico competente, que ajuda a agir contra verminoses. Se houver uma grande quantidade de parasitas no filhote, podem ocorrer problemas mais graves como anemia, má nutrição, subdesenvolvimento e outras consequências”, afirma Ricardo.

 cães e gatos arrow-options
shutterstock

Parasitas podem atingir cães e gatos de qualquer idade


Conheça os parasitas internos e externos  que podem atingir o seu animal de estimação. 

Parasitas internos

Vermes intestinais e giárdia

As lombrigas (Ancylostoma ou Ascarídeos) são as mais conhecidas, mas o Dipylidium caninum também é um dos vermes que mais atinge cães e gatos . Esses dois se alojam no intestino delgado do pet e trazem diversos problemas. A giárdia, por outro lado, é um protozoário que entra no organismo do animal causando diversas infecções. 

A contaminação ocorre por via orofecal, ou seja, quando um cão come as fezes contaminadas ou algo sujo com ela e se torna um hospedeiro do verme. Isso pode acontecer em qualquer época do ano, independente de temperatura ou clima. 

Leia Também:  Cuidado! Não deixe seu cachorro comer chocolate nesta Páscoa

Os principais sintomas são: diarreia, pelagem opaca, fraqueza, apatia, vômito, tosse, perda de apetite e peso. Para tratar o problema, o uso de vermífugos é indispensável.

Verme do coração

Transmitida pela picada de um mosquito, esta é uma das mais perigosas doenças em cães , já que no início pode não ter nenhum sintoma. Também conhecida como Dirofilariose Canina, o problema é causado por um parasita que atinge o sistema cardiopulmonar de cachorros.

O inseto transmissor costuma se reproduzir mais nas épocas de calor e chuva, além de preferir viver em locais com matas. Assim, caso você viva ou vá passear com o pet em uma praia, por exemplo, é importante protegê-lo com produtos inseticidas. Os vermífugos servem para prevenir e tratar o problema. 

Os principais sintomas são: respiração acelerada ou respiração curta e rápida, tosse e cansaço fácil, além de perda de peso, apatia e fraqueza. Quando os vermes adultos se alojam no coração, os sintomas de insuficiência cardíaca como tosse e cansaço fácil podem ficar mais intensos.

Leia também: Na moda para bebês, colar âmbar báltico está sendo usado em pets; isso pode?

Leia Também:  Cão artista faz pintura fofa e choca internautas com seu talento

Parasitas externos

Pulgas e carrapatos

Todos os donos sabem que mesmo com todos os cuidados as pulgas e carrapatos podem trazer problemas para os animais, principalmente para aqueles que costumam passear. “Os carrapatos são aracnídeos que se alimentam do sangue do hospedeiro. Já as pulgas são pequenas e ágeis, o que as tornam esquivas e difíceis serem visualizadas”, explica Ricardo.

Porém esse não é o problema mais grave: pulgas e carrapatos são transmissores de doenças sérias em pets. Esses parasitas também gostam de épocas quentes, mas em um país como o Brasil, que não tem suas estações muito bem definidas, eles costumam estar sempre presentes em áreas urbanas e rurais.

O principal sintoma é a coceira, facilmente identificada. A maioria dos pets é alérgica à saliva de pulgas e carrapatos, e por isso as picadas vêm acompanhadas de problemas dermatológicos.

“95% das pulgas estão no ambiente, na forma de ovos e larvas. Por isso é muito importante que haja o controle ambiental frequentemente”, diz o veterinário. Além disso, é preciso tratar todos os animais da casa, mesmo que apenas um esteja infestado. “Por exemplo, se o tutor tem um cachorro e um gato e trata só um animal , o outro também pode ser fonte de re-infestação”. O tratamento pode ser realizado através de produtos antiparasitários que podem ser encontrados em forma de spray, pipeta e coleiras.

Fonte: Canal do Pet
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Meu Pet

Donos fecham sala de cinema para festa de aniversário de pug; veja como foi

Publicado

source

Romeu ganhou uma festa daquelas neste sábado (7). Kaciane, a dona do pug reuniu seus amiguinhos de quatro patas – ao todo 112 – em uma sala de cinema do shopping Morumbi Town, em São Paulo, para comemorar o aniversário de dois anos dele. 

cachorro fantasiado arrow-options
Larissa Sant’Ana

Romeu em frente a mesa do bolo vestido de “Baby Shark”. Sua conta no Instagram é @pugs.ciclistas.

Todo o evento foi muito bem pensado e preparado. Com o tema “Baby Shark”, a festa de aniversário de Romeu teve decoração, sessão de cinema, muitas guloseimas próprias para cachorro, piscina de bolinhas e um parabéns muito animado. 

 Leia também: Cachorro no cinema? Donos contam como é a experiência

Kaciane conta que a ideia veio da vontade de fazer algo diferente. “Queria uma festa que ninguém tivesse feito ainda, que fosse inovadora. Como tinha a opção de abrir o cinema para os cachorros decidi fazer aqui. A princípio seria algo pequeno, apenas numa sessão pet friendly, mas como muita gente adorou a ideia e se interessou decidimos fechar a sala.”

Leia Também:  Homem se emociona ao receber presente criativo que lembra seu cão

Lisa e Lua Presley foram duas convidadas de Romeu. Stefani, dona das cadelas, escolheu a dedo as roupinhas que as dachshunds usaraiam no evento especial. “Achei o máximo receber o convite de um aniversário no cinema, não esperava por isso. Mas já vim no cinema com elas outras três vezes, é uma experiência muito boa e uma integração com o animal que não tem igual”, conta. 

cadelas em cima do banco arrow-options
Larissa Sant’Ana

Lisa e Lua na festa do Romeu. As duas são donas da conta do Instagram @salsicha_com_estilo.

Antes da sessão começar a cadelinha Ticiane e sua dona Tânia Sá já estavam ansiosas. “É a primeira vez da Tici no cinema, mas tenho certeza que ela vai ficar quietinha e aproveitar muito. Estou animada com esse ‘auniversário’. Antigamente eu ia para casamento, formatura, agora eu vou para aniversário de cachorro. É uma nova fase da minha vida”, brinca Tânia. 

dona e cadela sentadas em cadeira de cinema arrow-options
Larissa Sant’Ana

Tânia de sua cadelinha Tici esperando para entrar na sala de cinema

Quando as portas da sala de cinema se abriram todos os donos e seus cães se acomodaram para assistir ao filme “O Reino Gelado: A Terra dos Espelhos”. Durante a sessão todos ficaram bem quietinhos, apenas alguns latidos esporádicos eram ouvidos. 



A piscina de bolinhas foi liberada depois da sessão. Sushi foi um dos cachorros que ficou enlouquecido com a atração, aliás ele aproveitou muito tudo. “Ele adora pipoca, adora assistir televisão, então para ele foi super divertido. Agora ele está no paraíso com essa piscina de bolinhas”, brinca a dona Camila. 

cachorro dentro de piscina de bolinha arrow-options
Larissa Sant’Ana

Sushi na piscina de bolinhas

As guloseimas da mesa do bolo foram outro paraíso para os cães. Eles podiam comer brigadeiro, coxinha, kibe e almôndegas sem nenhuma preocupação para os donos. Tudo foi feito pela veterinária Bruna Morales. “O brigadeiro é de alfarroba porque chocolate é proibido para cachorro. As outras opções não levam farinha branca, só farelo de aveia. Além disso, todos são feitos com ingredientes fucionais e têm vitamina A, colágeno, etc. Unimos o útil ao agradável”, explica a especialista em nutrição. 

prato com guloseimas arrow-options
Larissa Sant’Ana

As guloseimas eram próprias para cachorro

Apesar do trabalho para organizar a festa, a dona de Romeu faria tudo de novo. “São muitas coisas para fazer, dá muita dor de cabeça. Mas tudo ficou lindo, perfeito, e estou feliz”, finaliza Kaciane. Veja outras fotos do aniversário de Romeu na galeria abaixo. 


Fonte: Canal do Pet
Continue lendo

Meu Pet

Gato desaparecido há 536 dias pula no colo da dona ao vê-la

Publicado

source

Mindy Criner passou 536 dias longe de seu gato , chamado Gato, mas nunca perdeu a esperança de que um dia o reencontraria. Após muitos pedidos de ajuda nas redes sociais e na vizinhança, o bichano finalmente foi achado e ao vê-la, pulou em seu colo e encostou a cabeça na dela. 

Leia também: Gata abandonada é encontrada com bilhete de criança preso em sua coleira

gato no colo da dona arrow-options
Reprodução Facebook

Gato pulou no colo de Mindy assim que a viu

“Quando o Gato sumiu fizemos de tudo: postamos em todos os lugares, fizemos panfletos, colocamos coisas no jardim para ele sentir o cheiro… Recentemente, quando um homem – que estava alimentando um felino por UM ANO – pediu ajuda de uma ONG porque o bichano havia sido atropelado, encontramos o nosso Gato. O homem nem sabia que os microchips existiam antes do local escanear o de Gato”, escreveu Mindy em uma publicação no Facebook. 

Por sorte, Gato não sofreu nenhum ferimento mais grave no atropelamento e pôde voltar para a sua família rapidamente. Apesar de ter ficado tanto tempo sem ir para casa, o pet sempre esteve por perto: foi encontrado a 2,8 Km da residência e a dois quarteirões do parque que a família frequenta toda semana. 

Leia Também:  Dona improvisa tipoia para fazer carinho em seu gato idoso

Leia também: Cadela é flagrada em momento hilário por câmera de vigilância

gato deitado em cima da dona arrow-options
Reprodução Facebook

Gato está saudável e recebendo muito carinho em casa

Ainda na postagem feita no Facebook para comunicar que Gato havia sido encontrado, estava saudável e recebendo muito carinho em casa, Mindy aproveitou para fazer um alerta. “Instale microchip no seu animal e não ache que todo pet que encontrar está abandonado. Para os que estão procurando por seus bichinhos perdidos: boa sorte e não desistam nunca.”


Fonte: Canal do Pet
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana