conecte-se conosco


Carros e Motos

Triumph Scrambler 1200 ganha edição especial Bond Edition

Publicado


source
Triumph
Divulgação

Triumph Scrambler James Bond eleva a sua já elevada personalidade a níveis de uma atiradora de elite

A Triumph acaba de anunciar o lançamento mundial da Scrambler 1200 Bond Edition. O modelo tem acabamento especial inspirado no filme “007 – Sem tempo para morrer” e é limitado a apenas 250 unidades. No Reino Unido, custa a partir de 18.500 libras, o equivalente a cerca de R$ 125 mil em conversão direta. No trailer do novo filme do espião, é possível ver cenas nas quais motos da marca montadora são utilizadas nas famosas perseguições. Por conta da pandemia, o filme foi adiado para estrear em novembro.

LEIA MAIS: Nova Triumph Street Scrambler 1200 XE acaba de chegar ao Brasil

Para fazer a Bond Edition, a Triumph utilizou como base a topo de linha Scrambler 1200 XE , mas deu detalhes exclusivos para o modelo. Entre eles, logos 007 no escapamento e abaixo do painel, assento de couro estilizado inspirado na franquia, pintura inspirada nas motos do filme, numeração para cada uma das 250 unidades.

LEIA MAIS: Divirtam-se, reconhecendo as motocicletas do cinema

Apesar de seu estilo que remete às motos retrô com aptidão também para andar na terra, a Triumph Bond edition também traz um amplo pacote tecnológico. A moto conta com 6 modos de pilotagem, além de freios ABS e controle de tração. O sistema de freios, inclusive, tem ABS avançado com atuação também nas curvas. Seu motor, de 3 cilindros e 1.200 cc, é capaz de gerar 89 cv e 11,21 kgfm.

LEIA MAIS: Teste da Triumph Street Scrambler, para enfrentar trilhas urbanas

Entre outros equipamentos, a Triumph dispõe de painel TFT, ABS (com atuação em curvas), controle de tração, iluminação de LED, luz diurna de LED, embreagem assistida, chave presencial, manoplas aquecidas, controle de velocidade de cruzeiro e entrada USB. Além disso, o painel conta com um sistema de navegação desenvolvido pelo Google. Ele traz conectividade com aparelhos Android e iOS, onde um aplicativo da montadora pode ser baixado.

Fonte: IG CARROS

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carros e Motos

VW Nivus Comfortline: versão mostra que está na medida certa

Publicado


source
VW Nivus
Carlos Guimarães/iG

VW Nivus Comfortline: rodas de aro 16 e sem faróis de neblina entre as diferenças para a versão topo de linha Highline

A onda dos SUVs invadiu de vez o mercado e agora há quem esteja disposto a parecer que está andando em um deles, mas com a sensação de guiar um hatch. O VW Nivus está no meio termo entre um utilitário esportivo, cupê e um dois volumes não apenas na aparência.Depois de ter experimentado o carro na cidade, na estrada e até em trechos de terra, ficou claro que o acerto tanto do conjunto mecânico quanto do estrutural é um dos pontos altos.

Para quem gosta de dirigir, estar ao volante de algo que tem aparência de um SUV, mas anda como um hatch bem acertado é uma grata surpresa. Numa comparação com o Polo, o VW Nivus tem algumas vantagens, como o vão livre do solo (17,6 cm ante 14,9) e o espaço interno, inclusive o porta-malas (415 litros ante 300).

Há também o jeito mais estiloso, que é mantido na versão mais simples Comfortline (a partir de R$ 85.890), equipada com o essencial do conforto custando mais de R$ 12 mil a menos que a topo de linha.

As rodas são de aro 16 com pneus 205/60R e não 17 como na Highline. Os logos são cromados, em vez de ter acabamento escurecido. E não há faróis auxiliares de neblina nas extremidades do para-choque dianteiro entre as diferenças. Mas, para quem não liga para muitos detalhes, o Comfortlime cumpre bem o seu papel de ser uma espécie de SUV descolado.

Atrás, as lanternas fumês são as mesmas da versão mais equipada, assim como o conjunto mecânico. Ao dar a partida, a única diferença é ter que girar a chave no contato em vez de apertar um botão no painel. Além disso, no Comfortline , o ar-condicionado é analógico no lugar do digital e o cluster não pode ser configurado conforme o gosto do freguês, como no Highline .

O novo volante multifuncional também é quase o mesmo do Highline, exceto pelo revestimento de couro. Entre os itens de série do Comfortline há banco traseiro com encosto bipartido, câmera de ré, computador de bordo, luzes diurnas e central multimídia com tela de 6,5 polegadas.

Se quiser a nova VW Play, com tela de 10,1 polegadas, que vem com alguns aplicativos embutidos (entre os quais o Waze), é preciso levar o pacote opcional que sai por R$ 3.520 e e inclui também o controle de velocidade de cruzeiro adaptativo e as hastes atrás do volante para trocas de marcas sequenciais.

Andando no asfalto, o Nivus Comfortline mostra a qualidade de aliar bom desempenho com baixo consumo, além de ser ágil nas manobras. O motor 1.0 turbo, de três cilindros, com câmbio automático sequencial de seis marchas deixou claro que tem fôlego suficiente para ultrapasagens seguras. Seus 128 cv e 20,4 kgfm a meros 2.000 rpm se traduzem em respostas rápidas aos comandos do acelerador. De acordo com a fabricante, para ir de 0 a 100 km/h, o carro precisa de bons 10 segundos.

A direção é precisa em velocidade e leve ao estacionar. E a suspensão trabalha bem tanto para absorver as irregularidades do piso quanto para manter o carro estável nas curvas, inclusive, em estradas de terra. Levantamos poeira em alguns trechos e comprovamos que o Nivus vai bem na terra, contanto que você passe apenas por caminhos de terra batida e com obstáculos fáceis de serem superados, longe de trilhas e lamaçais.

Para quem vai pegar estrada, o tanque de 52 litros pode ficar pequeno, limitando a autonomia. Mesmo assim conforme dados do Inmetro, o Nivus Comfortline pode rodar 489 km com etanol e 686 km com gasolina na estrada, fazendo 9,4 km/l e 13,2 km/l, respectivamente. Na cidade, faz 7,7 km/l com etanol e 10,7 km/l com gasolina.

No interior, há espaço para cinco ocupantes e suas respectivas bagagens. Bom é que quem vai sentado no banco traseiro conta com saídas do ar-condicionado, o que contribui com o conforto, mas a distância entre-eixos é praticamente igual a do Polo ( 2,57 m). Entretanto, o acabamento é de bom gosto, com aplique preto brilhante no painel e tecido de boa qualidade nos bancos.

Conclusão
A versão Comfortline do VW Nivus se mostrou na medida certa, até por poder ter a nova central VW Play como opcional. Bem acertado, estiloso e sem gastar muito combustível, o carro é um dos mais interessantes que temos no mercado hoje em dia, levando em conta a questão da relação entre custo e benefício.

Ficha técnica

VW Nivus

Preço: a partir de R$ 8‎5.890 

Motor: 1.0, quatro cilindros, flex, turbo

Potência: 128 cv (E) / 116 cv (G) a 5.500 rpm

Torque: 20,4 kgfm a 2.000 rpm

Transmissão: Automático, seis marchas, tração dianteira

Suspensão: Independente, McPherson (dianteira) / eixo de torção (traseira)

Freios: Discos ventilados (dianteiros) / sólido (traseiros)

Pneus: 205/55 R16

Dimensões: 4,27 m (comprimento) / 1,75 m (largura) / 1,49 m (altura), 2,57 m (entre-eixos)

Tanque: 52 litros

Porta-malas: 415 litros

Consumo gasolina: 7,7 km/l (cidade) / 9,4 km/l (estrada), com etanol e 10,7 cidade e 13,2 km/l na estrada, com gasolina

0 a 100 km/h: 10 segundos

Velocidade máxima: 189 km/h

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Carros e Motos

Volkswagen lança o SUV ID.4, que deve ser vendido no Brasil

Publicado


source
VW ID.4
Divulgação

VW ID.4, o primeiro SUV 100% elétrico da marca

A Volkswagen apresentou o novo SUV ID.4 , modelo 100% elétrico que está sendo cotado para o mercado brasileiro. Ele será vendido a partir de US$ 39 mil nos Estados Unidos (R$ 180 mil em conversão simples), onde lutará por uma fatia do segmento dominado pela Tesla. No Brasil, será o elétrico de entrada da Volkswagen, uma vez que o ID.3 é muito baixo para as nossas ruas.

O utilitário esportivo tem bateria capaz de armazenar até 77 kWh de energia, proporcionando autonomia máxima de 520 km. O motor elétrico posicionado no eixo traseiro gera força equivalente a 204 cv de potência. Dessa forma, o ID.4 poderá acelerar de 0 a 100 km/h em 8,5 segundos, com velocidade máxima de 160 km/h. 

Apesar de ser um veículo urbano, a Volkswagen garante que o modelo tem bom desempenho em off-roads suaves. A fabricante também divulga que o proprietário poderá recarregar até 320 km de autonomia em uma unidade rápida em até 30 minutos. No carregador convencional, o ID.4 pode retomar 85 km na autonomia em cerca de uma hora.

Seu design preserva as características do ID.3, primeiro veículo elétrico da Volkswagen. Há faróis totalmente em LED com regulagem automática e pintura no estilo “saia e blusa”. Feito sob a plataforma MEB, exclusiva para veículos elétricos, o ID.4 mede 4,58 metros e tem espaço suficiente para cinco adultos. O porta-malas tem 543 litros e pode triplicar de tamanho com os bancos traseiros rebatidos. 

Todos os componentes do ID.4 estão disponíveis em duas telas. O motorista tem um cluster 100% digital onde poderá reproduzir funções de navegação, mídia e conforto. A Volkswagen também preparou um sistema operacional exclusivo para sua linha de elétricos, onde os clientes poderão fazer atualizações e baixar novos recursos, como nos smartphones. 

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana