conecte-se conosco


Economia

União Europeia divulga primeiros detalhes do acordo de comércio com o Mercosul

Publicado

g20
Alan Santos/PR

Líderes de países do Mercosul e da UE realizaram uma coletiva de imprensa em meio ao G-20 para anunciar acordo

A União Europeia divulgou nesta segunda-feira (1ª) um documento com princípios do acordo de livre comércio com o Mercosul,  anunciado na última sexta-feira (28) após cerca de 20 anos de negociações fracassadas. 

O texto prevê a proibição aos subsídios à exportação. A ideia é evitar a concorrência desleal no intercâmbio de mercadorias entre as duas regiões. A medida beneficiará, principalmente, Brasil e Argentina, países competitivos nas vendas de produtos do agronegócio.

Nas duas últimas décadas, tempo em que negociou o acordo com a UE, o fim dos subsídios domésticos e à exportação sempre pelo Mercosul. Algumas nações europeias, como França e Irlanda, vinham se posicionando contra o fim das subvenções, que beneficiam os produtores agrícolas com a manutenção de preços mínimos, juros bem abaixo dos praticados no mercado externo e outros benefícios.

Leia também: Entenda os principais pontos do acordo entre Mercosul e União Europeia

A União Europeia se comprometeu a eliminar 100% das tarifas para bens industrializados em um período de transição de 10 anos. Os países do Mercosul , no mesmo período, irão eliminar as tarifas em setores-chave, como automóveis, autopeças, químicos e fármacos. Para esses setores, o bloco deve liberalizar em 90% a entrada de produtos europeus.

“Todos os cortes do Mercosul serão lineares, exceto para veículos de passageiros, que serão completamente liberalizados pelo Mercosul em até 15 anos, com período de carência de sete anos, acompanhados por uma cota de transação de 50 mil unidades”, destacou o documento divulgado por Bruxelas. A tarifa de importação de automóveis de passageiros hoje é de 35%, que é o máximo permitido pela Organização Mundial do Comércio (OMC).

Para produtos do agronegócio, as tarifas para produtos europeus serão cortadas, gradualmente, em 93%. O bloco europeu, por sua vez, irá liberalizar 82% das importações agrícolas de países sul-americanos. Haverá cotas específicas para a entrada de produtos considerados sensíveis para a economia europeia: carne bovina, frango, carne de porco, açúcar, etanol, arroz, mel, milho, queijo, laticínios e fórmula infantil.

O documento destaca que os países do Mercosul também se comprometeram a liberalisar a compra de outros produtos de interesse dos europeus, como vinho e outras bebidas alcoólicas, azeite de oliva, frutas frestas, pêssego em lata, chocolates, biscoitos e carne de porco.

Leia também: Livre comércio entre Mercosul e UE pode começar a vigorar em seis meses

O Ministério da Economia brasileiro estima que o acordo de livre comércio entre União Europeia e Mercosul deve “representar um incremento do PIB [Produto Interno Bruto] brasileiro de US$ 87,5 bilhões em 15 anos, podendo chegar a US$ 125 bilhões”, considerando a redução das barreiras não-tarifárias e o aumento esperado na produtividade do País.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Economia

Mega-Sena valendo R$ 33 milhões: veja os números sorteados nesta quarta-feira

Publicado


source
Prêmio desta semana é de R$ 33 milhões
MARCELLO CASAL JR./AGÊNCIA BRASIL

Prêmio desta semana é de R$ 33 milhões

O concurso 2.265 da Mega-Sena desta quarta-feira (27), tem um prêmio estimado em R$ 33 milhões. As dezenas sorteadas foram:

14 – 20 – 23 – 39 – 46 – 50

Segundo a Caixa  ninguém acertou as seis dezenas e com isso o prêmio do próximo sorteio, no sábado (30), está estimado em R$ 38 milhões.

Nesse concurso, 50 apostas acertaram a quina, ou seja,  cinco números  sorteados, e levaram um prêmio de R$ 51.863,40, cada. Já a quadra teve 2.926 apostas ganhadoras, e cada uma levou R$ 1.266,07.

 Como apostar

Para apostar na Mega, o participante deve escolher de seis a 15 números nas lotéricas credenciais pela Caixa , ou no site especial de loterias do banco.

Segundo a Caixa, ninguém acertou as seis dezenas sorteadas no último sábado. Os números sorteados foram: 02 – 03 – 08 – 19 – 29 – 37.

Dívida Pública Federal cai 1,28% em abril e vai para R$ 4,16 trilhões

A aposta mínima na Mega-Sena custa R$ 4,50. Nesse caso, a chance de acerto (probabilidade estatística) é de uma em mais de 50 milhões. Os sorteios da Mega-Sena são realizados, normalmente, duas vezes por semana, às quartas e aos sábados.

Continue lendo

Economia

Aumento do salário mínimo para R$ 1.045 foi aprovado pelo Senado

Publicado


source

Agência Brasil

dinheiro

Medida Provisória de aumento do salário mínimo já tinha sido aprovada na Câmara

O Senado aprovou hoje (27) a Medida Provisória 919/2020, que institui o salário mínimo de R$ 1.045. A MP foi aprovada ontem (26) na Câmara e incorpora ao salário mínimo o aumento que passou a vigorar em janeiro deste ano, quando a MP 916/19 foi publicada.

A MP 916/19, editada no final do ano passado, acrescentou ao salário mínimo um reajuste de 4,1%, que correspondeu à estimativa do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) para 2019. Com isso, o salário mínimo passou de R$ 998 para R$ 1.039.

Como a inflação de dezembro de 2019 foi divulgada em janeiro deste ano, o índice anual do INPC do ano passado foi de 4,48%. Com isso, o salário mínimo teve uma alta nominal de 4,7%, chegando ao valor final de R$ 1.045, segundo a MP editada em janeiro. O texto vai à sanção presidencial.

O relator da MP no Senado, Paulo Paim (PT-RS), rejeitou emendas que pretendiam um aumento maior do valor. Paim justificou a rejeição em virtude da situação de crise econômica vivida no país, sobretudo em razão da epidemia do novo coronavírus.

“Em que pesem as nobres intenções de todos os autores, consideramos que se torna inviável a aprovação das emendas apresentadas, em face […] da necessidade de, em meio ao período de grande retração econômica que se avizinha, evitarmos a agudização do quadro fiscal, já pressionado pela necessidade de novas despesas para o enfrentamento da pandemia de Covid-19.”

Veja: Entenda o plano de reabertura da economia na capital paulista

Auxílio aos estados atingidos pelas enchentes

O Senado aprovou também a Medida Provisória 920/2020, que abriu crédito extraordinário de R$ 892 milhões para o Ministério do Desenvolvimento Regional. O dinheiro será utilizado, segundo o texto da MP, para atendimento emergencial às vítimas das enchentes no Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo no fim de janeiro.

O dinheiro também será aplicado no restabelecimento dos serviços, bem como a execução de ações de reconstrução de infraestrutura danificada ou destruída pelas fortes chuvas nesses estados. A matéria vai à sanção presidencial.

Leia:  Américas terão maior aumento de desemprego pela Covid-19 no mundo, alerta OIT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana