conecte-se conosco


Nacional

Um quarto dos brasileiros não acredita que homem foi à Lua, revela Datafolha

Publicado

Lua arrow-options
Reprodução/Nasa

Um quarto dos brasileiros não acredita que homem foi à Lua, revela Datafolha

Uma pesquisa divulgada pelo Instituto Datafolha nesta terça-feira (16) revelou que 26% dos brasileiros acreditam que o homem nunca pousou na Lua.  O levantamento entrevistou 2.086 pessoas maiores de 16 anos em 103 cidades espalhadas pelo País.

Leia também: Datafolha: 7% dos brasileiros acreditam que a Terra é plana

De acordo com o resultado, a estimativa é que cerca de 55 milhões de brasileiros acreditem na teoria conspiratória que diz que a missão Apollo 11 em direção à Lua foi uma farsa. 70% dos entrevistados declararam que o planeta era esférico e os outros 4% não souberam responder a pergunta. 

Ainda segundo o levantamento, os menos escolarizados são os mais propensos a não acreditar na alunissagem. 38% das pessoas que tem até o ensino fundamental completo disseram que a Terra era plana, contra 21% entre os que completaram o ensino médio e 14% entre os que tem curso superior.

O recorte de idade da Datafolha revelou que são os mais velhos os mais propensos duvidarem do pouso na Lua: 36% entre os entrevistados com mais de 60 anos disseram que a missão não aconteceu e outros 8% não souberam responder. 

Leia Também:  Presidente do TJ de Alagoas vira réu por chamar advogada de vagabunda

Leia também: Homem nunca pousou na Lua? Conheça a história por trás da teoria da conspiração

Nas redes sociais, são muitos os que defendem uma suposta farsa da NASA . De acordo com a teoria conspiratória, os Estados Unidos forjaram o pouso na Lua para vencer a “corrida espacial” contra a União Soviética.

Leia Também:  Dono de software revela que foi contratado para disparar mensagens pró-Bolsonaro

Outras pesquisas ao redor do globo mostram que ainda existem muitos negacionistas do pouso do na  Lua  . De acordo com levantamentos, pelo menos 6% dos norte-americanos acreditam que a missão é uma farsa. Entre os britânicos, o número é de 25% e entre os russos, 28%

Fonte: IG Nacional
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Nacional

Mãe é presa suspeita de matar filho de 6 anos enforcado no quintal de casa

Publicado

source

Esta semana, um caso que aconteceu em Santa Helena de Goiás ganhou repercussão. Isso porque, uma mulher foi presa acusada de matar o filho de seis anos enforcado no quintal de casa. De acordo com a primeira edição do “Jornal Anhanguera”, transmitido pela afiliada da Globo em Goiás, após matar o filho, a própria mãe ligou para a polícia contando o que tinha acontecido.

Leia também: Mãe tira foto de filhos sem perceber cobra venenosa a centímetros das crianças

Cena do crime arrow-options
Reprodução/TV Anhanguera

Em um “estado de fúria”, uma mãe teria matado o filho enforcado


Leia também: Mãe homenageia filho nas redes minutos antes de companheiro matar bebê

Ao chegar ao local, a Polícia Civil encontrou a mulher sentada vendo as roupas do filho, que ela teria tirado antes de enforcá-lo, pegando fogo. O corpo do menino foi analisado e, além dos hematomas no pescoço, ele possuía escoriações em todo o corpo.

Leia também: ‘Quero resposta’, diz mãe sobre os 45 dias da morte da menina Ágatha

Leia Também:  Tubarão quase vira barco com pescadores depois de ser fisgado em mar da Flórida

A mulher é mãe de outra criança de apenas 19 dias e, quando a polícia chegou a casa dela, ela estava amentando esse bebê enquanto as roupas do filho morto queimavam. Ao ser questionada pelo policial, a mulher disse que em um “estado de fúria” acabou enforcando o próprio filho. O Conselho Tutelar também está acompanhando o caso e o bebê recém-nascido foi levado para um abrigo.

Fonte: IG Nacional
Continue lendo

Nacional

Vídeo mostra momento em que PM morre ao reagir a assalto em ônibus; assista

Publicado

source
PM arrow-options
Reprodução

Polícia busca por informações sobre os assaltantes que mataram o sargento

Um vídeo divulgado nesta quinta-feira (14) mostra o momento em que o PM Alexandre da Silva Teixeira , de 45 anos, entrou em luta corporal com os bandidos que assaltaram um ônibus da linha 383 (Realengo x Praça da República), na noite de segunda no Rio de Janeiro.

Leia também: Weintraub diz que Proclamação da República foi “primeiro golpe de estado”

Na ocasião, o sargento da PM tentou imobilizar os criminosos, quando foi baleado, na altura da Mangueira, na Zona Norte do Rio. No vídeo, é possível ver os dois assaltantes na parte de trás do veículo, quando o policial, que estava à paisana, reage. Ele tenta pegar a arma de um dos criminosos, quando é alvo dos tiros.

Leia Também:  Petrobras e União recebem R$ 681 milhões recuperados pela Lava Jato

Depois dos tiros, o motorista do ônibus tentou socorrer o sargento na UPA do Engenho de Dentro, mas ele não resistiu aos ferimentos. Até o momento, não informações sobre o paradeiro dos bandidos.

Alexandre estava há 22 anos na PM e deixou companheira e um filho. Com a morte dele já chega a 56 o número de agentes da segurança pública assassinados no Rio somente em 2019. São 52 PMs, um policial civil, um guarda municipal, um militar da Aeronáutica e um militar do Corpo de Bombeiros.

Leia também: “Se Bolsonaro obstruir a Justiça, é dever do STF agir”, diz jurista

Fonte: IG Nacional
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana