conecte-se conosco


Carros e Motos

Veja 5 carros de mais de R$ 400 mil que chegaram na pandemia

Publicado


source

O novo coronavírus fez despencar as vendas de carros no Brasil. Mas assustou menos as marcas de prestígio. Segundo a Abeifa, associação composta em sua maioria por fabricantes de automóveis de luxo, a retração entre os seus associados foi de 20,7%, no acumulado do ano. No mesmo período, a Fenabrave registrou queda de 37,45% no mercado.

Gerente de desenvolvimento de negócios da Jato Dynamics, Milad Kalume Neto avalia que esse resultado é reflexo do comportamento dos consumidores de carros durante os períodos de crise econômica. “Enquanto a queda na confiança do consumidor afeta mais as faixas inferiores do mercado, quem tem dinheiro está aproveitando para fazer bons negócios”.

O resultado disso é que mesmo com o cenário de incerteza as marcas premium seguiram com os lançamentos, trazendo inclusive modelos que ultrapassam a barreira do milhão de reais. Confira algumas dessas novidades a seguir.

1 – Audi R8

Auri R8
Divulgação

Audi R8 vem com motor V10 que também é usado por superesportivos da Lamborghini, outra marca do Grupo VW


Com preço de R$ 1.234.990, o superesportivo Audi R8 é um exemplo claro de como a pandemia afetou menos o andar de cima da sociedade. Lançado em maio no mercado brasileiro, a marca alemã conseguiu vender em uma semana o lote de unidades reservadas para entrega ainda este ano.

O novo R8 chega ao Brasil em configuração única, com motor 5.2 V10 de 610 cv, que combinado a um câmbio automatizado de sete marchas e dupla embreagem e ao sistema de tração integral faz o superesportivo acelerar de 0 a100 km/h em 3,2 segundos e atingir os 330 km/h de velocidade máxima.

2 – BMW M8 Gran Coupé Competition

BMW M8 Gran Coupé Competition
Divulgação

BMW M8 Gran Coupé Competition tem produção limitada para bem poucos felizardos e faz parte dos novos supercarros que chegaram ao Brasil


Outro carro exclusivíssimo que chega ao Brasil é o BMW M8 Gran Coupé Competition. Com pré-venda iniciada em julho, o modelo com preço de tabela de R$ 1.136.950, chega trazendo a possibilidade de personalização dos carros, com mudanças nas rodas, acabamento interno e 81 opções de cores externas.

Equipado com um motor 4.4 V8, o M8 Gran Coupé Competition desenvolve 625 cv, aliado a um câmbio automático de oito marchas e um sistema de tração integral. A lista de equipamentos inclui ainda sistema de direção semiautônoma e som premium Bowers & Wilkins Diamond.

3 – Land Rover Defender

Land Rover Defender
Divulgação

Land Rover Defender d anova geração ficou bem mais moderno, sofisticado e caro que o original, bem mais simples e rústico

Ex 4×4 “raiz” da Land Rover, o Defender passou por uma transformação radical na geração mais recente e virou um SUV, embora a marca britânica prometa que o modelo tem um desempenho off-road superior ao dos utilitários esportivos comuns.

Lançado no final de julho no mercado brasileiro, o modelo estreou em um lote de 150 carros, todos da configuração de quatro portas “110” e disponíveis em três versões (S, SE e HSE), com preços que variam entre R$ 400.750 e R$ 461.150.

4 – Mercedes-AMG GT 43

AMG GT 43
Divulgação

AMG GT 43 é o esportivo de quatro portas da marca alemã, também estará na garagem de poucos endinheirados


Em junho, a Mercedes trouxe para o mercado brasileiro 20 unidades do modelo esportivo Mercedes-AMG GT 43, oferecidas em oferta limitada com preço de tabela de R$ 575.900.

Equipado com um motor 3.0 de seis cilindros em linha de 367 cv. Com este conjunto, o esportivo de quatro portas é capaz de acelerar de 0-100 km/h em cinco segundos e atingir os 270 km/h de velocidade máxima. 

5 – Porsche 911 Turbo

Porsche 911 Turbo
Divulgação

Porsche 911 Turbo é o lendário esportivo da marca alemã que vem sendo vendido no Brasil há décadas


Em julho, a Porsche abriu as encomendas no Brasil para o 911 Turbo de nova geração. O modelo está disponível com preços a partir de R$ 1.099.000, nas variações Coupé e Conversível.

O motor boxer de seis cilindros turbo desenvolve 580 cv e trabalha em conjunto com um câmbio automatizado PDK de oito marchas e dupla embreagem. Com essa mecânica, esse que é um dos carros mais conhecidos do mundo é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em até 2,8 segundos.

Fonte: IG CARROS

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carros e Motos

Chevrolet Onix Premier ganha conexão sem fio na linha 2021

Publicado


source
Chevrolet Onix 2021
Divulgação

Chevrolet Onix fica ainda mais conectado na linha 2021, já que pode vir com pareamento do celular sem precisar de fios

A Chevrolet anuncia novidades para as linhas Onix e Onix Plus 2021. Além da estreia dos modelos RS e Midnight, a marca anuncia que as versões Premier do hatch e do sedã ganham sistema MyLink atualizado, que permite o pareamento com o celular sem uso de cabos.

Até a linha 2020, o usuário precisava de um cabo para utilizar os recursos Android Auto e Apple CarPlay no sistema MyLink. Com a atualização da unidade de mídia, a conexão passa a ser feita por wi-fi. Dessa forma, o motorista poderá utilizar funções como WhatsApp, Google Maps e Spotify sem conectar o aparelho fisicamente ao veículo.

A linha Onix já conta com internet embarcada, permitindo que os passageiros acessem aplicativos sem gastar os planos de dados. Segundo a Chevrolet , a função da antena amplificada tem o sinal até 12 vezes mais estável, proporcionando melhor conexão.

As novas linhas Onix e Onix Plus estarão nas concessionárias da Chevrolet em outubro, mas os preços ainda não foram revelados. Os modelos básicos têm motor 1.0 de 82 cv e câmbio manual, de seis marchas. A partir das versões intermediárias, o Onix conta com o 1.0 turbo de 116 cv que pode integrar câmbio manual ou automático.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Carros e Motos

Veja opções para que motoristas de aplicativo tenham mais lucro

Publicado


source
Uber
Divulgação

Uber é um dos aplicativos mais populares de mobilidade do mundo e vem apresentando novas soluções sobre mobilidade

Os aplicativos de transporte mudaram completamente o curso da indústria automotiva nacional. Muitas pessoas não sentem mais a necessidade de ter um carro, e optam por viagens compartilhadas no Uber, 99 Taxi e Cabify.

Essa nova dinâmica de mercado criou a “terceirização da terceirização”. Hoje, a maioria dos motoristas de aplicativo preferem alugar um carro para fazer as corridas. Mas será que isso realmente vale a pena? Os analistas da Corta Juros, empresa que trabalha com recuperação de crédito, enumeram os tópicos que devem ser considerados para melhorar o lucro.

A Corta Juros divulga que 60% de seus clientes são motoristas de aplicativo, sendo a maioria dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo. Estes profissionais, normalmente, são endividados com as parcelas do carro.

Veículo quitado

Se o veículo for financiado, a melhor atitude que um motorista pode tomar é quitá-lo o mais rápido possível. As parcelas elevadas somadas às taxas de juros abusivos deixam os profissionais sem margem de lucro.

Aluguel pode potencializar lucro

Lady Driver
Divulgação

Entre os aplicativos de corrida, o Lady Driver é exclusivo para mulheres e tem apresentado boa aceitação no mercado

Dá para lucrar mais com o serviço dos aplicativos alugando um veículo. Se o motorista preferir atender clientes de maior poder aquisitivo, basta alugar um veículo de categoria superior. Dessa forma, o profissional poderá completar mais corridas ao aeroporto – que costumam ser mais caras – e atuar em regiões mais abastadas.

O automóvel alugado pode ser melhor, pois a locadora faz a manutenção e quita o seguro. Atualmente, diversas locadoras têm oferecido planos especiais para motoristas de aplicativo. Neles, é possível pagar por seguros mais abrangentes, ter preços mais baixos pela diária e até mesmo alugar por períodos maiores, o que reduz o preço.

Entenda o trabalho

Você pretende trabalhar efetivamente como motorista de aplicativo ou é apenas um recurso para manter a renda enquanto procura outro emprego? Se pretende entrar nesta profissão em definitivo, alugar um carro poderá não valer tanto a pena a longo prazo.

Segundo a Corta Juros, quem pretende trabalhar como motorista de app deve juntar dinheiro para dar uma boa entrada no veículo próprio. Dessa forma, as parcelas serão suavizadas. Ter poucas ou nenhuma parcela para pagar pode ser vantajoso para o profissional.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana