conecte-se conosco


Geral

Várzea Grande vacina Guarda Municipal e forças de segurança e vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos

Publicado

 

Legenda:

O prefeito Kalil Baracat anunciou que a Saúde Municipal, vai abrir cadastro para idosos acima de 60 anos na próxima semana. A decisão foi tomada após conversas com o secretário de Saúde Gonçalo de Barros, nesta sexta–feira (9), durante vacinação da Guarda Municipal ocorrida no Ginásio Poliesportivo ‘Fiotão’. Neste sábado, na parte da tarde serão vacinados os demais servidores públicos das Forças de Segurança Pública como as Polícias, Militar e Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros e profissionais do sistema prisional.

Nesta tarde foram vacinados 137 Guardas Municipais, que atendem os critérios do Ministério da Saúde e do Estado. Amanhã dia 10 de março serão vacinados 182 agentes de segurança do Estado, lotados no município de Várzea Grande, no drive thru do Centro Universitário – UNIVAG, para dar celeridade no

O prefeito Kalil Baracat, havia garantido a vacinação à categoria, por entender que estes profissionais estão diretamente envolvidos nas ações de Saúde e de fiscalização, como transporte de vacinas, fiscalização de medidas protetivas, ações em conjunto com a Vigilância em Saúde, blitzes de trânsito e no cumprimento dos Decretos Municipais que estabelecem regras a serem seguidas na pandemia,  e também já havia a autorização do Ministério da Saúde, quando modificou os critérios de priorização, de quem deve ser vacinado, ou por categoria, ou por idade.

“Eles foram imunizados por iniciativa da prefeitura, que têm autonomia para realizar a gestão da Campanha de Vacinação. Porém em conversas com o Governo do Estado, que autorizou a vacinação das Forças de Segurança Estadual, houve a garantia da reposição deste quantitativo utilizado para vacinar a nossa Guarda Municipal e os agentes de segurança do Estado com lotação na cidade. O Ministério da Saúde vai estabelecendo critérios de prioridades e nossas equipes da Saúde vão ajustando conforme as novas normas ditadas. A nossa campanha está dentro do que estabelecem as regras nacionais do Programa Nacional de Imunização – PNI, e em muitos estados, as forças de segurança estão sendo vacinadas, e agora chegou a vez deles. Gostaria de vacinar a todos ao mesmo tempo, mas as doses vêm de forma fracionada, e assim vamos avançando. Uma notícia boa é que na próxima semana já vamos abrir cadastro para os idosos de 60 anos acima. A ordem é não deixar doses paradas e avançar na campanha”, disse o chefe do Executivo Municipal.

O secretário de Defesa Social, Coronel Alessandro Ferreira da Silva, disse que foram vacinados os profissionais da corporação que estão realmente envolvidos com as ações da Saúde Municipal na contenção da Pandemia do novo coronavirus, são os que realmente trabalham na ponta e atuam em conjunto com os programas e projetos da Saúde na proteção das pessoas, e ainda, os que estão fazendo escolta e vigilância as vacinas e ações de vacinação. Todo esse processo de logística a Guarda Municipal tem acompanhado, desde a proteção do Centro de Distribuição, bem como a condução e a chegada dos imunizantes nas unidades em que ocorre a vacinação, para que não haja desvio e nenhuma ilegalidade, justamente para que o cidadão destinado a ser imunizado, receba a vacina de forma correta”, destacou o secretário Alessandro Ferreira, reafirmando que a Guarda Municipal vacinada melhora a qualidade de vida no trabalho, mais desempenho e dá mais segurança e tranquilidade psicológica, no exercício de funções ordinárias da corporação.

O secretário de Saúde de Várzea Grande, Gonçalo de Barros, disse que para vacinar a Guarda Municipal, o município se ateve ao que estabelece o Ministério da Saúde por ordem de prioridade. A vacinação foi realizada aos Guardas Municipais envolvidos nas ações de vacinação contra a Covid-19 e nas ações de implantação e monitoramento das medidas de distanciamento social, com contato direto com o público, independente da categoria.

“A vacinação foi exclusiva aos profissionais da ativa, com exceção daqueles que não atendem aos critérios médicos estabelecidos pelas autoridades de saúde, como gestantes, lactantes, ter tido a COVID-19 a 30 dias e os que estão afastados ou cedidos. Reconhecemos o papel da Guarda Municipal, no seu empenho e acompanhamento de todas as nossas ações que visam à contenção da doença em nosso território, eles são fundamentais na segurança das vacinas e no acompanhamento das ações de vigilância. Enquanto nossos profissionais de ponta já estão imunizados, é justo a imunização dos Guardas que trabalham no dia a dia frente a pandemia, junto com os servidores da Saúde”, disse Gonçalo de Barros.

O titular da Saúde lembrou que muito antes do Ministério da Saúde se manifestar quanto a prioridade para as forças de segurança, o prefeito Kalil Baracat já havia solicitado a Procuradoria Municipal uma análise da possibilidade legal de vacinar os mesmos como prioritários.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Cuiabá abre seletivo para contratar 1,6 mil servidores na Educação com salários que chegam a R$ 2,8 mil

Publicado

Aprovados irão atuar no ano letivo de 2022

As inscrições para o Processo Seletivo Simplificado para Contratos Temporários de Prestação de Serviço por Tempo Determinado e Formação de Cadastro de Reserva (Nº 004/2021/GS/SME) da Secretaria Municipal de Educação começam no próximo dia 20 de setembro e vão até o dia 10 outubro. Serão ofertadas 1.605 vagas, visando o ano letivo de 2022, em funções de nível médio e superior, com remuneração de até R$ 2.895,01. Os candidatos aprovados atuarão em substituição de servidores efetivos a fim de atender à necessidade temporária de excepcional interesse público.

A partir desta sexta-feira (17) até as 23h59, do dia 19/09, próximo domingo, os candidatos poderão solicitar a isenção do valor da inscrição, desde que se atenda os critérios previstos no Edital entre eles, estar desempregado, ser doador regular de sangue e/ou de medula óssea, ser doadora de leite materno. Os documentos que comprovem as condições passíveis de isenção do pagamento da taxa de inscrição devem ser encaminhados, digitalizados, por meio eletrônico, no prazo, pelo endereço da Selecon. organizador processo seletivo, no endereço, www.selecon.org.br

As vagas oferecidas neste processo seletivo simplificado para o nível médio são de Instrutor de Libras, Intérprete de Libras, Técnico em Desenvolvimento Infantil (TDI), Técnico em Manutenção e Infraestrutura nas funções de Auxiliar de Serviço Geral (TMIE-ASG) e Técnico em Nutrição Escolar (TNE). Para as   funções com exigência de nível superior as vagas são para Professor e Professor com Especialização em Atendimento Educacional Especializado e/ou Educação Especial.

Os candidatos interessados devem fazer suas inscrições somente pelo site do Instituto Selecon que só serão efetivas com o pagamento do boleto bancário. A taxa de inscrição é de R$ 35,00 para as funções cujo pré-requisito seja nível médio técnico e nível médio e, de R$ 40,00 para superior e superior com especialização.

No ato da inscrição o candidato deverá optar pelo grupo de unidades educacionais em que gostaria de atuar, identificando uma das Regionais, Norte, Sul, Leste, Oeste, Escolas do Campo (única com a sub-opção de escolha de unidade escolar), ou Escola Cívico-Militar Cuiabana.

A seleção será feita em etapa única, de Avaliação de Títulos, de caráter eliminatório e classificatório, de acordo com a função e pontuação. A secretária Municipal de Educação, Edilene de Souza Machado falou sobre a realização do Processo Seletivo Simplificado. “Todos os anos a Secretaria de Educação realiza o processo seletivo para contratação temporária de profissionais que irão atuar nas unidades educacionais e também na sede. Lembramos que esses contratos são temporários e, em substituição a servidores efetivos. Este ano, a seleção também será em etapa única. Não haverá provas presenciais para evitarmos aglomerações. Portanto o interessado deve ler com bastante atenção o Edital e todas as informações sobre o Processo Seletivo”, ressaltou a secretária Municipal de Educação, Edilene Machado.

 

Continue lendo

Geral

Em 24 horas, MT registra 13 mortes e 618 novos casos de Covid; taxa de ocupação de leitos de UTIs está em 39%

Publicado

Mato Grosso já registrou 530.426 casos e 13.701 mortes pela doença

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sexta-feira (17), 530.426 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.701 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 13 mortes e 618 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 530.426 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso 4.401 estão em isolamento domiciliar e 511.505 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 161 internações em UTIs públicas e 92 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está 39,17% para UTIs adulto e em 15% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (109.404), Rondonópolis (37.402), Várzea Grande (36.838), Sinop (25.605), Sorriso (18.071), Tangará da Serra (17.614), Lucas do Rio Verde (15.549), Primavera do Leste (14.627), Cáceres (11.707) e Barra do Garças (10.537).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 386.221 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 116 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na quinta-feira (16), o Governo Federal confirmou o total de 21.069.017 casos da Covid-19 no Brasil e 589.240 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.034.610 casos da Covid-19 no Brasil e 588.597 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta sexta-feira (17).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana