conecte-se conosco


Várzea Grande

Várzea Grande decreta emergência,reduz frota de ônibus e fecha comércio

Publicado

Visando resguardar a saúde coletiva da população da segunda maior cidade de Mato Grosso e respeitando as diretrizes determinadas pelo Governo Federal quanto aos serviços essenciais em decorrência do COVID 19, o Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus de Várzea Grande por determinação da prefeita Lucimar Sacre de Campos baixou Decreto de Situação de Emergência.

O Decreto tem como principais medidas:

•  Redução de 30% da frota de transporte coletivo, priorizando os servidores públicos identificados das áreas essenciais como saúde, segurança, social, limpeza pública, água e saneamento, educação, sem descuidar de casos especiais da população que não tem meios de locomoção;

•  O transporte de passageiros em ônibus e aplicativos (Uber e (99) deve respeitar no primeiro caso, passageiros com 1,5 metros de distância de outros e sentados e no segundo caso, que os mesmos fiquem no banco traseiro;

•  Suspensão do atendimento presencial ao público em estabelecimentos e prestadores de serviços, especialmente em casas noturnas, shopping centers, galerias, estabelecimentos congêneres, academias e centros de ginástica;

•  Suspensão do consumo local de bares, restaurantes, sendo permitido somente os serviços de entrega (delivery), sendo que essas suspensões não se aplicam a estabelecimentos que tenham por objeto atividades consideradas essenciais e já dispostas em decreto presidencial como supermercados, farmácias entre outros;

•  Redução do horário de atendimento ao público na Prefeitura de Várzea Grande que funcionará das 8 horas as 12 horas, respeitando as determinações das autoridades sanitárias para atendimento com distância 1,5 metros e as regras de higiene pessoal e coletivas;

•  A Vigilância Sanitária não atenderá mais ao público somente via telefone e em fiscalização com apoio da Guarda Municipal para se fazer cumprir os efeitos deste decreto;

O novo decreto reafirma ainda outros compromissos da gestão municipal como de utilizar poder de Polícia para coibir eventuais desrespeitos as decisões de não aglomeração de pessoas e de funcionamento de estruturas regulares, sinalizando ainda pelo cumprimento das determinação do Governo do Estado e da Medida Provisória e Decreto do presidente da República que estabelece as regras de funcionamento de transporte coletivo de passageiros rodoviário, aeroviário e ferroviário.

Também são reafirmadas outras decisões já adotadas e que visam a suspensão das aulas em Escolas Municipais e Creches Municipais, fim das inaugurações e eventos, congressos e cursos e a criação de facilidades para atendimento da população por meios eletrônicos, on line, e-mails, sms e mídias sociais.

O decreto de emergência foi construído em comum acordo com a Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL de Várzea Grande, na pessoa do seu presidente David William Corrêa Pintor que enalteceu o fato da prefeita Lucimar Sacre de Campos e sua gestão ter ouvido o comércio e a indústria, “pois todos nós devemos procurar construir um melhor sentido para fazer o enfrentamento a doença”, disse ele, sinalizando como importante que Várzea Grande esteja ouvindo os segmentos e admitindo a possibilidade de eventuais mudança, o que deverá acontecer na prática.

O secretário de Governo e presidente do Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus (COVID 19), Kalil Baracat, sinalizou que a administração municipal está atenta a todas as movimentações decorrentes da pandemia e mantém contato direto com os Governos Federal, do Estado de Mato Grosso e com a Prefeitura de Cuiabá para tomada de decisões conjuntas que detém maiores chances de terem resultados.

“Essa situação vivenciada por todas as pessoas do Planeta Terra, exige de nós cidadãos e cidadãs consciência e certeza de que o passo mais importante é o distanciamento social como forma de evitar o contágio de mais pessoas, portanto, aqueles que não têm necessidades, devem se preservar e preservar suas famílias, ficando em casa, isolados”, disse o secretário de Governo.

O secretário de Saúde de Várzea Grande, Diógenes Marcondes, sinalizou que a Prefeitura adotou e está constantemente adotando medidas para se evitar a propagação do vírus e tem atuado em conjunto com as Secretarias de Saúde do Estado e de Cuiabá para que as medidas adotadas surtam os efeitos desejados em todo território de Mato Grosso. “De nada adianta decisões isoladas e que não levam em consideração outras consequências, por isso, é necessário que as pessoas fiquem isoladas, em confinamento ou quarentena e não permitam que o Coronavírus se propague”, acrescentou Diógenes Marcondes.

O secretário lembrou que Várzea Grande está se preparando para adoção de outras medidas como a testagem em massa que apresentou resultados mais do que positivos em países na Europa para zerar novos casos e também a possibilidade de utilização do composto hidroxicloroquina com azitromicina, utilizados no tratamento de malária para os casos graves. “Pesquisas demonstram que está se obtendo sucesso em alguns casos, mas o faremos apenas dentro das normas da Organização Mundial da Saúde – OMS, pois nossa missão será salvar vidas e devolver o convívio social para todos”, disse Diógenes Marcondes.

Aquisições:

Atendendo recomendação da prefeita Lucimar Sacre de Campos, a Procuradora Municipal, Sadora Xavier sinalizou que a dispensa nos processos licitatórios para aquisições emergenciais para as áreas essenciais como saúde, segurança, social e obras, mesmo dispensados e acelerados em seus prazos, devem seguir os princípios constitucionais para a Administração Pública de Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência.

“Apesar da emergência que todos vivemos e da obrigatoriedade, enquanto Poder Público de zelarmos pela vida das pessoas, temos que o fazer dentro da lei e da ordem e isto acontecerá em Várzea Grande”, disse a procuradora Sadora Xavier.

Por:

publicidade
1 comentário

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Marta Caparroz Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marta Caparroz
Visitante
Marta Caparroz

gostaria de saber,se nesmo com a redução da frota, vai continuar o mesmo horário. Ex.meu filho trabalha ni ATACADÃO da Júlio Campos. sempre tomou o onibus das 13,15hs…..mas não teve ontem. ele teve quw pagar UBER. aguardo resposta obrigada

Várzea Grande

Várzea Grande simplifica boletim de monitoramento da Covid 19

Publicado


.

03/04/2020    2

Visando facilitar o acesso as informações referentes à pandemia do Coronavírus – Covod- 19, às secretarias municipais de Saúde e de Comunicação Social de Várzea Grande, decidiram simplificar o Boletim de Monitoramento dos Casos de Coronavírus para ser melhor compreendido pela população e pela imprensa de um modo geral diante do grande volume de informações que circulam para todos os lados.

O Boletim passa a informar apenas os casos confirmados da doença, se houve óbito ou cura diante do tratamento ofertado pelo Poder Público ou pela iniciativa privada.

As demais doenças causadoras de Síndrome Respiratória Aguda Grave SRGA continuarão sendo monitoradas e notificadas pelo Sistema de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde. A consulta poderá ser feita pelo site oficial do Ministério da saúde, pelo endereço www.saude.gov.br.

Fora isto, todas as medidas adotadas pela Administração Municipal de Várzea Grande desde o início da pandemia, podem também ser consultadas no site oficial através do endereço http://www.varzeagrande.mt.gov.br/boletim-corona-virus/, que apresenta uma variada gama de material destinado à imprensa, mas que pode ser de grande valia para a população para esclarecimento , além do principal apelo o de manter o distanciamento social como forma mais eficiente de não se ter a propagação da doença que se alastra por todo o mundo.

Veja Boletim em Anexo:

Por: Da Redação – Secom/VG

Continue lendo

Várzea Grande

Assistência Social ampara pessoas em vulnerabilidade social e intensifica ações e serviços

Publicado


.

03/04/2020    11

A Prefeitura de Várzea Grande intensificou as ações de Assistência Social à população de baixa renda e a moradores de rua. Desde o dia 20 de março, todos os serviços prestados pela Secretaria Municipal de Assistência Social têm sido para o enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do Coronavírus (Covid-19). Entre as principais ações está a criação um acolhimento provisório para moradores de rua e a distribuição de refeições a esses moradores de rua que não aceitam o acolhimento. Também está prevista a compra de cestas básicas para serem distribuídas a pessoas carentes com parte do recurso do Fundo Estadual da Assistência Social (FEAS) do Governo Estadual, no valor de R$ 334,1 mil referente ao exercício de 2020 e R$ 130 mil referente ao exercício de 2019, para auxiliar ações a pessoas carentes em Várzea Grande.

“Desde as publicações dos decretos estadual e municipal que definiram medidas temporárias emergenciais de prevenção de contágio ao Coronavírus e instituiu o Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus em Várzea Grande, nossa secretaria suspendeu as atividades dos programas Juventude Ativa, Amigas Empreendedoras, Laços Maternos, os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos a idosos e a crianças e adolescentes, e o Caderno II. Porém as equipes de trabalho desenvolvem suas atividades na sede dos projetos, em regime de escala. O objetivo agora é voltar nossa atenção à prevenção ao vírus, ajudar a população em situação de vulnerabilidade social e conforme determinou a prefeita Lucimar Sacre de Campos priorizar a vida”, explica a secretária de Assistência Social de Várzea Grande, Flávia Omar.

Segundo a secretária, diariamente estão sendo distribuídas refeições à moradores de rua e sendo oferecido acolhimento com equipe de cuidadores, educadores sociais, psicólogo, assistente social, terapias ocupacionais, rodas de conversa com dinâmicas, entre outras ações diárias. “Estamos atendendo a população de rua das 08h às 12h com alimentação e com todas as orientações de prevenção ao Coronavírus. O serviço está disponível no Centro Pop localizado na rua Salim Nadaf, região central da cidade. Criamos um acolhimento provisório para os moradores e rua que voluntariamente aceitam o isolamento social. A estes, ofertamos dormitórios, alimentação com café da manhã, lanche, almoço, lanche da tarde e jantar. Também disponibilizamos produtos de higiene pessoal e uma equipe da saúde faz diariamente triagem e as recomendações de saúde para prevenção”, detalhou Flávia Omar.

A gestora também anunciou o recebimento de R$ 130 mil do Governo Estadual para auxiliar ações a pessoas carentes em Várzea Grande. “Os recursos são oriundos do Fundo Estadual da Assistência Social (FEAS), referente às últimas parcelas do cofinanciamento de 2019 e afirma que a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (SETASC), disponibilizou dia 01 de abril o formulário do plano de ação do recurso que será repassado para Várzea Grande no valor de R$ 334,1 mil  referente ao cofinanciamento Estadual de 2020. Esse recurso é fundamental para auxiliar as famílias carentes a passarem por esse momento difícil de forma digna, tendo acesso à alimentação e a continuidade de ações sociais fundamentais neste período”, destaca.

Atendendo à população de baixa renda a Secretaria Municipal de Assistência Social possui ainda o Restaurante Popular, localizado na praça do ginásio de esportes do Fiotão, que continua a ofertar a preço simbólico refeições diárias entregues em marmitex para evitar aglomeração no local.

Sobre os termos de cooperação Casa Lar, Lar dos Idosos e projeto Criança Feliz a secretária Flávia Omar detalha que as crianças estão em isolamento social com as mães sociais nas casas e os idosos também estão em isolamento com visitas restritas. “Os Conselhos Tutelares atendem exclusivamente aos casos de abuso, violência entre outros de violação de direitos, com crianças e adolescentes. Em todas as nossas unidades de atendimento social como Cras, Creas, Centro POP, Casa de Acolhimento e casa de Amparoe a sede estão equipadas com álcool em gel, sabão, sabonete líquido e material com orientações de prevenção ao coronavírus”, detalhou.

Cadastro Único – Para evitar aglomerações, a secretária de Assistência Social de Várzea Grande explica que o atendimento em todas as suas unidades está sendo feito de forma controlada obedecendo às recomendações que as pessoas fiquem com distância mínima de segurança, as baias estão com espaçamento maior que o comum. “Nossas TVs que ficam no atendimento tem passado vídeos de orientação a respeito do Coronavírus e algumas longarinas foram postas para o lado de fora para que em caso de lotação, aguardem ao ar livre. Mas não há necessidade de aglomerações. Todas as pessoas que precisam serão atendidas, nosso funcionamento permanece das 8h às 12h, de segunda a sexta-feira. Outros benefícios anunciados pelo Governo Federal ainda não estão disponíveis, as pessoas podem entrar em contato via telefone com nossas unidades para obter informações e evitar sair de casa desnecessariamente e formar aglomerações. Ou ainda acessar o site da prefeitura www.varzeagrande.mt.gov.br, onde disponibilizaremos informações oficiais”, informou Flávia Omar.

Confira os telefones da Secretaria Municipal de Assistência Social:

Sede: (65) 3688 8251, CRAS – Cristo Rei – (65) 3688 3606, CRAS Santa Maria – (65) 3688 3891, CRAS São Mateus – (65) 3688 3187 e CRAS Jardim Glória I – 3688 3165.

 

Por: Rafaela Maximiano – Secom/VG

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana