conecte-se conosco


Cuiabá

Veja os dados do painel Covid-19 desta segunda-feira (29)

Publicado


.

Nesta segunda-feira (29), Cuiabá tem 3.740 casos confirmados de Covid-19 de residentes no município e 877 de não residentes, mas que estão sendo atendidos na capital. Dos confirmados, 680 já estão recuperados da doença e houve 170 óbitos de residentes e 95 de não residentes.

Na rede hospitalar há 256 pacientes confirmados com Covid-19 internados, sendo 153 na UTI e 103 em enfermaria. Também estão internados 255 pacientes com suspeita da doença, sendo 106 na UTI e 149 em enfermaria. Do total de pessoas internadas em UTI, 176 são de residentes em Cuiabá e 83 de residentes de outros municípios. Do total de internados em enfermaria/isolamento, 186 pessoas são de Cuiabá e 66 de outros municípios.

Hoje Cuiabá registrou mais 11 óbitos de residentes, chegando a um total de 170 mortes. O prefeito Emanuel Pinheiro e o secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho lamentam profundamente todos estes óbitos.

Segue abaixo a relação dos óbitos:

Mulher, 64 anos. Não foi divulgado o hospital onde estava internada. Comorbidade em investigação. Veio a óbito em 28/06.

Mulher, 43 anos, internada em hospital público. Tinha diabetes. Veio a óbito em 29/06.

Homem, 63 anos, internado em hospital público. Comorbidade em investigação. Veio a óbito em 27/06.

Homem, 82 anos, internado em hospital particular. Tinha hipertensão, diabetes e cardiopatia. Veio a óbito em 26/06.

Mulher, 71 anos, internada em hospital particular. Tinha diabetes e cardiopatia. Veio a óbito em 28/06.

Homem, 54 anos, internado em hospital particular. Tinha hipertensão. Veio a óbito em 29/06.

Mulher, 62 anos, internada em hospital público. Não foi divulgado se tinha comorbidade. Veio a óbito em 29/06.

Homem, 58 anos, internado em hospital particular. Não foi divulgado se tinha comorbidade. Veio a óbito em 28/06.

Homem, 63 anos, internado em hospital particular. Não foi divulgado se tinha comorbidade. Veio a óbito em 28/06.

Homem, 72 anos, internado em hospital público. Não foi divulgado se tinha comorbidade. Veio a óbito em 29/06.

Mulher, 74 anos, internada em hospital particular. Comorbidade em investigação. Veio a óbito em 15/06.

 

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cuiabá

Câmara realiza Audiência Pública para discussão da LDO/2021

Publicado


.

A Câmara Municipal de Cuiabá realizou uma audiência pública remota na tarde desta terça-feira (14), para discutir a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2021.

&nbspA reunião foi conduzida pelo vereador Marcelo Bussiki (DEM), presidente da Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária do legislativo municipal e pelo vereador Orivaldo da Farmácia (Progressistas).

&nbspA realização da audiênCia atende o disposto no Artigo 165, § 2 da Constituição Federal, pautando no equilíbrio entre receitas e despesas do Executivo Municipal.

&nbspO Diretor de Planejamento e Orçamento da Prefeitura de Cuiabá Charles Nilson Zandonato foi o responsável pela apresentação da LDO do próximo ano, demonstrando o Sistema de Planejamento Integrado entre Plano Plurianual (PPA), Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Lei Orçamentária Anual (LOA).

&nbspConforme os dados apresentados durante a audiência pública pelo diretor Charles, as receitas e despesas do próximo exercício foram fixadas em R$ 3.294.104.813. O levantamento incluiu as metas fiscais anuais, em valores correntes e constantes, relativas a receitas, despesas, resultados nominal, primário e montante da dívida pública.

&nbspNesta primeira agenda para discutir a LDO 2021, constavam na pauta as secretarias municipais de Assistência Social e Desenvolvimento Humano (SMASDH), de Cultura e Esporte, Cultura e Turismo, de Mobilidade Urbana (SEMOB), de Comunicação (SECOM), de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (SMADES), de Habitação e Regularização Fundiária, de Ordem Pública e de Políticas para Mulheres.

&nbspO Secretário Municipal de Planejamento Jesus Lange Adrien Neto representou a Prefeitura de Cuiabá e junto com a sua equipe, além dos representantes das secretarias pautadas, coordenaram a apresentação e dirimiram eventuais dúvidas dos parlamentares. “Temos que deixar com responsabilidade a continuação serena das ações do executivo municipal para o ano de 2021”, pontuou o secretário.

Jean Estevan / Câmara Municipal de Cuiabá

Continue lendo

Cuiabá

Prefeitura convida órgãos de controle para integrar comitê de fiscalização aos gastos com a pandemia

Publicado


.

Com o objetivo de priorizar a transparência e a seriedade da aplicação dos recursos oriundos do Governo Federal para o enfrentamento da pandemia do coronavírus, o prefeito Emanuel Pinheiro determinou ao secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho, a criação de um comitê para acompanhar os gastos da Prefeitura relacionados à COVID-19.

Pôssas encaminhou um ofício nesta segunda-feira (13) para a Procuradoria Regional da República, Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso e Ministério Público Estadual para que os órgãos indiquem representantes para integrarem este comitê, que terá acesso a todos os processos de aquisição relacionados à pandemia do coronavírus.

“A proposta é que este comitê se reúna uma vez por semana e analise com antecedência todos os gastos que a Secretaria Municipal de Saúde planeja fazer referentes à COVID-19. O comitê examinará os contratos, valores, quem são os fornecedores, que tipo de fornecimento está sendo pleiteado, enfim, o processo inteiro. Caso o comitê aprove, a Prefeitura efetivará a compra. Caso contrário, o processo será encerrado”, explica o secretário de saúde.

O prefeito disse que esta é mais uma ação para mostrar a transparência nos gastos com a COVID-19 em Cuiabá. “Já havíamos criado uma página específica da COVID-19 no Portal da Transparência, onde os promotores de justiça podem acompanhar em tempo real os extratos das contas-correntes por onde a Prefeitura recebe recursos dos governos federal e estadual para aplicação nas ações de enfrentamento à pandemia. Agora, com a criação deste comitê, os gastos precisarão ser aprovados por ele para que as aquisições sejam realizadas. Isto trará mais lisura para as ações e tranquilidade para a população, que terá os órgãos de controle fiscalizando cada centavo gasto no combate ao coronavírus.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana