conecte-se conosco


Várzea Grande

V seminário da Rede de Territórios Educativos acontece no canal do Youtube

Publicado


25/11/2020    25

Com o tema “Desafios e oportunidades da Rede de Territórios Educativos de Várzea Grande – RTE/VG, em 2020”, a prefeitura da cidade e parceiros realizam neste 25, 26 e 27 de novembro o V Seminário do projeto. Com foco na educação integral de crianças e adolescentes do município o encontro será transmitido pelo canal do Youtube da RTE-VG das 8h30 às 10h30. 

O projeto estimula a atuação em rede, pelas organizações do terceiro setor local, e articula com as secretarias de educação, defesa, saúde e assistência social de Várzea Grande o mapeamento das principais políticas públicas relacionadas ao tema. A Rede de Territórios Educativos de Várzea Grande (RTE-VG) é desenvolvido desde 2015 pelos parceiros ITAÚ Social, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (CIEDS), Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente (CMDCA) e Prefeitura Municipal de Várzea Grande.  

“Atualmente, a Rede de Territórios Educativos de Várzea Grande, que começou como um projeto piloto apoiado pela Fundação Itaú, já é referência para outras cidades brasileiras como São Luiz no Maranhão, Aquiraz no Ceará, além das capitais São Paulo e Rio de Janeiro. E, durante este seminário vamos reunir os atores sociais que integram a Rede de Territórios Educativos de Várzea Grande e discutir as boas práticas e ações articuladas para o fortalecimento das relações de parceria com foco na educação integral de crianças e adolescentes do município, além de refletir sobre os desafios e as oportunidades que enfrentamos e ainda temos pela frente”, explicou a secretária de Assistência Social, Flávia Omar. 

Entre os principais assuntos que serão discutidos durante os três dias estão: a atuação do Terceiro Setor durante a pandemia, a violação dos direitos da criança e adolescentes, a violência doméstica contra crianças e adolescentes, entre outros. 

“É importante lembrar que como o evento é virtual mais pessoas poderão participar, assistir as palestras e conhecer as boas práticas implementadas em nosso município, a exemplo das atividades do Caderno II e da parceria com a organização Cenprhe Canopus”, cita a secretária de Assistência Social. 

O V Seminário “Desafios e oportunidades da Rede de Territórios Educativos de Várzea Grande – RTE/VG, em 2020”, será transmitido pelo canal do Youtube da RTE-VG nesta quarta, quinta e sexta-feira, sempre das 8h30 às 10h30, através do link:  https://www.youtube.com/channel/UCs07IaB_hQ8K2L_VmEsynsQ  

Confira a programação completa:  

Quarta-feira (25/11) 

08h15 – Abertura da sala   

08h30 – Atividade de conscientização dia Internacional da Não Violência contra 

08h38 – Formação do dispositivo virtual  

08h55 – Vídeo Memorial  

09hs – Atuação do Terceiro Setor durante a pandemia – Camila Feldberg 

Gerente de Fomento (ITAÚ Social) – Mediador: Wanderson Magalhães: Assessor Técnico da Superintendência de Cultura de VG 

09h30min – pausa para o café (voltamos em 5 min)  

09h35 – Exposição de Boas Práticas em VG – Maria Tereza Urbano – CENPRHE CANOPUS  

09h45 – Considerações  

10h05 – A REDE em ação. 

10h15 – Avaliação  

10h27 – Vídeo Apresentação Cultural 2min 

10h30 – Encerramento 

Quinta-feira (26/11) 

08h15   – Abertura da sala  

08h30 – Abertura do evento leitura da programação do dia  

08h30min – Abertura. Inêz e Frauly (Secretária Municipal Defesa Social)  

08h55min – Vídeo memória 2min 

08H58min –Psicóloga Eloise Rodrigues.  

Mediadora – Taynara Morais Humbelino – Assistente Social 

Tema: Violação dos direitos da Criança e Adolescentes (Convivência Familiar e Comunitária) – Violência doméstica contra Crianças e Adolescentes 

09hs – Palestra 1º parte  20min 

09h20min – pausa para o café (voltamos em 5 min) 5min  

09h25min – 2ª parte da palestra (Eloise Rodrigues.) 20min 

09h45min – Considerações 15min 

10h00 – Boas Práticas NATIVO  

10h10min – Avaliação  

Apresentação artística Canto que  

10h30 – Encerramento 

Sexta-feira (27/11) 

08h15   – Abertura da sala  

08h30min – Leitura da programação do dia. Abertura do evento com uma dinâmica; 

08h55min – Vídeo memória 2min 

08h58min – Convida a palestrante do dia – Profª. ME. Eva Paulo Vieira Santos 

– Mediadora: Rose Fialho 

Tema: “Os prós e contras do Ensino Remoto em VG”   

09hs – palestra – 1º parte – Inicio  20 min 

09h20min – Pausa para o café (voltamos em 5 min)  

09h25min – 2ª parte Painel (Profª. ME. Eva Paulo Vieira Santos) 

09h45min – Considerações 

10h00 – Boas práticas das organizações da rede: ACAMIS – AMFMA – CENPHRE – Semente Brasil – Educação. 

Cerimonial Ana Carolina SMAS  

10h10min – Avaliação  

10h20 – Apresentação artística Caderno II verificar o tempo 

10h30 – Encerramento 

Por: Rafael Maxiniano – Secom/VG

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Várzea Grande

Kalil recebe senadores Jayme e Wellington e assegura mais R$ 16 milhões em emendas

Publicado


Legenda:

Demonstrando relação institucional com todos os parlamentares federais, sejam senadores ou deputados federais, o prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, recebeu em audiência os senadores Wellington Fagundes e Jayme Campos para traçar uma série de estratégias de atuação visando obras e ações para fomentar o desenvolvimento local e preparar a segunda maior cidade de Mato Grosso para um novo momento proporcionado pelo crescimento econômico decorrentes do agronegócio.

Várzea Grande foi contemplado com outros R$ 16 milhões em emendas parlamentares, sendo R$ 11 milhões já depositados para a área de saúde de autoria do senador Jayme Campos e outros R$ 5 milhões do senador Wellington Fagundes para obras de pavimentação e drenagem com galerias pluviais.

É sempre importante ter uma boa relação com todos os parlamentares, sejam senadores, deputados federais e estaduais, além do governador do Estado, para que os benefícios sejam carreados para Várzea Grande, contemplando as necessidades por obras e medidas de impacto que permitam aquecer a economia local, gerando emprego e renda”, disse o prefeito Kalil Baracat.

Os senadores Jayme Campos e Wellington Fagundes sinalizaram como importante ao prefeito Kalil Baracat colocar em prática projetos que assegurem a Várzea Grande atender as demandas decorrentes do crescimento económicos com formação de mão de obra técnica e profissional além de receber empresas e indústrias decorrentes do Parque Tecnológico que tem que se tornar realidade.

“Acredito em projetos como ampliação e melhoria da Orla da Alameda, novos corredores comerciais e inclusive com a cobrança da Rota Oeste para a duplicação, os trevos e três viadutos que cortam a Rodovia dos Imigrantes”, disse o senador Wellington Fagundes.

Já para Jayme Campos, as obras estruturantes como um anel viário permitindo a integração da Rodovia dos Imigrantes, Rodovia Mário Andreazza, Avenida Júlio Campos, com as saídas para o Norte e Sul de Mato Grosso e do Brasil, permitirá a instalação de um novo Distrito Industrial, mais moderno, eficiente e principalmente volta para as necessidades de Várzea Grande e do agronegócio e as empresas e indústrias que se instalaram por aqui.

Enquanto gestor municipal, Kalil Baracat, relatou que está focado em duas questões prioritárias, mas sem descuidar das demais, que são a questão da água e a necessidade de ampliar o  e que de obras que já tem em andamento as obras de uma nova Estação de Tratamento e Abastecimento (ETA) de 26 milhões de litros de água por dia que se somará com outros duas ETAs de mesma capacidade e outra de 2.592 milhões, o que soma 80 milhões de litros/dia ou quase 30 bilhões de litros de água por ano.

Segundo o secretário de Assuntos Estratégicos, Gonçalo Barros, “este montante atende cada um dos quase 300 mil cidadãos de Várzea Grande com mais de 400 litros de água por dia,  quando a necessidade segundo a OMS – Organização Mundial de Saúde seria de 100 até 150 litros dias, dependendo da região do mundo quando a sua temperatura, portanto, além de resolvermos o problema da água, temos que encontrar solução para a perda que oscila entre 50% até 68% de tudo que é produzido, então iremos enfrentar o problema da água com hidrometração, para medir consumo de todos os consumidores, novas redes de captação e distribuição e a inadimplência de consumidores que mesmo com medições não pagam suas contas”, disse o secretário.

Conforme  ele e o prefeito, a ideia é resolver os problemas em definitivo e não mais paliativos, mas a população tem que ajudar e cumprir sua parte, pois o desvio prejudica a rede toda e dos demais consumidores e a inadimplência inviabiliza a empresa por completo que não consegue então fazer os investimentos necessários e de rotina para melhorar o atendimento para a própria população.

Continue lendo

Várzea Grande

Sociedade civil organizada é convidada a participar do Conselho da Cidade

Publicado


Legenda:

Entidades representantes da sociedade civil organizada com atuação no município de Várzea Grande podem se inscrever para integrar o Conselho da Cidade, o Concidade, e assim contribuir com o desenvolvimento urbano e social do município. O edital de convocação para o preenchimento de 13 vagas da categoria foi publicado nesta quinta-feira, 21 de janeiro, no Diário Oficial dos Municípios. 

A inscrição deve ser realizada na Secretaria Municipal de Planejamento, em horário comercial das 8h às 12h e das 14h às 18h entre os dias 21 e 29 de janeiro. A audiência pública que escolherá os representantes será realizada no dia 09 de fevereiro, às 8h, no ginásio “Complexo Esportivo Júlio Domingos de Campos – Fiotão”. 

Estão convocadas a participar do processo de escolha entidades oriundas dos segmentos: classe trabalhadora, movimentos sociais, classe empresarial, classe de profissionais acadêmicos, de pesquisa e de conselhos de classe, além de Organizações Não Governamentais (ONGs).  

De acordo com o edital é impreterível que as entidades tenham atuação fim na área de desenvolvimento urbano e social. Das 13 entidades representativas da sociedade civil organizada 05 membros devem ser oriundos dos movimentos sociais; 02 da classe trabalhadora; 02 da classe empresarial, 03 das classes de profissionais acadêmicos, de pesquisa e de conselhos de classe; e, um das organizações não governamentais.  

O secretário de Planejamento e presidente do Conselho, João Carlos Cardoso, informou que cada entidade poderá se inscrever para um único segmento representativo da sociedade civil organizada. 

“No ato da inscrição é necessário apresentar o requerimento de inscrição da entidade, o estatuto da entidade alem de: ato constitutivo, inscrição no cadastro nacional de pessoa jurídica, ata de eleição vigente, posse de diretoria, documentos pessoais dos membros da diretoria, além do nome do conselheiro titular e suplente que serão representantes da entidade junto ao Concidade”, enfatizou lembrando que todos os detalhes do processo está disponível na Resolução 01/2012/Concidade, publicada nesta quinta-feira. 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana