conecte-se conosco


Economia

Veja 13  empresas de tecnologia que estão com mais de 50 vagas abertas

Publicado

Em maio de 2022, as startups brasileiras receberam US$ 298,5 milhões, ante US$ 772,6 milhões de maio de 2021
Luiza Eiterer

Em maio de 2022, as startups brasileiras receberam US$ 298,5 milhões, ante US$ 772,6 milhões de maio de 2021

O mercado das startups e empresas de tecnologia está em um momento delicado. Devido aos cortes de gastos e investimentos recentes, a demissão em massa veio à tona. Dados do mais recente relatório da Distrito, hub de inovação aberta, mostram que em um ano o decréscimo nos cheques assinados a empresas de tecnologia do Brasil foi superior a 60%. Em maio de 2022, as startups brasileiras receberam US$ 298,5 milhões, ante US$ 772,6 milhões de maio de 2021.

Mas nem tudo são más notícias. As startups e empresas de tecnologia que apostaram em movimentos inteligentes e sustentáveis, sem o deslumbramento dos investimentos exagerados dos últimos anos, estão indo na contramão dos layoffs e oferecendo diversas vagas de emprego. 

Entre no canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o perfil geral do Portal iG 

Confira quais são elas:

Idez: A Idez é a primeira fintech especializada em serviços financeiros para PMEs, que atua sob o modelo Bank as a service. Com o objetivo de aumentar a equipe, está com mais de 10 vagas abertas, no modelo home office, para diferentes áreas como: Designer UI e UX, desenvolvedor pleno, bizdev, entre outras.  Os interessados devem acessar o  link. 

Doctoralia: A Doctoralia, empresa do Grupo Docplanner, é a maior plataforma de saúde do mundo. Presente em 13 países, o grupo é responsável por atender 53 milhões de pacientes e processar mais de 7,5 milhões de agendamentos de consultas por mês. A healthtech está com mais de 10 vagas abertas para coordenador de aquisição de talentos, especialista em importação global, especialista de treinamento e desenvolvimento, consultor de vendas, entre outras. Os candidatos devem acessar  o link. 

Track.co: A Track.co, startup brasileira especialista em indicadores de performance da Experiência do Cliente, está com mais de 10 vagas abertas para diferentes áreas de atuação, como Consultor(a) de Sucesso do Cliente, Analista de Compliance, Cientista de Dados, Estágio de Comunicação Interna, Líder de Cloud e Infraestrutura, Pessoa Desenvolvedora Backend (Sênior), Golang (Pleno) e Full Stack. As vagas são 100% remotas e a empresa aposta, sobretudo, na liberdade e flexibilidade para trabalhar, além de oferecer todo o suporte necessário para o funcionário, como auxílio home office, convênio médico e odontológico, day-off no aniversário, VR ou VA, PLR, short friday e muitos outros benefícios. Os candidatos podem se inscrever  neste link.

Investidores.vc: A plataforma de investimentos-anjo em startups está com uma vaga aberta para Social Media em São Paulo, na sede do Investidores.vc no Brooklyn, com regime presencial flexível, plano de saúde e cartão de benefícios. Se você é uma pessoa que ama redes sociais, tem conhecimento em métricas e sabe as novidades de todas as redes, se candidate através do  link. 

Sales Clube: O Sales Clube, hub de educação corporativa cujo objetivo é transformar empresas latino-americanas em potências de venda, está com vagas em formato remoto. São 3 vagas para vendedor, 3 para pré-vendedor, 2 para conteudista/jornalista e 1 para gerente de patrocínio. Para se candidatar, entrar em contato pelo  e-mail.  

Contbank: A Contbank, fintech especializada em oferecer produtos financeiros e de informação para micro, médio e pequenas empresas, está com duas vagas abertas para Desenvolvedor Back End Sênior – Go Lang & MongoDB e uma para UX Designer sênior, com experiência em desenvolvimento mobile e web. Os interessados podem mandar os seus currículos para o  e-mail. 

upLexis: A upLexis, empresa de tecnologia que estrutura informações de big data para projetos de compliance, regulamentação e serviços de inteligência, está expandindo sua equipe com vagas nas áreas de Front End Lead e Desenvolvedor PHP. Para ter mais informações e se inscrever basta acessar o  link. 

SalesFarm: A SalesFarm, primeira plataforma que terceiriza a força de vendas por meio de um software e tem como objetivo conectar empreendedores a vendedores, está com vagas 100% home office. São elas: SDR- Pré venda Inside Sales e BDR- Pré-vendas Inside Sales- outbound. Para mais informações sobre as vagas abertas, clique aqui.

Nvoip: A Nvoip, startup mineira que auxilia empresas a aprimorarem o atendimento ao cliente, está com vagas disponíveis para as funções de Assistente de Atendimento, Estágio em Atendimento e social Media. Além dessas vagas, a empresa possui um banco de talentos para se cadastrar. Os interessados podem se candidatar pelo  link.

DIWE: A DIWE, primeira startup especializada em profound marketing do país, está com vagas abertas em formato remoto para Head of Community Management, Community Manager e Analista de Planejamento.  Além dessas vagas, a empresa tem um banco de talentos para se cadastrar. Para mais informações, os interessados podem se candidatar pelo link.  

Medictalks: A Medictalks, plataforma digital de acesso gratuito com conteúdos feitos por médicos, para médicos, onde profissionais de todo o país compartilham experiências reais de vida e conhecimento científico relevante e atualizado, está com 2 vagas abertas, sendo uma para Visual Designer e a outra para Desenvolvedor Full Stack. O modelo de trabalho é híbrido (São Paulo) e os interessados podem mandar currículo para o  e-mail. 

Sambatech: A Sambatech, edtech de soluções para instituições de ensino, cursos livres, preparatórios e corporações, está com 13 vagas abertas para cargos como UX Sênior, Pessoa Desenvolvedora Mobile Pleno (React Native), Pessoa Desenvolvedora Frontend (React), Pessoa Desenvolvedora Backend (Node), Pessoa Executiva de Vendas Sênior, Tech Lead, Pessoa Scrum Master, Product Designer, entre outras. Mais informações sobre as vagas e como se candidatar no link.

SGA TI em Nuvem: Empresa especializada em soluções de tecnologia em nuvem, modernização de dados e cibersegurança, a SGA TI em Nuvem está com 11 vagas abertas, sendo todas remotas. São estas: Analista de Marketing (1), Developer (1), Executivo(a) de Negócios (2), Consultor(a) de Projetos Cloud/Técnico (1), Analista de Tecnologia (Suporte Infra e Cloud) (2), Desenvolvedor(a) (1), Data Delivery Analyst (1), Consultor(a) de Infraestrutura e Nuvem (1), Consultor(a) de Infraestrutura e Nuvem – CX (1). Os interessados podem obter mais informações e se candidatar pelo  link.

Fonte: IG ECONOMIA

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Economia

Campos Neto diz não querer permanecer à frente do BC em 2024

Publicado

Roberto Campos Neto
José Cruz/Agência Brasil

Roberto Campos Neto

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto , disse nesta quinta-feira (18) que não quer ser reconduzido ao cargo quando terminar o seu mandato, em 2024.

Quando o Congresso aprovou a autonomia do BC, incluiu a possibilidade de reeleição a cada quatro anos, o que Campos Neto diz ter sido contrário. Segundo ele, a possibilidade de recondução não seria saudável porque expõe o órgão à vontade política do Executivo.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG 

“Eu acho que a recondução não é saudável mesmo porque cria uma fragilidade no meio do mandato porque vai ter um presidente do banco central que vai estar interessado em estar reconduzido e fica exposto naquele momento à vontade do Executivo”, disse.

“Eu não gosto, não acho que é bom. Se tivesse dependido só de mim não teria nem recondução na lei de autonomia”, completou.

Quando aprovada a autonomia do BC, em 2021, o banqueiro já estava à frente da instituição a dois anos. Segundo ele, seu trabalho já foi feito. 

“O Brasil fez o trabalho mais cedo, mais rápido e as pessoas entendem que o trabalho do Banco Central está em grande parte feito”, afirmou.

A lei visa proteger a diretoria e o presidente do órgão de influências políticas. Para isso, entre outras medidas, criou um mandato fixo de quatro anos tanto para o presidente como para os diretores. Antes, o presidente da República indicava o nome que regeria a política monetária. 


Fonte: IG ECONOMIA

Continue lendo

Economia

Valores a Receber: 2ª fase de consultas ainda segue sem data definida

Publicado

Valores a Receber: 2ª fase de consultas ainda segue sem data definida
José Cruz/Agência Brasil

Valores a Receber: 2ª fase de consultas ainda segue sem data definida

Prevista para começar no dia 2 de maio, a segunda fase de consultas ao “dinheiro esquecido” nos bancos — o Sistema de Valores a Receber, do Banco Central — segue sem data definida. A retomada foi adiada com a greve dos servidores da entidade monetária.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

“As consultas ao Sistema de Valores a Receber (SVR) estão temporariamente suspensas para aprimoramento”, informa o Banco Central no site do SVR.

A paralisação dos servidores, porém, terminou há 40 dias, e o BC ainda não divulgou uma data para a retomada das consultas.

Questionado, o BC afirmou que “o cronograma e as informações sobre a nova etapa do SVR serão divulgados oportunamente, com a devida antecedência”.

O Banco Central estima que há cerca de R$ 8 milhões em valores “esquecidos” nos bancos. Na primeira fase de consultas, cerca de R$ 4 milhões foram liberados.

A primeira fase de consultas se encerrou no dia 16 de abril, com a respecagem de valores esquecidos por brasileiros que haviam perdido o prazo para resgate. Na ocasião, eles puderam reagendar uma nova data para recuperar o dinheiro.

Para a segunda fase, o Banco Central anunciou algumas mudanças:

  • Não haverá mais necessidade de agendamento. O cidadão poderá pedir o resgate dos recursos no momento da primeira consulta;
  • O SVR contará com informações novas repassadas pelas instituições financeiras. Ou seja, mesmo quem já resgatou seus recursos e quem não tinha valores a receber na primeira etapa deve consultar novamente o SVR, pois os dados serão atualizados e pode haver recurso novo.

Nessa etapa, os cidadãos poderão consultar se possuem dinheiro esquecido nos bancos oriundo de:

  • Contas-correntes ou de poupança encerradas, com saldo disponível;
  • Tarifas e parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, desde que a devolução esteja prevista em Termo de Compromisso assinado pelo banco com o BC;
  • Cotas de capital e rateio de sobras líquidas de beneficiários e participantes de cooperativas de crédito;
  • Recursos não procurados relativos a grupos de consórcio encerrados.


Fonte: IG ECONOMIA

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana