conecte-se conosco


Turismo

“Uma Noite no Museu”: Uruguai abrirá museus durante a noite em dezembro

Publicado

Já é tradição no Uruguai os museus abrirem uma noite no ano para que os visitantes curtam o espaço de uma maneira diferente: dançando e aproveitando uma balada. O “Museo em la Noche” acontecerá no próximo dia 13 de dezembro.

museu arrow-options
Divulgação

O Uruguai promove uma vez por ano o “Museo em la Noche”, evento que promove cultura durante a noite

Leia também: Montevidéu pela primeira vez; o que conhecer no país?

O evento tem como objetivo promover a cultura no país e fazer o turista “mergulhar” num universo diferente. A celebração acontece desde 2005, sempre nas segundas sextas-feiras de dezembro. O acesso a qualquer museu é gratuito e começa às 20h00 (horário local). No ano passado, a atração contou com mais de 80 mil pessoas.

Esta é a 15ª edição do ‘ Museo em la Noche ’ e ocorrerá em 19 estados uruguaios com visitas guiadas, espetáculos teatrais, musicais, exposições itinerantes e diversos acervos dos espaços. São cinco segmentos dos museus no Uruguai : arte, história, arqueologia, antropologia e ciência/tecnologia.

Leia também: Roteiros clássicos na Argentina e Uruguai

A programação ainda não foi publicada e deve sair nos próximos dias nas redes sociais do evento. Você toparia viver essa experiência por uma noite no museu ? O que acha da ideia?

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Turismo

Ilha da MSC abre para hóspedes; veja fotos e o que fazer por lá

Publicado

source

A nova ilha da MSC recebeu seus primeiros hóspedes na semana passada. A Ocean Cay MSC Marine Reserve é uma ilha privativa planejada pela companhia de cruzeiros e fica nas Bahamas e foi parada para os primeiros turistas no dia 5 de dezembro. 

ilha da msc arrow-options
Divulgação

Primeiro navio com hóspedes chegou à ilha da MSC no começo desse mês

Leia também: Conheça CocoCay, a nova ilha paradisíaca da Royal Caribbean

Quem passou – ou vai passar – pela nova ilha da MSC terá atrações na terra e no mar. Segundo a companhia, é possível explorar a vida marinha e as águas claras com mergulho com snorkel, stand up paddle e caiaque em excursões oferecidas pela MSC, por exemplo. Se a ideia é ficar na areia, o turista pode relaxar em uma cabana ou fazer um tratamento de spa.

A Ocean Cay ainda reproduz uma autêntica vila das Bahamas, com direito a arte e artesanato locais. Já ao anoitecer, o hóspede pode assistir a shows de luzes e desfiles tradicionais do país. 


Roteiros que incluem a ilha da MSC

A ilha privativa faz parte do itinerário de quatro navios que partem dos Estados Unidos. São eles: 

  • MSC Seaside – cruzeiros que partem de Miami
  • MSC Meraviglia – cruzeiros que partem de Miami e Nova York
  • MSC Divina – cruzeiros que partem de Miami
  • MSC Armonia – cruzeiros que partem de Miami
Leia Também:  Mês de ouro: companhias fazem promoção de passagem aérea em setembro

Pelo site da empresa é possível já reservar a atividade que deseja fazer na ilha da MSC. Os hóspedes ficam por lá do começo da manhã até o anoitecer e têm liberdade de montar a sua programação. 

Fonte: IG Turismo
Continue lendo

Turismo

Saiba o que fazer em Gramado no Natal e nas férias de fim de ano

Publicado

source

Gramado é um dos principais destinos natalinos do país. O Natal Luz Gramado já está na sua 34ª edição e a programação conta com atrações incríveis. Para quem pensa em ter um Natal diferenciado, gosta de chocolates, queijos, vinhos, cafés e um clima de inverno super aconchegante… Já tem para onde ir! Aqui contamos um pouco sobre o que fazer em Gramado nessa época do fim de ano.

Leia mais: Pegar carro e almoçar nas ruas principais: veja o que não fazer em Gramado

Gramado, no Rio Grande do Sul arrow-options
shutterstock

Gramado, no RS.











E para começar o roteiro com o que fazer em Gramado no final do ano, vale ressaltar que é fácil chegar ao destino. A cidade está a apenas 120km da capital Porto Alegre. Uma opção é pegar um voo até a capital do Rio Grande do Sul e alugar um carro para completar o percurso. A vantagem disso é contar com o carro para aproveitar tanto Gramado quanto Canela, cidade vizinha. 

Há também voos diretos que saem de diversas capitais, entretanto, eles costumam ser mais caros que os voos para Porto Alegre. Segundo pesquisa no Google Flight, um voo saindo de São Paulo para Gramado custa em torno de R$ 130* a mais que o que vai para Porto Alegre. 

Depois do percurso e de um pouco de descanso, já podemos começar os passeios. Confira algumas das programações que ficam ainda mais especiais na época do Natal em Gramado:

1. Natal Luz

Natal Luz em Gramado arrow-options
Flickr/Rosanetur

Natal Luz em Gramado


A festa mais queridinha da cidade não poderia faltar e é a primeiríssima da lista. O Natal Luz foi criado em 1985 e nessa época, apenas contava com um concerto da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa). Hoje em dia, conta com desfiles, dançarinos, acrobatas, atores e atrizes, patinadores…Tudo isso com muita música natalina, é claro!

Um dos principais eventos do Natal Luz é o Show de Acendimento, que relata a história dos Senhores do Tempo, trabalhadores da Usina dos Sentimentos e responsáveis por acender toda a cidade. Ocorre todos os dias às 20h, em frente ao Palácio dos Festivais e é uma das opções gratuitas.

A programação natalina conta ainda com espetáculos de teatro. Esse ano teremos “O Grande Desfile de Natal – A Magia de Noel” e “A Lenda do Bosque de Natal”, os dois estreantes.

Não dá para não marcar presença no “Illumination”, o show que acontece no lago Joaquina Rita Bier, com grande estrutura, bailarinos, e uma orquestra – tudo isso contando a história do nascimento de Jesus e mostrando a importância do Natal . O espetáculo conta com fogos de artifício, chafariz, efeitos especiais e projeções. Por se tratar de um show pago e bastante requisitado, é importante comprar com antecedência.

Para mais informações e a programação completa, acesse o site oficial do Natal Luz: http://www.natalluzdegramado.com.br/

2. Mundo do Chocolate 

Mundo do Chocolate Lugano, em Gramado arrow-options
shutterstock

Mundo do Chocolate Lugano, em Gramado

 O Mundo do Chocolate é um passeio diferente para se fazer em Gramado nessa época. Com mais de 200 peças expostas, todas feitas com chocolate maciço, o parque exibe várias imagens já conhecidas, como o Cristo Redentor, a Estátua da Liberdade, a Casa Branca, etc. Além disso, o lugar é todo disposto para contar a história do Sr Suisse e sua neta Avelã, antigos moradores de uma fábrica de chocolate em Lugano, na Suíça. As crianças costumam se encantar. 

No local, há um ambiente com loja e cafeteria e também a “Mini Fábrica” de chocolate da marca Lugano, onde você pode criar sua escultura de chocolate. É possível também fazer a degustação dos chocolates e comprar presentes para o Natal . Algumas opções são os panetones trufados, as trufas no sabor panetone, apfelstrudel e cereja e os vários kits natalinos, com chocolates nos formatos de Papai Noel, árvore de Natal e bonecos de neve. 

3. Bier Park

Bier Park, nova atração da Rua Coberta arrow-options
Divulgação

Bier Park, nova atração da Rua Coberta




 O Bier Park é o mais novo parque temático de Gramado feito para os amantes de cerveja. Aberto esse ano, já é o maior da América Latina e é dedicado à celebração da cultura cervejeira do Brasil. Lá, é oferecida uma tour de aproximadamente 1 hora para conhecer mais sobre a história da cerveja.

Leia Também:  Brasileiros compartilham perrengues que já viveram durante viagens

O primeiro tour conta sobre o aperfeiçoamento da cerveja ao longo dos anos, desde a Mesopotâmia até os dias de hoje. Já no segundo, o guia mostra a réplica de uma fábrica de cerveja e todas as etapas de produção da bebida. Os diferentes grãos para os variados tipos de cerveja também são apresentados, como malte, lúpulo e levedura. Por fim, é exposta a coleção pessoal de um dos idealizadores do projeto (Sady Homrich, da banda Nenhum de Nós), com os principais rótulos de cervejas nacionais dos últimos anos.

No segundo andar do local, existe uma parte interativa, com painéis que explicam mais sobre rótulos e sugerem harmonizações da bebida com alimentos. Uma experiência curiosa do parque é no Cubo 5D, que simula um passeio de bicicleta pelas ruas de Gramado , em que se pode conhecer a jornada da cerveja desde a sua plantação. É possível ainda visitar a fábrica da Rasen através de um óculos de realidade aumentada.

4. Aldeia do Papai Noel

Aldeia do Papai Noel arrow-options
Reprodução/TripAdvisor/Montesdelsur

Aldeia do Papai Noel, em Gramado


A Aldeia do Papai Noel surgiu em 1940 e foi redecorada ao longo dos anos. Além de conversar com ele, as crianças podem usar o trenó voador (R$10), o trenzinho-jardineira (R$5) e o monotrilho (R$10). Dá para o visitante conhecer também as famosas renas, ilustradas em todas as histórias de Natal levando o trenó do bom velhinho. 

Há ainda a Árvore dos Desejos, onde os pequenos podem pendurar suas cartinhas com pedidos para o Natal. Outra ideia é levar as crianças no carrossel, gratuito e divertido. Essa programação é mais indicada para aqueles que estão levando suas famílias, por ter atrações de no máximo 1 hora e serem bem voltadas ao público infantil.

5. Especial de Natal do Trem Maria Fumaça 

Trem Maria Fumaça arrow-options
shutterstock

Trem Maria Fumaça

Uma das programações mais adoradas pelo público, o passeio tradicional no Trem Maria Fumaça parte da cidade de Gramado  e percorre as cidades de Bento Gonçalves, Garibaldi e Carlos Barbosa. O Especial de Natal é um pouco diferente, tendo início no Parque Temático Epopeia Italiana, em Bento Gonçalves. Conta com fogos de artifício, performances artísticas, personagens lúdicos e um show a bordo.

No trajeto, é contada a história da imigração italiana no Rio Grande do Sul. Depois, ocorre um passeio noturno para celebrar a data especial  “resgatando os valores da vida, suas emoções e a história de cada um de seus passageiros”, segundo os organizadores. Durante o percurso, assim como na programação tradicional, há degustação de tábua de frios, vinhos, espumantes e suco de uva. Por isso, o Trem Maria Fumaça é também chamado de Trem do Vinho.

Leia mais: Conheça Gramado: 11 opções entre hotéis, restaurantes e passeio pela cidade

6. Snowland

Parque Snowland, em Gramado arrow-options
Reprodução/TripAdvisor/gerência

Parque Snowland, em Gramado





Essa é uma parada especial tanto para jovens e crianças quanto para adultos. O Snowland é um parque temático indoor em que os visitantes podem ter contato com a neve, além de praticar uma série de esportes que dependem dela: snowboard, airboard, tubing e patinação no gelo. Suas temperaturas variam entre -3º e -5º!

A atração de destaque do parque é a Montanha de Neve, com uma pista de ski e snowboard de 120 metros. Para os mais medrosos, há ainda um simulador de ski em 7D! As crianças menores vão gostar do Castelo de Neve e com certeza, do tobogã. A área de recreação, chamada SnowKids, também pode ser uma boa pedida.

O Parque do Snowland é dividido entre Vilarejo Alpino, Mirante Bela Vista e Montanha de Neve. Essa última é a parte mais concorrida, por ser uma área comum repleta de neve e contar com um restaurante super aconchegante. É nela que oferecem também o Tubing, uma espécie de bóia para adultos e crianças descerem a montanha. 

Leia Também:  Casa da Barbie em Malibu pode ser alugada por R$ 250; veja fotos da mansão

7. Ice Bar Boreal

Ice Bar em Gramado arrow-options
Reprodução/TripAdvisor/gerência

Ice Bar, em Gramado.


Você já viu um bar de gelo? Bom, acaba de conhecer um. O Ice Bar Boreal é um bar em que tudo (tudo mesmo!) é feito de gelo. Cadeiras, mesas, mesas de sinuca, sofás e até os copos. Se você está se perguntando como tudo ainda não derreteu, é porque a temperatura lá dentro realmente é muito baixa. Em geral, por volta de -15ºC.

São mais de 30 toneladas de gelo distribuídas pelo bar, contando com esculturas de personagens como Homer Simpson e Olaf. A iluminação do ambiente é todo colorida, com luzes em tons de roxo, verde e laranja. Entrando no local, você já garante um drink, que pode ser com ou sem álcool.

Um detalhe importante é que não é possível fazer fotos no local e uma forma de registrar a visita é comprando uma foto do fotógrafo da casa. Caso o cliente deseje, há a opção de tirar a fotografia simulando estar dentro de uma Caverna Polar. O bar conta também com uma lojinha temática, para quem deseja levar lembrancinhas. Crianças de até 4 anos não são permitidas.

8. Noite Suíça

Fondue de chocolate arrow-options
shutterstock

Fondue de chocolate


A Tour Noite Suíça é uma escolha difícil de se arrepender. Com todo aquele clima intimista e aquecendo nossos corações no frio, esse jantar inclui uma sequência de fondue, além de música e transporte. O restaurante Château Allemand é o eleito para a visita e suas luzes de velas criam uma ótima harmonia.

O fondue é um prato originário da Suíça, surgido nos anos de 1950, que sempre proporciona uma experiência maravilhosa. A sequência se inicia com queijos acompanhados de pães, batatas assadas e goiabada. Depois, vem as carnes: bovinas, suínas, de aves… E por fim, o famosíssimo fondue de chocolate, acompanhado de frutas e waffers.

Essa programação é ideal para casais, em lua de mel ou outras celebrações. Porém, não deixa de ser uma boa ideia para as famílias.

9. Vila de Natal 

Praça das Etnias, onde ocorre a Vila de Natal arrow-options
Reprodução/TripAdvisor/Tácito2000

Praça das Etnias, onde ocorre a Vila de Natal


A Vila de Natal acontece na Praça das Etnias e conta com um ambiente agradável e florido ao redor. No período do Natal Luz (de 24/10 a 12/01), o lugar fica decorado com todo o espírito natalino. Essa distração é mais voltada ao público infantil principalmente por conta da Casa do Papai Noel, em que as crianças podem tirar fotos e fazer pedidos ao velhinho. Também é um bom espaço para caminhadas.

A venda de artesanato é bastante comum no local, com a presença de comerciantes locais. Além disso, a Casa do Papai Noel é um ponto de parada para a Trupe de Natal, seis pessoas que passam pelas ruas nessa época fazendo apresentações. A Vila está localizada na Praça das Etnias e possui três casas dedicadas à história da colonização de Gramado: uma alemã, outra italiana e a última portuguesa.

10. Museu do Festival

Museu do Festival, em Gramado arrow-options
Reprodução/TripAdvisor/Alacarini

Museu do Festival, em Gramado

O lugar perfeito para quem adora cinema. O Museu do Festival fica no Palácio dos Festivais, que sedia há 45 anos grandes eventos cinematográficos da América Latina. De uma arquitetura colonial, é nele em que acontece o Festival de Cinema, em agosto. 

Para os que querem mergulhar na história do cinema, é uma boa oportunidade. O Museu apresenta uma estrutura moderna, contando toda a história do Festival. Além disso, conta com um café, chamado Curta Café, para pausas e conversas entre as experiências do museu.

Leia mais: Gramado vai muito além do Natal Luz; veja as atrações da cidade

Nas exposições, você encontrará uma linha do tempo do Festival, com os principais filmes latinoamericanos que foram premiados ao longo dos anos, bem como reportagens e entrevistas. Também dentro desse espaço, existem algumas salas de cinema onde são exibidos documentários e conteúdos históricos. Jogos interativos e totens para pesquisa fazem com os visitantes se sintam parte de tudo isso. E esse passeio entra na lista de o que fazer em Gramado no Natal e também no restante do ano. 

*valores consultados no dia 10/12 com saídas para janeiro de 2020

Fonte: IG Turismo
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana