conecte-se conosco


Carros e Motos

Veja 6 picapes médias que custam (quase) o mesmo que a Fiat Toro Ultra

Publicado

Motor Show

Fiat Toro Ultra arrow-options
Divulgação

Confirmada para dezembro, a nova Fiat Toro Ultra partirá de R$ 164.990

A Fiat confirmou para dezembro o início das vendas da Fiat Toro Ultra. A nova versão da picape-crossover chega trazendo uma caçamba com capota rígida para ser a nova versão de topo do modelo. E se a antiga topo de linha Toro Ranch já atingia a faixa de preços das picapes médias a diesel , essa presença ficou ainda mais ostensiva com a Ultra, que partirá de R$ 164.990. Confira na lista abaixo cinco modelos de picapes médias diesel que estão na mesma faixa de preços (ou quase) do modelo da Fiat.

LEIA MAIS: Conheça todos os detalhes da Fiat Toro Ultra, que chega em dezembro

VW Amarok SE MT: R$ 153.190

VW Amarok arrow-options
Divulgação

VW Amarok SE tem câmbio manual, tração 4×4 e motor turbodiesel de 180 cv

O motor 2.0 TDI desenvolve 180 cv e está combinado a um câmbio manual de seis marchas e a tração 4×4. Mas o modelo mais acessível da lista é também o menos equipado: apesar do ar-condicionado automático de série, sistema multimídia e controlador automático de velocidade de cruzeiro estão disponíveis apenas como opcionais.

Nissan Frontier Attack AT 4×4: R$ 155.59

Nissan Frontier arrow-options
Roberto Assunção

Nissan Frontier Attack é a versão descolada da picape média, disponível apenas com motor diesel

Por R$ 9 mil a menos, a Frontier Attack AT traz o mesmo conjunto mecânico das versões de topo composto pelo propulsor 2.3 biturbo diesel com 190 cv e o câmbio automático de sete marchas. A lista de equipamentos traz itens como controle automático de partida e descida de rampa, saídas de ventilação para o banco traseiro e multimídia com Android Auto e Apple CarPlay.

Ford Ranger XLS 2.2 4X4 AT: R$ 156.790

Ford Ranger arrow-options
Divulgação

Ford Ranger se destaca pelo bom pacote de segurança; são sete airbags espalhados pela cabine

O motor 2.2 diesel desenvolve 160 cv. Mas a lista de equipamentos é bem completa, com sete airbags, controle automático de partida e descida de rampa, controlador automático de velocidade de cruzeiro e o sistema multimídia Sync 3.

LEIA MAIS: Fiat Toro Endurance TD 4×4: picape robusta e com estilo

Chevrolet S10 4×4 2.8 Diesel LT: R$ 168.690

Chevrolet S10 arrow-options
Divulgação

O motor 2.8 diesel da Chevrolet S10 LT é o mesmo que equipa o modelo top, High Country

O motor de 200 cv é o mesmo da topo de linha High Country. Mas nesse preço é preciso abrir mão do câmbio automático e do pacote tecnológico com alertas de mudança involuntária de faixa e de colisão frontal.

Toyota Hilux SR 4X4: R$ 169.990

Toyota Hilux arrow-options
Divulgação

A configuração mais acessível da Toyota Hilux também se destaca na comparação com o preço da Toro

A configuração SR é a mais acessível da picape da marca japonesa com o câmbio automático de seis marchas. O motor 2.8 desenvolve 177 cv e a lista de equipamentos inclui ar-condicionado automático digital, sete airbags, sistema multimídia com tela de 8″, assistente de reboque e de subida e descida de rampa.

LEIA MAIS: Veja 5 picapes intermediárias que serão lançadas no Brasil até 2025

Mitsubishi L200 Triton Sport HPE: R$ 169.990

Mitsubishi L200 arrow-options
Divulgação

Ao lado da Chevrolet S10, a Mitsubishi L200 é uma das únicas picapes médias fabricadas no Brasil

Por R$ 6 mil a mais, o comprador leva para casa a configuração HPE da picape média da Mitsubishi . Posicionada na linha abaixo apenas da topo HPE-S, traz um motor 2.4 turbodiesel de 190 cv, câmbio automático de cinco marchas e o sistema de tração 4×4 Super Select II.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carros e Motos

Preço da gasolina tem variação de 28% nos estados brasileiros

Publicado


source
gasolina
Divulgação

Confira os preços da gasolina por região

O preço da gasolina registrou variação de até 28% na primeira quinzena de setembro, aponta o levantamento da Ticket Log, empresa de soluções de abastecimento e gestão de veículos. Segundo os dados divulgados hoje (25), o Acre registrou o maior valor do combustível fóssil, sendo encontrado a R$ 5,13 por litro. O menor preço é do Amapá, com média de R$ 4,00.

Todas as regiões do Brasil sofreram aumento no preço do combustível em setembro, na comparação com o mês anterior. A região Centro-Oeste tem a gasolina mais cara do Brasil, sendo encontrada pelo valor médio de R$ 4,62 por litro. Na Região Sul, o combustível é 5% mais barato, e pode ser adquirido por R$ 4,39 nas bombas.

Já o etanol teve flutuação de 58% nos preços entre estados brasileiros. Segundo a Ticket Log, o maior preço do combustível de cana-de-açúcar foi encontrado no Rio Grande do Sul, onde custa R$ 4,11 por litro. O menor valor foi encontrado em São Paulo, por R$ 2,68. O etanol custa, em média, R$ 3,55 por litro no Brasil.

O diesel convencional e o S-10 foram os combustíveis que apresentaram maior alta no período – 4,22% e 4% respectivamente. O diesel comum apresentou média de valor de R$ 3,742 nas bombas brasileiras e o diesel S-10 de R$ 3,78.

Preço da gasolina por região
Ticket Log

Preço da gasolina por região


Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Carros e Motos

Confira detalhes das novas gerações 4 de SUVs médios híbridos

Publicado


source

Uma nova geração de SUVs médios eletrificados despontam hoje no mercado mundial. O Ford Escape, o Honda CR-V e o Toyota RAV4, todos com versões híbridas, estão entre os modelos mais destacados. Agora, junta-se a esta turma a novo Hyundai Tucson, que inclui versões híbridas e híbridas plug-in.

O Tucson chega em 2021 entre os novos SUVs médios com um novo design muito mais expressivo e vários recursos de tecnologia. A versão híbrida terá motor elétrico de 48V combinando com o 1.6 turbo a gasolina, com 150 cv ou 180 cv. A potência combinada é de 230 cv.

 1 – Hyundai Tucson

A trajetória da coreana Hyundai no Brasil começou com o Tucson . Inicialmente importado, o SUV abriu caminho para ela ser uma das principais marcas do País. Por aqui, Hyundai parou com modelo, mas pode retornar com o novo Tucson.

2 – Ford Escape

A Ford, por dia fez, deve lançar no Brasil o Escape (na Europa chamado de Kuga) no mercado de SUVs híbridos plug-in. Ele já é vendido na Argentina. Produzido na plataforma do Focus, o Escape permite que sua bateria seja recarregada até numa tomada doméstica. Com carga total, a bateria de 14,4 kWh é suficiente para percorrer 50 km no modo elétrico

O Ford Escape tem um motor 2.5 16V a gasolina que gera de 165 cv. Combinado com um motor elétrico a potência sobe para 200 cv. A transmissão é automática e há versões com tração dianteira e integral.

3 – Honda CR-V

Outro SUV híbrido de impacto que deve estreiar por aqui é o Honda CR-V . A Honda já anuncia a chegada nas concessionárias norte-americanas do modelo no início de 2021. Sob o capô, ele é semelhante ao sistema usado no Honda Accord Hybrid. O trem de força combina um motor a gasolina de 2.0 litros com um motor elétrico proporcionando uma potência total de 212 cavalos.

4 – Toyota RAV4

Apesar de já ter o RAV Hybrid vendida no Brasil, a Toyota promete agora o lançamento da versão Prime. Ele é um híbrido plug-in de 306 cv e de acordo com dados de fábrica, a aceração de 0 a 100 km/h é feita em apenas 5,8 segundos .

O Toyota RAV4 Prime 2021, equipado com uma bateria de 18,1 kWh. Tem autonomia de 67,6 km no modo elétrico e de 965 km combinado com o motor à gasolina.

A Toyota já vende no Brasil o RAV-4 híbrido e deverá lançar a versão Prime, um dos SUVs eletrificados mais potentes da categoria. Com diversos avanços tecnológicos, esses SUVs médios reúnem o melhor de dois mundos: modernidade com economia de combustível. A questão é que no mercado brasileiro estes modelos são importamos e podem ter preços acima dos R$ 200 mil.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana