conecte-se conosco


Geral

Várzea Grande dá posse a mais 139 aprovados no concurso da Educação; convocação deve ser concluída em 2020

Publicado

Com os novos empossados nesta segunda-feira, 80% dos aprovados já tomaram posse [F- Luiz Felipe]

A Prefeitura de Várzea Grande já empossou 80% de todos os aprovados no último concurso público realizado em 2018 para a Educação Pública. De um total de 1.090 aprovados, 865 foram convocados e empossados, restando 225 a serem chamados para assumirem suas funções até o primeiro trimestre de 2020 com a inauguração de novas unidades escolares.

Das oito funções que estavam previstas no Concurso Público para a Educação Municipal, quatro já zeraram a convocação dos aprovados, sendo 355 cargos de professores para Ensino Infantil e Fundamental; 158 cargos de Técnico de Manutenção da Infraestrutura e Higienização Escolar; 67 Técnicos em Nutrição Escolar, 25 Agentes Administrativos.

Nos demais quatro casos, dos 187 aprovados para Técnico de Desenvolvimento Infantil – TDI, 90 foram convocados; dos 176 aprovados para Técnico de Desenvolvimento Educacional Especializados – TDE, 110 foram convocados; 90 aprovados para Técnico de Manutenção e Segurança da Infraestrutura Escolar, 40 foram convocados e 31 estão em exercício e por fim de 32 aprovados para o Transporte Escolar, 20 foram convocados.

Em solenidade das Secretarias Municipais, de Administração; e de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, foram concluídas às assinaturas dos termos de posse dos aprovados no Concurso Público para a Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, na função de Docência na Educação Infantil e Ensino Fundamental (Professor). As 355 vagas disponibilizadas no edital 001/2017 foram preenchidas com a convocação dos últimos 39 profissionais de nível superior.

A cerimônia de posse foi realizada no Espaço de Formação de Várzea Grande – Anexo II, e contou com a presença da prefeita Lucimar Sacre de Campos, do senador Jayme Campos, de secretários municipais e familiares dos concursados.

Além dos professores foram empossados ainda os aprovados na função de Técnicos de Desenvolvimento Infantil, Técnico de Desenvolvimento Educacional e Especializado, Agente Administrativo, Técnico de Manutenção e Segurança da Infraestrutura Escolar, Técnico em Nutrição Escolar, Técnico de Manutenção da Infraestrutura e Higienização Escolar e Técnico de Suporte Administrativo Educacional (Transporte Escolar).

“Nada é mais sagrado para um chefe de família do que ter meios para prover o sustento daqueles que lhe são caros. Essa cerimônia é um passo marcante na carreira destes profissionais aqui presentes, a posse em um concurso público, e em especial na área de Educação. Várzea Grande realizou o maior concurso público da atualidade para mais de 2,5 mil cargos, sendo que somente na Educação foram aprovados 1.090 aprovados dos quais 865 já foram empossados com a inserção destes 139 funcionários que a partir de hoje passam a ser de fato e de direito, servidores do Poder Público Municipal”, destacou a prefeita Lucimar Campos.

A gestora disse ainda que os servidores públicos são a mão do poder público e que leva serviços de saúde, de educação, do social e até mesmo de obras em prol de todos, por isso sou agradecida pela parceria e pelo respeito mútuo que existe na relação Poder Público e Servidores, cada um cumprindo o seu papel na construção de uma Várzea Grande que seja melhor para toda a gente.

O secretário de Educação, Silvio Fidelis, lembrou que o Concurso Público foi realizado no primeiro semestre de 2018 e que tem pouco mais de um ano de vigência, quando a sua validade é de dois anos, prorrogáveis por mais dois anos. “Isso representa dizer que 80% dos aprovados já foram convocados para assumir suas unções como servidores, condições esta conquistada nos méritos e conhecimentos que cada um expôs no seu concurso. Teremos mais uma etapa a ser concluída em janeiro de 2020, quando serão novos servidores serão empossados para assumir atividades desenvolvidas nos centros infantis”, anunciou.

O senador Jayme Campos destacou que o serviço público é uma profissão de respeito e que merece ser valorizada. “Além da estabilidade funcional, os servidores da Prefeitura Municipal têm salário em dia e a valorização profissional. Posso afirmar que muitas pessoas gostariam de ter a mesma oportunidade que vocês estão tendo agora, de estar ingressando no poder público e por meio de um concurso público. Que todos possam caminhar juntos em busca do fortalecimento do papel que cada um desempenha no setor da Educação, principalmente, aos professores que participam ativamente na formação do aluno como ser humano e cidadão íntegro e relevante dentro da sociedade”, acrescentou.

O secretário de Administração, Pablo Gustavo Moraes Pereira, lembrou que todas as áreas da gestão pública participaram do concurso que está paulatinamente convocando os aprovados e ou classificados para assumirem suas funções e desempenharem um bom serviço em prol de Várzea Grande e de sua gente.

Já para o representante da Câmara Municipal de Várzea Grande, vereador Ícaro Reveles (PSB), além da oportunidade do emprego e da renda, ganha a cidade, ganha a população e principalmente o serviço público com pessoas comprometidas que gostam da cidade e de sua gente e, portanto, “vão se dedicar ainda mais por suas profissões mas também por Várzea Grande e sua população”, disse o parlamentar.

Mais que estabilidade funcional, Ariana Carla Figueira da Silva, que tomou posse como professora, quer poder contribuir para o fortalecimento da Educação e compartilhar experiências, não somente como pedagoga, mas atuar de forma mais ampla uma vez que a docente também tem formação em artes cênicas. “Aliar ensinamentos teóricos sem perder a forma lúdica também é uma forma de ensinar”, comemorou a concursada.

Stela Oliveira Capobianco Poleto, que tomou posse como Técnica de Desenvolvimento Infantil (TDI), disse que é a primeira vez que passa em um concurso público e está animada para começar a trabalhar. “Vou me dedicar ao trabalho, sem perder o fogo em outros concursos uma vez que sou professora de química, e tenho esperanças de no futuro atuar dentro da minha formação”, completou.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Geral

Ministério destina R$ 8,8 milhões para ampliação dos Institutos Federais e construção de escolas militares em MT

Publicado

Recursos foram assegurados pelo senador Wellington Fagundes

O Ministério da Educação poderá fazer este ano investimentos adicionais na ordem de R$ 8,8 milhões em Mato Grosso. Os recursos, de caráter extra orçamentário, foram assegurados a pedido do senador Wellington Fagundes (PL-MT), líder do Bloco Parlamentar Vanguarda e membro da Comissão de Educação do Senado. “Creio que vamos avançar muito nas condições aos estudantes este ano no nosso Estado”, disse.

Dos R$ 8,8 milhões assegurados, R$ 2,6 milhões serão destinados para obras de ampliação dos Instituto Federais de Ciência e Tecnologia em São Vicente, Rondonópolis, Tangará da Serra, Bela Vista em Cuiabá, Guarantã do Norte e Primavera do Leste. Todos os recursos, segundo o senador, já estão empenhados.

Outro valor representativo assegurado por Wellington Fagundes destina-se a construção de escolas militares. Os recursos na ordem de R$ 3,5 milhões serão entregues pelo MEC à Secretaria Estadual de Educação. “Nesse trabalho – explicou o senador do PL – procuramos acentuar esforços na educação básica, que, infelizmente, nos últimos anos viveu uma redução muito grande”.

Fagundes ressaltou que em 2020 será o trabalho destinado a fortalecer o ensino superior, procurando criar novos cursos para atender a demanda dos jovens e adultos. Exemplo foi a implantação definitiva da Universidade Federal de Rondonópolis, a UFR.  “Mas temos que ter um olhar mais atendo a base educacional” – disse. Entre 2014 e 2018, o investimento na educação básica diminuiu de R$ 11,3 bilhões para R$ 4,9 bilhões.

Para 2020 também estão assegurados, via empenho, recursos para melhoria do transporte escolar nos municípios de Poxoréo, General Carneiro, Ribeirãozinho e Santa Cruz do Xingu.  Ao todo serão investidos R$ 1,1 milhão.

Wellington comemorou ainda dois recursos assegurados junto ao Ministério da Educação: R$ 1,1 milhão para ampliação de escola de reforço em Rondonópolis, no Sudeste do Estado, e mais R$ 1 milhão para a construção de creche no município de Sorriso, no Norte do Estado.

Continue lendo

Geral

Emplacamento no padrão Mercosul começa nesta segunda-feira em MT; saiba o que muda e quem terá que usar

Publicado

Mudanças nas placas atende determinação federal, por meio do Delatran

O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) inicia nesta segunda-feira (17) o novo emplacamento de veículos no padrão de Placas de Identificação Veicular (PIV), modelo Mercosul. A decisão atende uma determinação federal, por meio do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

A autarquia estadual chegou a solicitar a prorrogação do prazo para iniciar o novo modelo de emplacamento, entretanto, não foi atendida pelo Denatran.

“Mesmo o Detran-MT já tendo realizado todas as alterações sistêmicas para implantar as novas regras, o pedido de prorrogação visava ter o credenciamento de empresas em todas as regiões do Estado, para que os proprietários de veículos pudessem ter ampla condição de escolha e evitar possíveis cobranças abusivas”, explicou o diretor de Veículos do Detran-MT, Augusto Cordeiro.

Portanto, com a determinação federal, os proprietários de veículos novos, que vão realizar o primeiro emplacamento, e os que precisarem realizar a transferência do veículo para outro município ou Estado, deverão fazer o emplacamento do veículo já no novo modelo a partir desta segunda-feira.

A obrigatoriedade do novo padrão de placa veicular está prevista na Resolução nº 780/2019 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que também prevê a instalação da nova placa em casos de roubo, furto, dano ou extravio da placa, e nos casos em que haja necessidade da segunda placa traseira.

Para aumentar as opções de escolha dos proprietários de veículos em relação às empresas estampadoras, o Detran-MT já publicou, no Diário Oficial do Estado, a Portaria nº 061, que estabelece as regras para o credenciamento dessas empresas estampadoras de placas de identificação veicular, no padrão Mercosul, para veículos automotores, reboques e semirreboques.

Placa Mercosul

O novo modelo de placa é oriundo de um acordo entre os países do Mercosul, assinado em dezembro de 2010. O novo padrão vai manter os sete caracteres da placa atual brasileira, porém com quatro letras e três números, e não mais três letras e quatro números, que poderão ser “embaralhados”, e não mais dispostos de maneira fixa em uma sequência.

O fundo também sofrerá a mudança de cor e passará a ser totalmente branco. Além disso, a bandeira do Brasil e a escrita irá substituir o município. Com isso, os veículos com a nova placa poderão circular livremente nos países que integram o Mercosul, sem autorização prévia.

A nova placa não terá mais os símbolos que permitiriam a identificação de local de registro do veículo. Também haverá mudança na cor dos caracteres para diferenciar os tipos de veículos. Os veículos de passeio com a cor preta, veículos comerciais (aluguel e aprendizagem) na cor vermelha, carros oficiais na cor azul, a verde para veículos em teste, para veículos diplomáticos dourado e cinza prata para os veículos de colecionadores.

Todas as placas deverão conter o código de barras tipo (QR Code) com informações do banco de dados do fabricante da placa e o número de série. O objetivo é controlar a produção, logística, estampagem e instalações da PIV nos respectivos veículos, além da verificação da sua autenticidade.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana