conecte-se conosco


Várzea Grande

Várzea Grande atinge 86% das metas do Planejamento Estratégico

Publicado

Pelo quarto ano consecutivo, Várzea Grande contabilizou saldo positivo e ascendente em relação às metas e diretrizes estabelecidas pela prefeitura municipal dentro do Plano Estratégico Institucional (PDI). No exercício 2019, das 65 metas instituídas para execução ao longo do ano, 56 foram cumpridas, elevando o nível de conformidade do Município para 86,15%, revelando um ganho anual de 6,84% sobre o saldo de 2018. O resultado coloca Várzea Grande acima da média estadual entre as cidades mato-grossenses envolvidas com o PDI, que juntas, somaram índice de 77% de metas cumpridas do total estabelecido.

O desempenho de Várzea Grande é resultado de um esforço coletivo das 14 secretarias diretamente envolvidas com o planejamento estratégico municipal. Pela representatividade e importância à comunidade, a Educação se destaca ao apresentar os maiores avanços anuais. De dez metas de curto prazo estabelecidas, nove delas foram cumpridas. E mais: tiveram o resultado final aferido muito acima da expectativa inicial. Entre os principais propósitos da Pasta estavam a ampliação da oferta de vagas na Educação Infantil para crianças de 4 a 5 anos de 70% para 80%, mas a avaliação final apontou para um avanço real de 83,88%, acima do projetado no início do planejamento. Outro destaque da Educação foi em relação ao atendimento na Educação Especial, que inicialmente seria ampliado de 28,43% para 30%, mas encerrou 2019 com avanço de 40,50%.

O Planejamento Estratégico do Município de Várzea Grande, implantado em parceria com o Tribunal de Contas do Estado (TCE), consiste em um conjunto de objetivos, metas, indicadores e planos de ação, os quais deverão ser alcançados em curto, médio longo prazos, considerando o período estabelecido de até 2033. O PDI é uma ferramenta que objetiva contribuir para melhoria da eficiência dos serviços públicos, fomentando a adoção de um modelo de administração pública orientada para os resultados à sociedade. Os resultados referentes ao desempenho de 2019 foram apresentados ontem (11), aos técnicos do Tribunal de Contas do Estado, durante a primeira reunião ampliada do ano para traçar as novas estratégias do PDI para 2020, em Várzea Grande.

Desde que aderiu ao PDI do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE/MT), Várzea Grande, vem se destacando anualmente com resultados crescentes e melhoria constante na performance do planejamento estratégico para execução no curto prazo. “Há uma melhora exponencial no ano 2015, justamente após a posse da prefeita Lucimar Sacre de Campos. Deste momento em diante o PDI passou a ser prioridade dentro do plano de governo e cobrado de todas as secretarias”, explicou o secretário de Planejamento, Edson Roberto Silva, Pasta responsável pela coordenação do PDI.

“Não há dúvidas de que o PDI é um grande instrumento de governança para eficiência da máquina pública. Estamos concluindo um ciclo de cinco anos com sucesso, aprendizado e muitos resultados, sempre buscando dentro das metas a serem cumpridas, elevando a qualidade de vida da população”, pontuou a prefeita Lucimar Sacre de Campos, ao receber das mãos do secretário Edson o relatório do PDI com todos os resultados do exercício 2019.

O secretário disse ainda que no começo do planejamento de 2019, ele acreditava em novos avanços no cumprimento das metas, em razão do lastro de conquistas dos anos anteriores com o PDI. “Eu apostava em um índice de conformidade de metas de 82% que já estaria acima dos 79,31% consolidados em 2018. Graças ao trabalho em equipe, cooperação continua do TCE, estamos avançando cada vez mais e nos surpreendemos com nossos esforços e chegamos a esse resultado”.

Como faz questão de explicar Edson, em 2015, por exemplo, foram estabelecidas 38 metas, das quais 17 foram atingidas, o que gerou um nível de conformidade de 44,74%. Em 2018, foram 61 metas, das quais 46 foram atingidas, confirmando um nível de realização de 79,13%. No ano passado as metas foram elevadas para 65, das quais 56 metas foram cumpridas, consolidando um percentual de conformidade de 86,15%. “Mais do que ampliar indicadores de conformidade, estamos reduzindo o nível de metas não cumpridas. De 2018 para 2019, passamos de 15 não cumpridas para nove e essas foram cada uma analisadas e serão reinseridas no planejamento e voltarão a receber esforços para sua concretização. “Outras não foram realizadas por muito pouco. Como, por exemplo, a meta da secretaria de Gestão Fazendária que planejou ampliar em 100% a arrecadação do ISSQN, contabilizou 99,60%. Ou seja, chegou muito perto. Mas devemos considerar que, de 2015 a 2019, a receita gerada pelo IPTU passou R$ 11 milhões para R$ 26 milhões. Está mais que evidente que os esforços existem e dão resultados. As metas são factíveis e se concretizam em Várzea Grande”.

O Controlador Geral do Município, Kleber Ferreira Ribeiro, observou durante a apresentação do relatório final que na prática, as metas cumpridas se revelam em resultados dentro do próprio Tribunal de Contas. “Várzea Grande tinha até 2015, 30 apontamentos na sua prestação anual de contas, caiu para oito em 2018 e no ano passado chegou a seis. Queremos chegar a zero em 2020”.

Para o secretário de Apoio às Unidades Gestoras do TCE/MT, Adjair Roque de Arruda, o PDI revela que mesmo sob um cenário de escassez de recursos, com planejamento, é possível fazer. “Temos aqui em Várzea Grande um trabalho de parceria. O grande ganhador é a sociedade. São 23 municípios integrados ao PDI e sabemos que esse trabalho de consolidar a cultura da continuidade de políticas públicas não é tarefa fácil. Mas os dados nos mostram que estamos no caminho certo. Essas cidades que integram o Programa estão caminhando, se superando a cada ano e melhorando os próprios indicadores no curto, médio e longo prazos”.

O analista técnico de Gestão do TCE/MT, Volmir Manhabosco, avaliou o resultado do PDI de Várzea Grande como “excepcional”, e destacou ainda que o desempenho segue nível crescente. “Os resultados estão sendo bem aferidos e ilustram a boa gestão que vem sendo realizada”.

O relatório final do PDI 2019 de Várzea Grande está disponível no Portal da Transparência, no site institucional da prefeitura, por meio do link: http://www.varzeagrande.mt.gov.br/portal-da-transparencia

Por: Marianna Peres – Secom/VG

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Várzea Grande

Saúde desenvolve ações de prevenção às DST/Aids no mês de dezembro

Publicado


01/12/2020    2

Em razão do Dia Mundial de Luta Contra a Aids, celebrado internacionalmente neste 1º de dezembro, a Secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande realiza uma semana com programação voltada a prevenção e orientação da doença. A novidade na campanha deste “Dezembro Vermelho” será o auto teste de HIV, onde o usuário poderá realizar seu próprio teste.

“A campanha do Dia Mundial de Luta contra a Aids deste ano em Várzea Grande tem o objetivo de discutir, mais uma vez, as questões relacionadas à vulnerabilidade ao vírus entre a população em geral e entre os profissionais de saúde; sobre as pessoas que vivem com o vírus HIV, e, testaremos o maior número de pessoas possíveis nesta semana em alusão ao dia mundial de combate a AIDS, com estimativa de atingirmos ao menos mil testes”, detalha o gerente do programa municipal de Infecções Sexualmente Transmissíveis/Aids e Hepatites Virais, João Paulo Alcântara Ortega.

Segundo o coordenador as infecções sexualmente transmissíveis (IST), principalmente o vírus da imunodeficiência humana (HIV), têm apresentado crescimento não apenas em relação ao número de casos, como também no que se refere à diversidade de populações atingidas.

“Dados apresentados no último boletim epidemiológico revelam que, em relação à Aids, houve aumento da incidência nas região Centro-Oeste, sobretudo no início da vida sexual. Por isso a necessidade de ações educativas voltadas para prevenção, tratamento precoce da Aids e de outras infecções sexualmente transmissíveis, além de reforçar a solidariedade, a tolerância, a compaixão e a compreensão com portadores da doença”, explica.

A campanha que teve início segunda-feira, 31 de novembro, com o “Preservativaço” onde equipes da Secretaria de Saúde realizaram a distribuição de folders educativos e preservativos em pontos estratégicos e de grande fluxo de pessoas.  A exemplo de postos de gasolina na Rodovia dos Imigrantes, no Trevo do Lagarto junto ao posto da Polícia Rodoviária Federal, na Rodoviária, no Terminal André Maggi, academias de ginástica e bares da cidade.

“Essas ações pontuais de panfletagem ocorrerão durante toda a semana, com destaque para um ponto de atendimento que instalamos no Ganha Tempo do Várzea Grande Shopping, mas durante todo o Dezembro Vermelho as unidades de saúde do município darão atenção especial à campanha com a testagem rápida e a entrega de preservativos e panfletos”, enfatiza João Paulo Alcântara Ortega.

São parceiros da campanha a ONG Resgate da Vida, Univag e Várzea Grande Shopping.

Confira a programação com pontos estratégicos:

01 a 04/12 – “FIQUE SABENDO”

Intensificação da testagem rápida de HIV nas unidades básicas de saúde.

Período: Integral

Local: todas as unidades de saúde do município

 

Terça-feira (01/12) – BLITS FIQUE SABENDO

Panfletagem e entrega de preservativos e a realização de testes rápidos de HIV, Sífilis e Hepatite B e C.

Período: 10h as 16h

Local: GANHA TEMPO – VG Shopping

 

Quarta-feira (02/12) – Palestra “ASSIM PEGA, ASSIM NÃO PEGA”

Núcleo Psicossocial/Juizado Especial Criminal de Várzea Grande-MT – UNIVAG

Período: 9h

Local: Plataforma Online

Palestrante: Luzia Brenzan Stamato – Psicóloga do SAE/CTA/VG

 

Sexta-feira (04/12) – “GRUPO DE ADESÃO”

Encerramento do grupo de adesão e psicoterapia à pessoas vivendo com HIV/AIDS

Período: 14h

Local: SAE/CTA/VG 

Por: Rafael Maxiniano – Secom/VG

Continue lendo

Várzea Grande

Três escolas municipais de Várzea Grande são finalistas do projeto do Ministério Público

Publicado


01/12/2020    9

Três escolas municipais de Várzea Grande são finalistas do projeto “Onde há educação a corrupção não tem vez”, idealizado pelo Ministério Público de Mato Grosso (MP/MT) e executado em parceria com a prefeitura local, por meio da secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer. As unidades integram o programa de Educação em Tempo Ampliado (ETA). Entre os finalistas estão as Escolas Municipais de Educação Básica (EMEB), ‘Tenente Abílio’, ‘Salvelina Ferreira’ e ‘Dirce Leite de Campos’.

A mostra dos trabalhos reuniu na manhã de hoje (1º) alunos, professores, técnicos e articuladores do ETA, bem como duas escolas da rede publica municipal, convidada para o encerramento das atividades relativas ao atual ano letivo. Como convidados da mostra estavam representantes da EMEB do campo, ‘Euraídes de Paula’ e urbana  ‘Paulo Freire’.

Todos os alunos que integraram o projeto do Ministério Público tiveram de desenvolver roteiros de teatro que tivessem como tema central as perdas, impactos e efeitos gerados pela corrupção, especialmente no poder público. Após palestras, os estudantes são estimulados à crítica e à conscientização em relação aos desvios de recursos públicos que poderiam estar sendo aplicados em educação, saúde, saneamento básico entre outros segmentos de áreas essenciais. “Toda a dinâmica remete à reflexão acerca dos malefícios da corrupção”, destaca o promotor de Justiça Douglas Strachicini.

Cada uma das escolas finalistas criou seu próprio enredo para encenação, apoiados pelos professores e articuladores do ETA. Como explica a articuladora do ETA da EMEB ‘Tenente Abílio’,Adnilse   Souza , o tema central da dinâmica foi contextualizado com a pandemia do novo coronavírus. “Focamos nas ilustrações de jovens que furam as orientações em relação ao vírus, desrespeitando as medidas de biossegurança. Eles se esquecem ao negar o isolamento, e podem levar o vírus para dentro de casa e infectar pais, avós, parentes com alguma comorbidade”. Além disso, foi retratado o pagamento de propinas, que em meio a um cenário pandêmico, resulta em respiradores de menor qualidade, colocando em risco vidas.

Da EMEB ‘Dirce Leite de Campos’, os alunos tiveram um amplo entendimento acerca do tema e depois trocaram ideias para desenvolver o enredo da peça de teatro, como explica o articulador, Genessy Almeida. “Desvio de dinheiro, superfaturamento e maus gestores de recursos públicos, foram representados”.

Da EMEB ‘Salvelina Ferreira’, o professor de teatro e dança, Júnior Faria, ampliou o entendimento da corrupção, tratando de assuntos impactos pela ação. “Temos a questão de desvio no Auxílio Emergencial, de vendas posição nas filas da Caixa Econômica e à crítica à falta de recursos. A corrupção liquida com investimentos”.

Em todas as unidades finalistas, oito alunos de cada uma, participaram das encenações.

O secretário municipal de Educação, Silvio Fidelis, explica que as escolas finalistas – todas integrantes do ETA – mostram o quanto o projeto é um diferencial no ensino-aprendizagem da rede pública municipal. “Começamos em outubro de 2015 com o projeto, de forma piloto, em uma escola municipal. Chegamos a 2020 com 22 escolas integrando o ETA, agregando 1,7 mil alunos. Acredito que esses dados mostram a importância, o alcance e como ele tem sido um diferencial na comunidade escolar”.

Mesmo sob um período de muitas dificuldades, adotando todas as medidas que esse novo tempo requer, retomamos as aulas do ETA em setembro, reforçando o ensino e despertando talentos. “Foi preciso criar um sistema hibrido de ensino que envolve oficinas e aulas remotas, um desafio que está se mostrando vencido e de resultados”.

Os integrantes da equipe vencedora serão premiados com um tablet cada um. O professor-orientador da turma também ganhará um tablet. A escola cuja equipe sagrar-se vencedora receberá, ainda, o prêmio no valor de R$ 1 mil. Os demais estudantes ganharão medalhas por participação do projeto.

Por: Marianna Peres – Secom/VG

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana