conecte-se conosco


Carros e Motos

Veículo autônomo de quatro rodas promete mudar mobilidade urbana

Publicado


source
veículo autônomo
Divulgação

Rolo Concept: funciona por meio de painéis solares, eletricidade, além de GPS e uma série de sensores e câmeras para se guiar

Além dos patinetes e bicicletas, um novo tipo de veículo individual deverá começar a fazer parte da paisagem urbana nos próximos anos. Trata-se do novo veículo elétrico, autônomo, de quatro rodas e compartilhado, conhecido como Rolo, que está ainda em fase de protótipo, mas prestes a ser feito em série.

O Rolo Concept funciona com baterias de lítio, recarregadas por painéis solares que ficam bem na frente do veículo. Portanto, não há necessidade de plugar na tomada para ter energia. Depois de estar a bordo, basta indicar no aplicativo do celular onde deseja ir que o modelo irá levá-lo, guiando-se por coordenadas de GPS e desviando de obstáculos processando informações captadas por sensores e câmeras.

Imagine a cena: você pede para um veículo autônomo desse chegar até a porta da sua casa. Depois, não terá que se preocupar com trânsito. Pode ler um livro, terminar de tomar seu café, ou ajeitar os botões da camisa que em alguns minutos chegará ao seu destino sem gastar uma gota de combustível.

Agora resta saber quando o Rolo Concept vai começar a ser produzido e a rodar pelas cidades espalhadas pelo mundo. O veículo autônomo é uma idéia do projetista Alejandro Otálora, diretor do OneBot Design Studio, e deverá ajudar a vencer curtas distâncias como nunca se viu antes.

Fonte: IG CARROS

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carros e Motos

SSC Tuatara atinge 508,73 km/h e é carro de produção mais veloz do mundo

Publicado


source
SSC Tuatara
Divulgação

SSC Tuatara passa a ser o supercarro mais veloz produzido hoje em dia, superando o Koenigsegg Agera RS, que atingiu 447,19 km/h


O supercarro americano SSC Tuatara é o carro de produção mais rápido do mundo, anunciou o fabricante nesta segunda-feira (19). Equipado com um motor 5.9 V8 biturbo que chega a 1.774 cv quando abastecido com o etanol “E85”, o modelo atingiu a velocidade de 508,73 km/h.


Esta foi a velocidade média obtida no teste. Na primeira passagem, o Tuatara registrou a máxima de 484,53 km/h, enquanto a segunda prova atingiu 532,93 km/h. O recorde foi obtido na Route 160, uma rodovia nos arredores de Las Vegas (EUA) no último dia 10 de outubro. Segundo o piloto Oliver Webb, que guiou a máquina na façanha, a velocidade poderia ter sido ainda maior se não fosse a influência dos ventos cruzados.

Para garantir que o recorde seria incontestável, o teste foi realizado propositalmente em via pública, com um carro de produção equipado com pneus e combustível de rua e um sistema certificado de GPS para a registro de velocidade.


Além do recorde de velocidade máxima, o Tuatara quebrou ainda os recordes de “maior velocidade em uma milha em via pública” (503,92 km/h), “maior velocidade em um quelômetro em via pública” (517,16 km/h) e “velocidade mais alta obtida em via pública (532,93 km/h). Confira o vídeo abaixo para ter uma ideia de como o supercarro acelera.



Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Carros e Motos

Depois da Kombi, Volkswagen poderá apostar em Fusca elétrico

Publicado


source
Volkswagen Fusca
Divulgação

Volkswagen Fusca pode voltar ao mercado, mas apenas movido a eletricidade, como parte da nova família com a plataforma MEB


A Volkswagen segue com os seus planos para a produção de uma recriação atual da Kombi. Recentemente, a montadora alemã anunciou investimentos para a compra de 800 robôs da empresa suíça ABB, que serão empregados na modernização da fábrica de Hanover (Alemanha) para a produção da versão de produção utilitário elétrico ID. Buzz, a partir de 2022.


Já que a interpretação para o Século XXI da Kombi “Corujinha” está perto de se tornar um carro de produção, não podemos descartar a possibilidade de uma recriação do Fusca. Atual presidente do conselho de administração do Grupo Volkswagen , Herbert Diess chegou a comentar esta possibilidade em 2017, numa entrevista para a publicação britânica Autocar .

Assim como a versão de produção do ID. Buzz, o novo Fusca poderia ser baseado sobre a plataforma MEB, criada especialmente para os elétricos da Volkswagen.


Do tipo modular, tem se mostrado extremamente versátil. Além do hatch pioneiro ID.3 e do SUV ID.4, ambos já em produção, a plataforma MEB já serviu de base para uma série de conceitos que vão da station wagon ID. Space Vizzion ao ID. Buzz, passando pelo buggy ID. Buggy .

Apesar de a Volkswagen ter investido no ano passado em uma campanha publicitária de despedida do nome, o Fusca é um produto muito icônico para ser descartado “para sempre” pela marca. Como mostra a trejetória do modelo ao longo da história.Confira abaixo o vídeo da nova família de elétricos da VW.


Apesar de ter sido descontinuado na Europa em 1979, o modelo original seguiu em produção no México até 2003. Em 1997, o Golf serviu de base para o 1º Fusca “moderno” (o New Beetle), que em 2011 foi substituído pelo carro que seria vendido no Brasil com o nome de Volkswagen Fusca.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana