conecte-se conosco


Várzea Grande

Várzea Grande investirá R$ 13,5 milhões em coleta seletiva e inclusão de catadores

Publicado

Após quase sete meses de negociações, a Prefeitura de Várzea Grande formalizou nesta semana, dia 10 de maio, um acordo extrajudicial em favor dos catadores de materiais recicláveis e suas famílias. Eles receberão moradia, cestas básicas e financiamento para estrutura e equipamentos para trabalhar a coleta seletiva na cidade.

O município também já licitou empresa que detém aterro licenciado particular e fará o Plano de Recuperação de Área Degrada do antigo aterro controlado. Com essas ações, Várzea Grande inicia a implantação do aterro sanitário e coleta seletiva de resíduos sólidos em todo o município, avançando nas questões ambientais e na inclusão social dos catadores e de suas famílias.

O projeto prevê investimentos de R$ 13,5 milhões, recursos que também beneficiarão o meio ambiente do município com a implantação da coleta seletiva em toda a cidade, por meio do plano municipal de gestão integrada de resíduos sólidos. Paralelamente ocorre a recuperação da área do aterro público.

“O acordo já foi remetido para a 4ª Promotoria de Justiça Cível de Várzea Grande de Defesa do Meio Ambiente e da Ordem Urbanística, à promotora Michelle de Miranda Rezende Villela. “Estamos trabalhando em uma gestão compartilhada e avançando nas questões ambientais da cidade e de inclusão social desses catadores e suas famílias”, pontuou o secretário de Serviços Públicos de Várzea Grande, Breno Gomes.

A proposta já assinada pelas associações de catadores: Umicativida, Catauni, Asscavag e Asmats, prevê um convênio de R$ 11 milhões – de recursos Estaduais e Municipais via Programa de Aceleração para o Crescimento (PAC), para a construção de 83 unidades habitacionais que serão doadas aos catadores e suas famílias.

A implementação do Projeto Piloto de Coleta Seletiva, com investimento de pelo menos R$ 2,5 milhões da Prefeitura de Várzea Grande, vai financiar a aquisição e doar os equipamentos e materiais para as associações desempenharem as atividades de triagem, armazenamento e comercialização dos materiais recicláveis e reutilizáveis, estimados em R$ 880 mil.

O Projeto Piloto de Coleta Seletiva também prevê a contratação das quatro associações de catadores que receberão repasses mensais inicialmente de R$ 26.667 mil por três meses e após, R$ 25 mil para cada uma, bem como o fornecimento de suporte jurídico, ambiental e de capacitação para a realização dos trabalhos necessários, totalizando pelo menos R$ 1,26 milhões. A contratação será pelo período de um ano, podendo ser prorrogado por até três anos consecutivos.

“Também está previsto nesses valores globais a entrega por 06 meses de 250 cestas básicas aos catadores e suas famílias, doação estimada em R$ 304,5 mil reais”, acrescenta o secretário de Serviços Públicos.

O acordo envolveu além de representantes das Associações de Catadores, do Ministério Público, da Defensoria Pública de Várzea Grande e do Grupo de Atuação Estratégica em Direitos Coletivos (GAEDIC).

PRAD – O aterro controlado de Várzea Grande funciona há 30 anos e desde setembro do ano passado, a pedido do Ministério Público Estadual, foi realizada inspeção no local pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente – SEMA, que embargou a área e aplicou multa ao Município, determinando o encerramento das atividades naquela área.

“Buscamos um Aterro Licenciado, em observância à Política Nacional de Resíduos Sólidos, mediante licitação pública, nesse processo também está incluso o Plano de Recuperação da Área Degradada, o PRAD. Já realizamos a contratação da CGR – Ambiental Tratamento de Resíduos LTDA, empresa vencedora do processo licitatório e que detém Aterro Licenciado para o recebimento dos resíduos sólidos de Várzea Grande”, pontuou Breno Gomes.

As associações também serão acompanhadas de perto por empresa especializada no tratamento e valorização de resíduos e na sustentabilidade e relação entre humanos e meio ambiente, que atua na gestão de resíduos desde 1999.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Várzea Grande

Prefeitura entrega Centro de Iniciação ao Esporte visando preparar futuros atletas

Publicado

Com espaço para prática de diferentes modalidades olímpicas, a Prefeitura de Várzea Grande, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Smecel), inaugurou nesta sexta-feira (13) o Centro de Iniciação Esportiva (CIE) “Danilo Nascimento de Souza Campos”. O evento também faz parte das ações para comemoração dos 155 anos da cidade e integra um pacote de R$ 215 milhões em investimentos anunciado pelo prefeito Kalil Baracat.

Ele lembra que se trata de mais uma obra concluída e que teve início na gestão anterior, motivo de grande satisfação para Kalil, reafirmando a responsabilidade da gestão com o erário e, por consequência, garantia de grandes avanços na inclusão social por meio da prática esportiva em toda Várzea Grande.

“Levamos um projeto ao nosso senador Jayme Campos que, com emenda federal e contrapartida do Município vamos construir e equipar 20 novos leitos de UTI. Faremos uma reforma no Pronto Socorro para atender nossos irmãos e irmãs de Várzea Grande com qualidad”, afirmou.

Silvio Fidelis, Secretário Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, destacou o impacto a longo prazo que o CIE pode trazer, fomentando não apenas a prática esportiva de forma geral, mas também a possibilidade de descobrir atletas de grande projeção. “Temos aqui uma área multiuso para atender todas as modalidades. Vamos acompanhar o desenvolvimento dos nossos jovens, através dos projetos da Superintendência de Esporte e Lazer, e daqui vão sair os novos talentos que irão representar Várzea Grande em jogos estaduais, nacionais e até fora do país”, disse.

O espaço conta com quadra poliesportiva interna e externa e já está equipada para jogos de futsal, handebol, vôlei e basquete. Além disso, o projeto, que custou R$ 6,1 milhões, prevê uma organização dos espaços para comportar modalidades como ginástica, judô, boxe, esgrima e mais, ampliando as possibilidades para a formação de atletas.

De acordo com o Superintendente de Esporte e Lazer da Smecel, Jadir Pereira, o CIE vai ser usado para o treinamento das seleções de Várzea Grande e também irá receber o Centro de Referência Paraolímpico, o primeiro do estado para o acompanhamento de atletas com deficiências. “Além disso, o complexo todo inclui uma pracinha, uma pista de caminhada, então é um espaço que toda a comunidade pode aproveitar e vamos trazer aqui mais um polo do Programa Qualidade de Vida, com aulas de alongamento, zumba, funcional, por exemplo”, explicou.

Danilo Nascimento de Souza Campos, que dá o nome ao Centro, foi educador físico e personal trainer. De acordo com seu pai, Nilo Campos, desde criança Danilo se envolveu com esportes, principalmente futebol e futsal, e chegou a representar o Operário Várzea-Grandense na Copa Gazetinha. “Ele sempre teve essa preocupação de tentar motivar as pessoas à prática esportiva e de exercícios físicos, então ele se formou e se tornou um profissional muito bem conhecido, se dedicando ao bem estar e à saúde dos alunos”, concluiu.

Continue lendo

Várzea Grande

Nova praça do Costa Verde vai garantir lazer, práticas esportivas, além de reforçar feira gastronômica na região

Publicado

Mais que uma obra custeada com recursos públicos, a nova praça do Jardim Costa Verde, simboliza o resgaste do lazer e da recreação para 4 mil moradores das duas etapas que formam um dos mais antigos bairros de Várzea Grande. A Prefeitura entregou na manhã deste sábado (14), a reforma e a revitalização do maior espaço público do Costa Verde, que a partir de agora presta homenagem a um ilustre várzea-grandense, o ex-vereador Ênio Luiz Caldart, falecido há quase três anos.

A nova praça está em linha com política implantada pelo prefeito Kalil Baracat (MDB) que vai além de projetos em área essenciais como educação, saúde e distribuição de água. “Áreas de lazer e espaços destinados a acolher os afazeres da população de Várzea Grande são prioridades, pois fixam as pessoas em seus bairros, o que promove um giro econômico local, possibilitam a prática de atividades físicas próximas de suas casas e o melhor de tudo, ao ocupar um espaço público, a localidade se torna mais segura. Terrenos vazios ou abandonados viram lixões e colocam em risco a saúde e a integridade do cidadão”, destacou o prefeito.

A entrega dessa manhã, além do prefeito e dos secretários municipais, contou com a participação do vice-prefeito, José Hazama e dos senadores da República, Jayme Campos (União Brasil) e Wellington Fagundes (PL), e integrou as festividades alusivas aos 155 anos de fundação da cidade, que serão comemorados neste domingo, dia 15.

Questionado sobre o ritmo de investimentos de Várzea Grande, com a maior parte dos projetos financiada com recursos públicos, Kalil pontuou que não existe milagre, e sim, gestão e vontade de atender cada vez mais os anseios da população. “Essa praça, por exemplo, foi totalmente reformada com recursos gerados pelo pagamento do IPTU. Quando a população acredita, contribui. E uma gestão calcada no zelo com o Tesouro Municipal, reverte os impostos em obras e quanto mais os benefícios chegam à população, mais ela acredita. Se há segredo em manter o ritmo dos investimentos, eu digo que o segredo é ouvir e atender à população”.

A praça revitalizada era uma antiga reinvindicação dos moradores, que agora poderão contar com espaços próprios para futebol society, pista de skate e parquinho infantil.

José Rodrigues Souza, mais conhecido como ‘Zezinho’, é morador há cerca de 40 anos do Costa Verde, já foi presidente do bairro e é atualmente uma das principais lideranças da região. “A primeira praça foi entregue na década de 90 e, de lá pra cá, foi sendo esquecida, abandonada e depredada. Agora, além de ponto de encontro e lazer, será um atrativo para os carrinhos de lanches que temos aqui venderem mais. Muita gente está na informalidade e tem nessa atividade o seu sustento”.

Para Zezinho, a praça será frequentada por moradores de bairro vizinhos como o Pirinéu, o Planalto Ipiranga e o Santa Maria. “O novo espaço foi bem aproveitado, está amplo, bonito, gramado e com quadra, parquinho e muito iluminada”, completou.  

PROJETO – O secretário de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, Breno Gomes, explicou que praça de hoje é a segunda entregue dentro das festividades de aniversário e que até o final de maio outras duas serão entregues à população. “Conforme determinação do prefeito, estamos focados nas melhorias de espaços públicos. Outras dez praças serão reformadas e entregues ainda nesse ano, somando cerca de R$ 4 milhões em investimentos próprios. A atual gestão está cada vez mais perto da população e queremos que uma praça como essa, que acaba se tornando um presente, seja cuidada com zelo pelos moradores. O poder público está presente, mas dependemos, e muito, de cada várzea-grandense”.

A revitalização do espaço foi feita com recursos 100% do Tesouro Municipal e orçada em cerca de R$ 650 mil. A praça, recebeu nova iluminação em LED em toda sua estrutura – que são mais econômicas e com maior poder de claridade – paisagismo, reforma da quadra e pista de skate, academia ao ar livre e o mais importante, a adequação do local aos índices urbanísticos do Plano Diretor. Como antecipou o secretário Breno, duas novas praças – reformadas com recursos próprios – serão entregues à comunidade: uma no jardim Ikaraí e outra no bairro Água Limpa. As datas serão definidas em breve.

“As praças são projetos de grande retorno social. Visam o ganho de qualidade de vida da população, a oferta de espaços próprios para as práticas de lazer e desportos e o principal, para que os moradores tenham espaços públicos seguros próximos as suas residências. Por isso, também peço a colaboração e conscientização dos moradores para conservação desse espaço. Obras como essa aqui, não são do prefeito Kalil, nem tão pouco de sua gestão. São do povo, para o povo e por isso precisamos de uma via de mão dupla para que esses espaços cumpram com a função para qual foram criados”, reforçou o prefeito.

HOMENAGEM – Ênio Luiz Caldart foi uma grande liderança. Foi eleito quatro vezes vereador por Várzea Grande, também foi secretário Municipal de Indústria Comércio e Agricultura, secretário Chefe de Gabinete, secretário Municipal de Administração e ocupou vários outros cargos públicos durante sua trajetória. Ele faleceu no dia 4 de agosto de 2019, aos 83 anos.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana