conecte-se conosco


Nacional

Vaticano reabre túmulos para resolver mistério de garota desaparecida há 36 anos

Publicado

tumulo arrow-options
Reprodução/Vatican News

Apesar de expectativa, nada foi encontrado nos túmulos

Os túmulos de duas princesas foram reabertos pelo Vaticano, na manhã desta quinta-feira (11), na tentativa de encontrar os ossos de Emanuela Orlandi, jovem desaparecida em 1983, aos 15 anos de idade. O local é normalmente usado para enterrar integrantes de instituições católicas de língua alemã e não pode receber a visita de turistas.

Leia também: Esquema de ‘lavagem cerebral’ induzia crianças a denunciarem pais por abuso

O caso aconteceu no dia 22 de junho de 1983, quando Emanuela voltava para casa, localizada dentro do Vaticano , depois de uma aula de flauta e desapareceu após ter sido vista, pela última vez, em um ponto de ônibus no centro de Roma, na Itália.

Durante anos, a família ficou intrigada com o sumiço da menina e chegou a pensar que o acontecido poderia estar ligado com o fato de o pai de Emanuela ser um funcionário do Estado da Cidade do Vaticano, na época.

Leia Também:  Bolsonaro diz que não ofendeu primeira-dama Brigitte Macron

Foi então que, em março deste ano, a família da adolescente recebeu uma carta anônima que era acompanhada pela foto de um anjo que ficava no túmulo do cemitério Teutônico do Vaticano.

Após uma petição geral para que o túmulo fosse aberto, um tribunal estatal da Cidade do Vaticano aceitou o pedido e o túmulo foi aberto. Porém, a grande surpresa: estava completamente vazio.

Leia também: Operação da PF prende dois suspeitos de ligação com a máfia italiana

De acordo com comunicado da Santa Sé, a operação não encontrou nenhum resto mortal da menina nos sepulcros. Além disso, nem os ossos das duas princesas – Sophie von Hohenlohe, que morreu em 1836, Carlotta Frederica de Mecklenburg, que morreu em 1840 – que deveriam estar enterrados no local não estão lá.

“A pesquisa teve êxito negativo: não houve nenhuma descoberta humana na urna funerária”, informou o diretor da assessoria de imprensa do Vaticano, Alessandro Gisotti.

O irmão da jovem desaparecida confirmou a informação e ressaltou que sua família precisa continuar as buscas. “Acredito que teremos que continuar e esperar por uma colaboração honesta. Enquanto eu não encontrar Emanuela, é meu dever procurar a verdade”, afirmou Pietro Orlandi.

Segundo assessoria de imprensa da Santa Sé, o país não investigará o desaparecimento da menina, já que isso é trabalho das autoridades italianas fora do Vaticano

*Com informações da Ansa.

Fonte: IG Nacional
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Nacional

Homem é preso após ameaçar ex-mulher com boneco de vodu

Publicado

source

O Juizado Especial Criminal e da Violência Doméstica contra a Mulher de Tubarão, no litoral de Santa Catarina, condenou um homem, de 55 anos, por ameaças à sua ex-mulher e descumprimento em duas ocasiões de medidas protetivas. Ele terá de cumprir oito meses e dez dias de detenção, em regime aberto, por ameaça praticada mediante violência psicológica e em contexto de violência doméstica.

Leia também: Homem é preso após oferecer dinheiro a três crianças e estuprá-las em sua casa

vodu%3A imagem meramente ilustrativa
Visual Hunt

vodu: imagem meramente ilustrativa

O processo do homem tramitou em segredo de justiça e cabe recurso. As informações foram divulgadas pela Assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

Leia também: Em regime semiaberto por pedofilia, homem é preso por estuprar própria filha

Segundo os autos, o idoso ameaçou a ex por meio de ligações e arquivos de áudio, mesmo após o deferimento de medidas protetivas em favor da vítima . A mulher teria encontrado no portão de sua casa uma boneca vodu, com sinais de mutilação, “a fim de intimidá-la”.

Leia Também:  Quase irreconhecível, Assange foi levado à força pela polícia britânica; assista

O comportamento obsessivo do acusado começou após o término do relacionamento do casal, destaca o processo. De acordo com a decisão, do juiz Maurício Fabiano Mortari, “verificou-se a concreta perseguição do idoso contra a vítima”.

A sentença registra que tal comportamento é encontrado em relacionamentos abusivos e clássicos de violência doméstica – o que “não se mostra saudável para nenhuma das partes envolvidas”.

Leia também: Segurança preso ao obrigar menores a fazer sexo com ele para não falar de roubos

“Este caso é um dos dolorosos retratos de contextos familiares expostos numa vara da violência doméstica, estando permeado dos clássicos elementos que compõem um cenário de violência doméstica: dominação, subserviência, agressividade, medo, entre outros”, registrou o magistrado sobre o caso do homem envolvendo vodu .

Fonte: IG Nacional
Continue lendo

Nacional

Oficial da PM é espancado por não pagar programa com travestis no Rio

Publicado

source
pm arrow-options
PMERJ

Tenente da Polícia Militar foi espancado por travestis por não pagar programa

PMs do 9º BPM (Rocha Miranda) foram acionados por causa de uma briga em um ponto de prostituição, na Vila Valqueire, na Zona Norte do Rio, na noite desta sexta-feira (15). No local, os policiais da PM encontraram um tenente do batalhão seminu, desmaiado na calçada.

Leia também: Vídeo mostra momento em que PM morre ao reagir a assalto em ônibus

De acordo com testemunhas, o oficial da PM havia sido agredido por duas travestis após se recusar a pagar por um programa sexual com elas. Segundo a ocorrência da Polícia Militar, o tenente recebeu os primeiros socorros após ser levado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região.

No entanto, por causa da gravidade dos ferimentos, ele precisou ser encaminhado para o Hospital Estadual Carlos Chagas, também em Marechal Hermes. Ainda não há informação sobre o estado de saúde do militar.

Leia Também:  Homem é preso suspeito de estuprar mulher e fazer criança de 11 anos filmar

Leia também: Mulher sofre acidente, é resgatada e toca violino para Bombeiros; assista

Em nota, a PM se limitou a dizer que uma equipe foi acionada para uma confusão no local, no entanto quando os agentes chegaram, o tumulto já havia se dispersado e ninguém foi preso.

Fonte: IG Nacional
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana