conecte-se conosco


Várzea Grande

Várzea Grande paga salário nesta segunda e contesta boatos e o que chama de distorções sobre repasses federais

Publicado

 

.

 

28/06/2020    1

Sinalizando que vai manter a regularidade nos compromissos da Prefeitura de Várzea Grande, mas condenando as distorções provocadas pela classe política e principalmente por gestores quanto aos repasses de recursos federais para os demais entes, a prefeita de Várzea Grande, anunciou neste domingo, 28 de junho, que os servidores públicos municipais recebem seus salários referentes ao mês de junho e que remontam a um valor da ordem de R$ 31 milhões para 8 mil servidores entre Prefeitura Municipal, Previdência Social – PREVIVAG e Departamento de Água e Esgoto – DAE/VG.

“Estes recursos são fundamentais para manter a economia aquecida em tempos de pandemia e de setores do comércio que não essenciais fechados para uma quarentena de 15 dias”, explicou Lucimar Sacre de Campos.

Desde maio de 2015 quando assumiu a gestão municipail, Várzea Grande tornou como uma de suas principais prioridades honrar o pagamento dos salários dos servidores no mês de trabalhado. “ Definimos um calendário anunciado no início de cada ano e rigorosamente cumprido, até mesmo antecipado quando possível, como será o caso deste mês de junho que será pago 29” informou Lucimar Campos.

“Aqui respeitando os princípios constitucionais da Administração Pública de Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência, oferecemos o mesmo tratamento para os servidores públicos municipais que são essenciais para a cidade e sua população, principalmente neste momento, para os da área da saúde e da segurança pública, além do social, e também para o comércio e a indústria e os parceiros de Várzea Grande, fornecedores, empreiteiros que mantém nosso principal estimulo, Várzea Grande não pode parar, por isso, estamos nos dedicando e empenhando para que as coisas aconteçam dentro de uma normalidade, mesmos vivendo estes momentos de pandemia”, disse a prefeita.

Em reunião com o Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus (Covid- 19), a prefeita adiantou que novas medidas deverão ser tomadas, lembrando que mesmo sendo Várzea Grande, dentro do Plano de Contingência , assinado com o Governo do Estado e com a Prefeitura de Cuiabá, de atender casos NÃO COVID, ou seja, ficando de retaguarda para todos os demais atendimentos das demais doenças e desafogando os atendimentos das unidades referência para a Coronavírus. “Mesmo assim atendemos casos de COVID e encaminhamos para as demais unidades”, salientou.

Ela lembrou que Várzea Grande compromete cerca de 30% de sua arrecadação com área de saúde e que este patamar de investimentos assegurou a capacidade do município em promover os atendimentos necessários durante a pandemia da Covid- 19.

“Nos últimos anos inauguramos as UPAs IPASE e Dr. Farid Seror (Grande Cristo Rei), reformamos e melhoramos 100% dos Hospital Pronto Socorro e reformamos também melhorando o atendimento das cinco policlínicas existentes (Jardim Glória, 24 de Dezembro, Marajoara, Cristo Rei e Parque do Lago) e entregamos três Unidades Básicas de Saúde nas regiões do São Simão, Aurília Sales Curvo e Santa Isabel e temos mais cinco sendo concluídas para elevar para 92% os atendimento da Atenção Básica que eram menos de 20% em 2015”, explicou a prefeita.

Lucimar Campos rechaçou e condenou as ilações disparadas por todos os lados de que Várzea Grande teria recebidos recursos da ordem de R$ 93 milhões repassados a maior para o enfrentamento da pandemia e para equilibrar a queda na arrecadação por causa da paralisação das atividades econômicas, o que reflete na queda no recolhimento dos impostos.

“ Os recursos extras que ingressaram nos cofres públicos são pouco mais de R$ 4,7 milhões e eles estão bem aquém da realidade e da necessidade do município e de sua população. Chega a ser um desatino, este tipo de comentários, venham eles de onde vierem. Reafirmo que aqui as coisas são transparentes e os órgãos de controle podem vir para dentro da administração municipal e acompanhar como aplicamos os recursos públicos em prol da cidade e de sua gente’, disparou Lucimar Sacre de Campos.

 

Por: Marianna Peres – Secom/VG

 

publicidade
1 comentário

1 comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Várzea Grande

Governo do Estado e Várzea Grande unem esforços para gerar emprego e moradia

Publicado


Legenda: Agenda 18/01/2021

O Governo de Mato Grosso através da MT Participações e Projetos S.A (MT PAR) e a Prefeitura de Várzea Grande irão formalizar parceria para edificações de novos residenciais na segunda maior cidade do Estado através de parcerias.

O prefeito Kalil Baracat recebeu em audiência o presidente do MT PAR, Werner Santos, que reforçou o pedido do governador Mauro Mendes de formalizar parceria com os municípios para a empreitada de novos conjuntos habitacionais, tanto de casas como de apartamentos, dependendo da área e das obras complementares.

A audiência foi acompanhada pelo vereador Denival Rodrigues Galibert, ou Sargento Galibert, que defende a política habitacional para fomentar o desenvolvimento e a qualidade de vida, além do ex-deputado estadual e atual diretor administrativo da entidade, Wagner Ramos e assessores.

O prefeito sinalizou que tem interesse e se possível pretende ampliar a participação da cidade para contemplar os moradores com a dignidade de uma moradia.

“Parcerias para beneficiar Várzea Grande e sua população sempre serão bem vindas e nossa cidade está aberta para vencer as demandas existentes no campo habitacional”, disse Kalil Baracat.

O presidente do MT PAR, Werner Santos, frisou, que o interesse do governador Mauro Mendes é atender ao máximo possível os municípios que desejarem formalizar a parceria que envolve o Governo Federal com o Programa Casa Verde e Amarela que substituiu o Minha Casa, Minha Vida e pode contemplar famílias para três rendas estabelecidas, o Governo do Estado com obras de infraestrutura como asfalto, calçadas, meio-fio, sarjetas e os municípios com a área para construir as unidades e as obras complementares como água e energia elétrica. Os equipamentos sociais como escolas, CMEIs serão executadas em parceria do Estado e do Município.

“Temos interesse urgente em fomentar a geração de emprego e renda e também de garantir a dignidade de um lar para a maioria das famílias com renda de um salário-mínimo até R$ 7 mil mensais, sem descuidar principalmente daqueles com renda mínima e para isto estamos unindo esforços com o Governo do presidente Jair Bolsonaro, Governo Mauro Mendes e com prefeitos interessados em atender as demandas habitacionais de sua população”, disse o presidente MT PAR.

A previsão do Governo Federal é oferecer para o programa um média de R$ 25 bilhões de investimentos anuais do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e R$ 500 milhões do Fundo de Desenvolvimento Social (FDS, fundo privado, mantido por bancos) e gerar 2,3 milhões de postos de trabalho até 2024, entre diretos, indiretos e induzidos.

Continue lendo

Várzea Grande

Kalil assina protocolo para aquisição da Coronavac e se reúne com Mauro Mendes

Publicado


Legenda:

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat terá uma extensa agenda de trabalho nesta quarta-feira, 13 de janeiro de 2021, assinando nas primeiras horas da manhã na manhã, durante reunião do Comitê de Enfrentamento ao novo Coronavírus – COVID 19, o protocolo de intenção de aquisição de vacinas do Instituto Butantan, a CoronaVac.

Também se reúne a partir das 10 horas com o governador Mauro Mendes para tratar da troca do modal de transporte coletivo de massa do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) para o BRT (Bus Rapid Transit) e de assunto da COVID-19, e, às 14 horas sua equipe da Secretaria Municipal de Saúde se reúne com o secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo em busca de reforço na atuação de controle da pandemia.

O Comitê de Várzea Grande deverá ainda disparar novas medidas para endurecimento na fiscalização com apoio de aparato das Polícias Militar, Civil e do Corpo de Bombeiros, além da Vigilância em Saúde do Estado e da cidade que ainda irá reforçar a Guarda Municipal para fiscalização mais efetiva a partir da evolução do quadro de transmissão da COVID-19 de Nível Baixo para Moderado conforme demonstrado no Boletim do Governo do Estado de Mato Grosso da última segunda-feira, 11 de janeiro.

A intenção maior é evitar medidas de fechamento de setores da economia, sendo que para isto, terá que haver um trabalho para reduzir o número de transmissão de novos casos da COVID-19 que disparou nos últimos dias. O prefeito de Várzea Grande também quer impedir um novo lockdown como aconteceu por mais de uma vez no decorrer do ano de 2020.

No final de 2020, ainda na gestão da prefeita Lucimar Sacre de Campos, foi formalizado ao Instituto Butantan o interesse de ter acesso a vacinas contra a COVID-19, caso não houvesse manifestação por parte do Governo Federal que é responsável pela política de aquisição e distribuição de vacinas como acontece com todas as demais doenças
passíveis de terem as pessoas imunizadas, como H1N1, Sarampo, BCG, Tríplice entre outros.

Eu reunião com os principais secretários, o prefeito Kalil Baracat, sinalizou que não dispensa adotar medidas para conter a propagação da doença, mas vai fazê-lo de forma criteriosa para se ter o mínimo de impacto para a população e para Várzea Grande.

“Nossa missão é criar mecanismos de equilíbrio que permita mais qualidade de vida para as pessoas sem colocar em risco a economia e a geração de emprego e renda, pois a saúde pública funciona porque temos recursos para serem aplicados no combate a COVID-19”, disse Kalil sinalizando que não existe custo para se preservar a vida das pessoas.

Ele disse ainda que vai aproveitar para definir uma série de medidas em parceria com o Governo Mauro Mendes para fomentar o desenvolvimento em Várzea Grande e recuperar a posição de destaque da segundo maior cidade de Mato Grosso. “Muito foi feito nos últimos anos, mas temos que avançar e melhorar ainda mais”, disse Kalil Baracat.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana