conecte-se conosco


Cuiabá

Vereadores presentes na Corrida de Reis 2020

Publicado

Os vereadores da capital estiveram presentes na Corrida de Reis 2020, que acorreu domingo (12/01), com Largada próxima a Ponte Nova, em Várzea Grande, passando pela Av. Miguel Sutil, Av. Manoel José de Arruda, Rua Treze de Junho, Av. Manoel José de Arruda, Av. Miguel Sutil, Trevo do Círculo Militar, retorno na Av. Miguel Sutil, Trincheira do Verdão, Av. Agrícola Paes de Barros, Av. Ranulpho Paes de Barros, com chegada no entorno da Arena Pantanal, perfazendo o percurso exato de 10 quilômetros, homologado pela CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo) e FAMT (Federação de Atletismo de Mato Grosso).
A Corrida de Reis é uma das maiores corridas do país e já é uma tradição em Mato Grosso. E de acordo com a organização neste ano ultrapassou 15 mil corredores, pelas ruas de Cuiabá.
Participou da Corrida o parlamentar Chico 2000 (PR), que é um desportista e concluiu os 10 quilômetros do percurso e estiveram presentes também os vereadores Diego Guimarães (Progressistas), Abílio Junior (PSC), Dilemário Alencar (PROS) e o presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, vereador Misael Galvão (PTB).
Destacando que o vereador, Juca do Guaraná (AVANTE) é o autor da lei que institui patrimônio cultural e inclui no calendário de eventos oficiais do Município de Cuiabá, a Corrida de Reis.
Marcella Magalhães | Câmara de Cuiabá

Fonte: Câmara de Cuiabá
Leia Também:  “Casa dos Horrores” é lembrança ruim, mas já passou”, diz Dr. Xavier
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Emanuel lamenta processo por improbidade e diz que “se for para garantir saúde”, arcará com sanções do MP e TCE

Publicado

FLÁVIO GARCIA / Especial para ODOC

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), afirmou durante o lançamento do programa Cuiabá Recicla, no Shopping Popular,  que “se tiver que responder processo por contratação temporária e não deixar nenhuma unidade sem atender a população, eu respondo”. O prefeito e o ex-secretário de Saúde do município, Huark Douglas Correia, se tornaram réus por improbidade administrativa em razão do excesso de contratações temporárias na Saúde.

O prefeito diz que vê com tristeza essa decisão. “De um lado, a sociedade cobra que não pode faltar profissionais na ponta. De outro, eu tenho que contratar. Não posso deixar uma unidade de saúde sem profissionais, a rotatividade é muito intensa e a responsabilidade muito grande. Essa decisão veio depois que eu promovi o processo seletivo. Vamos mostrar nossa boa intenção, nossa responsabilidade social. Na defesa vamos mostrar isso, vamos superar. Eu vou mostrar a nossa boa intenção”, disse.

“Não tem pediatra em Cuiabá suficiente para atender todas as unidades e todos os plantões. Por outro lado, eu fui condenado recentemente porque faço contratação temporária. Se eu contrato, posso ser processado. Se não contrato, eu deixo a ponta vulnerável”, explicou.

Leia Também:  Projeto que dispõe entrega de remédios em casa para hipertensos e diabéticos tramita na Câmara

O prefeito adiantou que fez o processo seletivo, mas que isso não é suficiente para atender a demanda existente. “Eu fiz o processo seletivo, mas não é possível atender a demanda do ritmo que minha gestão está caminhando na saúde pública. Estão acontecendo algumas situações pontuais nas regiões Leste e Oeste. Na policlínica do Planalto e Upa Morada do Ouro. As demais unidades estão atendendo o dia todo”, afirmou.

Sobre a movimentação dos médicos, que decidiram permanecer em assembleia permanente, o prefeito adiantou que vem conversando com a categoria. “Já marcamos nova reunião para primeira semana de fevereiro. Vamos avançar. Eles têm razão em alguns pontos, nós em outros”.

Para o prefeito, essa situação só se resolve com muito diálogo. “Como que resolve, conversando, dialogando, cobrando mais produtividade, mais carinho, mais humanização. É um desejo mútuo, tanto nosso como deles. O que importa é a razão maior que é avançar sempre na melhoria, na humanização”, completou.

Continue lendo

Cuiabá

Prefeito lamenta falecimento de pai do presidente da Assembleia Legislativa

Publicado

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, lamenta o falecimento de Benedito Caetano Botelho, aos 95 anos, ocorrido na manhã desta sexta-feira (17). Pai do presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, o deputado Eduardo Botelho, ele lutava contra um câncer.

O prefeito externa suas sinceras condolências e deseja força para que possam lidar com a dor da partida.  “Lamento com toda sinceridade a partida de Benedito. Desejo que em sua memória seus entes queridos encontrem forças para superar esse momento de profunda tristeza”, afirmou.

À família, ele coloca-se ainda a disposição. “Deixo registrados meus pêsames e o mais profundo  desejo de que familiares e amigos se sintam reconfortados. Que as homenagens e palavras de acolhimento se multipliquem e cheguem a todos como um abraço companheiro.” 

Benedito era casado com dona Venina Vieira Botelho e deixa dez filhos. Mais informações sobre o horário e local do velório e sepultamento ainda serão repassadas pela família.

Fonte: Prefeitura de Cuiabá
Leia Também:  Com 5 anos de circulação, Almanaque Cuyabá prestigia presidente da Câmara com coleção histórica
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana