conecte-se conosco


Carros e Motos

Veja 5 novidades de motos inéditas e mais esperadas de 2020

Publicado

Ano novo, modelos novos. Alguns deles já foram adiantados no Salão Duas Rodas, na segunda quinzena de novembro, no São Paulo Expo. Segundo o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, o momento do mercado motociclístico é de recuperação. Isso justifica o forte investimento das marcas no desenvolvimento de novas tecnologias, que por sua vez, chegam para equipar as novas motos 2020 e lançamentos posteriores.

LEIA MAIS: Yamaha NMax é revelado com novo visual e equipamentos na linha 2020

Entre os maiores destaques das novas motos 2020 , estão novos conjuntos mecânicos, visuais e equipamentos. Enquanto umas unem os atributos para um melhor custo-benefício, outras visam mais o estilo, enquanto outras, um bom desempenho. Veja a seguir:

1 – Triumph Street Triple RS

Triumph Steet Triple RS arrow-options
Divulgação

Triumph Street Triple RS: versão esportiva deve chegar com desempenho aprimorado entre os principais atrativos

No Salão Duas Rodas 2019, a Triumph revelou duas novidades que estavam em sua agenda, para começar a vender no primeiro semestre. A primeira delas é a naked esportiva Street Triple RS, enquanto a outra é a clássica Rocket 3. Ainda sem preços divulgados, ambas sairão por mais de R$ 45 mi. Para ambas, a proposta foi de aprimorar a dirigibilidade esportiva.

LEIA MAIS: O momento da Triumph Bonneville Bobber

Com 765 cc, o motor da Street Triple RS ganhou um aumento significativo no seu torque, que agora ficou 9% maior na faixa intermediária de rotações, atingindo um pico de 7,9 kgfm a 9.350 rpm. Com um novo escapamento, a curva de potência aumentou em 9%, chegando a 123 cv. A Rocket 3R, por sua vez, é a moto de produção com o maior motor do mundo, com 2500 cc. Ele gera 11% mais potência que a geração anterior, com 167 cv e 22,1 kgfm.

2 – Royal Enfield Continental GT

Royal Enfield Continental GT arrow-options
Divulgação

Royal Enfield Continental GT tem o custo-benefício entre os principais atrativos entre as novidades de 2020

A partir de R$ 25.990, trata-se do modelo que será o topo de linha, junto da Interceptor 650 (R$ 24.990), ambas reveladas no Salão Duas Rodas 2019. Recém chegada às lojas, enquanto a Continental é pensada para ser mais esportiva, inspirada nas café-racers , a Interceptor traz atributos mais clássicos.

LEIA MAIS: Como é pilotar uma Royal Enfield

Além do chassi completamente novo, trazem como principal novidade o conjunto mecânico. A promessa é um funcionamento superior ao visto nos monocilíndricos da linha Classic 500. Com dois cilindros paralelos e 648 cc, rende 47 cv e 5,3 kgfm. Além do câmbio de 6 marchas, contam com ABS de série e tanque de 12,5 litros.

3 – Yamaha XMax

Yamaha X Max 2020 arrow-options
Divulgação

Yamaha XMax 250: nova versão chama atenção por novos detalhes e garantia de quatro anos entre os destaques

A Yamaha é outra que visa expandir seu mercado de scooteres ao buscar novos públicos. Além da Neo 125 e da NMax 160, agora eis que surge a Yamaha XMax 250, novo modelo de topo. Com data de lançamento para março, já pode ser adquirida em pré-venda por R$ 21.990. Chega com controle de tração, ABS, LED, 2 capacetes, smart key , 4 anos de garantia, 3 cores: azul, preto e vermelho entre as principais novidades da marca japonesa.

LEIA MAIS: Yamaha XMax 250 já pode ser encomendado

Entre as principais rivais, estão a Dafra Citycom 300 300i (R$1 19.990), Honda SH 300i (R$ 23.590) e Kymco Downtown 300 ABS (R$ 22.900). Ainda sem especificações reveladas, deve partilhar o conjunto mecânico da Fazer 250, com motor que gera 21,5 cv e 2,1 kgfm, refrigeração a ar, mas ao contrário do câmbio de 5 marchas da naked , traz o automático CVT.

4 – Honda ADV 150

Honda ADV 150 arrow-options
Divulgação

Honda ADV 150 vem com vários itens de série e um conjunto bem eficiente para atrair a atenção

Totalmente inspirado no “irmão” maior X-ADV, o também crossover Honda ADV 150 é uma opção mais urbana — sem abrir mão dos atributos off-road — e pensada para oferecer custo-benefício. Entre os seus equipamentos, vem com pneus de uso misto e perfil alto de 14 polegadas na frente e 13” na traseira, sistema start-stop de série e freios combinados (CBS). Como opcional, é possível adicionar o sistema ABS.

Além disso, vem com faróis duplos em LED e painel de instrumentos com tela de LED. Seu conjunto mecânico é o mesmo do Honda PCX 150, com 13,2 cv e 1,38 kgfm, com arrefecimento a líquido e injeção eletrônica. Preços e datas ainda não foram revelados para o aguardado lançamento das motos 2020 , mas tem previsão ainda para o primeiro semestre, por mais que R$ 15 mil.

5 – Haojue DR 160

Haojue DR 160 arrow-options
Divulgação

Haojue DR 160 chegará para disputar um lugar de destaque no disputado segmento em que a Honda CG é a líder de vendas

Três modelos inéditos vão executar os planos da Haojue de ampliação do portfólio para este ano. São eles, o scooter VR 150 (para o início de fevereiro, por R$ 9.740), a naked DR 160 (fevereiro, por R$ 12.295) e a trail NK 150 (para julho, ainda sem preços definidos). De todas, a DR 160 é a novidade que chega para a batalha no segmento mais acirrado, ante a nova Honda CG 160 Titan S (R$ 11.490).

LEIA MAIS: Veja 5 scooteres inéditos que estão no Salão Duas Rodas 2019

A Haojue DR 160, última das novas motos 2020 listadas, estréia visual inspirado nas nakeds esportivas ( streetfighters ), devido à assinatura em LED do farol, linhas definidas — que conferem robustez aos componentes estéticos — e rabeta curta, além de painel de LCD. No âmbito dos conjuntos mecânicos, traz suspensão invertida na dianteira e monoshock na traseira, banco bipartido, novo motor monocilíndrico injetado, de 160cc, que gera 15 cv, além de freios a disco combinados (CBS) nas duas rodas.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Carros e Motos

Volvo anuncia novo XC40 Recharge elétrico contra a crise do setor

Publicado


source
Volvo
Divulgação

Volvo acredita que haverá um novo consumidor para carros elétricos como o SUV compacto XC40 Recharge

A Volvo planeja lançar um carro totalmente elétrico a cada ano até 2025. A marca sueca quer uma nova era com os veículos EVs representando 50% de suas vendas globais. A montadora já abriu pedidos on-line na Europa para o seu primeiro SUV elétrico produzido em massa – o Volvo XC40 Recharge. Ele deve chegar ao Brasil no início de 2021 pelo preço estimado de R$ 300 mil.

LEIA MAIS: Depois do Audi e-tron, a alemã vai lançar o Q4 elétrico

O CEO da Volvo , Håkan Samuelsson, disse que o coronavírus acelerará o ritmo das mudanças na indústria automobilística principalmente para os EVs. “A eletrificação será mais rápida. Acredito que, depois de alguns meses quando a situação começar a se normalizar, é ingênuo pensar que os nossos clientes voltarão pedindo carros a diesel. Eles vão pedir ainda mais carros elétricos”.

Volvo
Divulgação

Com um interior sofisticado e eletrônico, o Volvo Recharge tem o preço estimado em 300 mil reais

O executivo afirma que qualquer esforço dos governos no mundo para subsidiar a recuperação da indústria automobilística, deve favorecer os veículos elétricos, híbridos, entre outras com novas tecnologias para a segurança e o meio ambiente.

LEIA MAIS: Conheça o novo Lexus UX300e, crossover elétrico de luxo da Toyota

O Volvo XC40 Recharge é um SUV compacto, tipo crossover, elétrico com 402 cavalos de potência. Ele fornecerá uma autonomia de mais de 400 km com uma única carga. Com tração nas quatro rodas, tem dois motores elétricos montados em cada um dos eixos. Atinge 0-100 km/h em 4,9 segundos e uma velocidade máxima limitada de 180 km/h. As primeiras entregas são esperadas ainda em 2020 no continente europeu O preço já anunciado é de 50 mil euros.

Volvo
Divulgação

O S60 é um elegante sedã hibrido plug-in disponível no mercado brasileiro

A Volvo é uma das montadoras mais avançadas na eletrificação de seus veículos. No mercado brasileiro, por exemplo, ela tem a versão híbrida de dois de seus principais modelos: o sedã esportivo S60 e o SUV XC60.

LEIA MAIS: Conheça o Ford Mustang Cobra Jet, carro de corrida elétrico com 1400 cv

Eles são equipados com a motorização híbrida com 407 cavalos de potência combinando um motor turbo 2.0 com um motor elétrico de 87 cv, alimentado por uma bateria de íon de lítio de 11,6 kW. O S60 e o XC60 atingem do 0 a 100 km/h em 4,4 segundos e 5,3 segundos, respectivamente. Como são recarregáveis por tomada, os modelos híbridos plug-in rodam até 46 km no modo elétrico.

Volvo
Divulgação

O Volvo XC60 é um SUV híbrido plug-in com avançada tecnologia no segmento

Os carros híbridos conseguem gastar menos combustível fósseis na média. Uma maneira eficaz de usar um veículo com motor à combustão ajustado à eletricidade. Ou seja, um caminho para a nova tendência mundial do setor automotivo. A Volvo já está de vento em polpa.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Carros e Motos

Bentley de sete cores ganha concurso no meio da pandemia

Publicado


source
Bentley Bacalay
Divulgação

Bentley Bacalar: sete cores, todas oferecidas pela marca inglesa de luxo que fará apenas 12 unidades do esportivo de 650 cavalos

O conversível que aparece na imagem acima é o vencedor do concurso interno promovido entre funcionários da marca inglesa Bentley durante o período em que a empresa ficou fechada por conta da pandemia do novo coronavírus. A ideia foi inclui sete cores na carroceria, todas vindas da paleta oferecida pela fabricante e que podem ser vistas separadamente na galeria abaixo.

LEIA MAIS: Bentley revela versão híbrida do SUV de luxo Bentayga, no Salão de Genebra

Claro que o exemplar de sete cores não será vendido, mas simboliza a esperança em tempos tão difíceis, além de marcar o inicio da fabricação do modelo, que será um dos mais exclusivos da história da marca inglesa de ricos e famosos, como o cantor norte-americano Michael Bolton. O Bentley Bacalar tem lingas inspiradas no protótipo EXP 100 GT , para apenas dois ocupantes.

Apenas 12 unidades do Bentley Bacalar serão vendidas, todas com o icônico motor W12 , de 6.0 litros de cilindrada, capaz de gerar 650 cavalos de potência, que funciona em conjunto com câmbio automático de oito marchas e tração integral. Cada exemplar será vendido por US$ 2 milhões, algo em torno de R$ 12 milhões numa conversão simples.

LEIA MAIS: Rolls-Royce Cullinan quer redefinir o significado do luxo entre SUVs premium

A Bentley parou sua linha de montagem em Crewe (Reino Unido) para fabricar 30 mil máscaras a serem distribuídas para comunidades, além de 20 mil pares de luvas e entregas de alimentos para os necessitados.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana