conecte-se conosco


Turismo

TripAdvisor anuncia novo filtro para combater casos de assédio contra viajantes

Publicado

Depois que vários viajantes relataram casos de assédio, o site TripAdvisor anunciou um novo filtro, cujo objetivo é evidenciar a segurança em meio às avaliações dos usuários.


Viajante com mapa em mãos
shutterstock

TripAdvisor anuncia novo filtro que protege viajantes de assédio e coloca o fator “segurança” em evidência

Leia também: Assédio e aprendizado: histórias de uma mulher viajando o mundo sozinha

O TripAdvisor é um site onde vários turistas podem fazer relatos de suas viagens, recomendar hotéis, restaurantes, etc. Os usuários costumam comparar preços, ler as avaliações de outras pessoas e até fazer reservas.

Levando em consideração o número expressivo de relatos de turistas que sofreram assédio , o site resolveu lançar um filtro voltado ao fator “segurança” em meio às avaliações dos hotéis e dos destinos. Segundo um comunicado feito pela presidente do site, Lindsay Nelson, 67% dos viajantes se mostram preocupados com a segurança .

Ainda no comunicado, a presidente do site afirma: “A necessidade de mais acesso a informações sobre segurança nunca foi tão grande. Muitas vezes, algo trágico precisa acontecer para iniciar o diálogo sobre proteção ao viajante”.

Leia Também:  Conheça CocoCay, a nova ilha paradisíaca da Royal Caribbean

Além disso, Lindsay ainda completa: “Para muitas mulheres, membros da comunidade LGBTQ+ e pessoas com necessidades especiais, isso é uma questão de vida e morte”.

TripAdvisor polemiza ao deletar relatos de assédio


Celular conectado no TripAdvisor
shutterstock

TripAdvisor atraiu má repercussão em 2017, ao deletar relatos de casos de assédio

Em novembro de 2017, o site deletou vários relatos de estupros que aconteceram em Riviera Maia, no México. Na época, a empresa chegou a fazer uma nota de esclarecimento, depois da má repercussão entre os usuários: “Há alguns anos, mudamos nossas diretrizes para que as críticas fossem mais descritivas mesmo em casos de incidentes graves como estupros e abusos”.

Leia também: Desejo de viajar sozinha cresce entre as brasileiras, apontam pesquisas

TripAdvisor  também republicou os relatórios das usuárias em seu site. 

Fonte: IG Turismo
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Turismo

R$96 mil a diária! Conheça o resort da lua de mel de Joe Jonas e Sophie Turner

Publicado

O cantor Joe Jonas e a atriz Sophie Turner estão curtindo a lua de mel nas Ilhas Maldivas em um resort luxuoso. O casal escolheu como destino o Soneva Fushi, que fica na ilha Kunfunadhoo, em Baa Atoll, e tem 62 vilas privativas, cada uma com sua própria praia.

joe jonas arrow-options
reprodução/ instagram sophieturner

Joe Jonas e Sophie Turner curtiram a lua de mel num luxuoso resort nas Ilhas Maldivas

Leia também:  Decidiu viajar de última hora e não reservou hotel? Aplicativo pode te ajudar

Cada vila conta com mordomo, banheiro ao ar livre e bicicletas para os turistas se divertirem. O complexo do resort ainda tem cinco restaurantes, biblioteca, Spa, cinema, entre outras atividades. Todo o conforto sai por diárias de R$ 96 mil.

A ilha  onde fica o super hotel faz parte da Reserva de Biosfera da UNESCO e tem uma grande vida marinha preservada. O resort faz coleta seletiva de lixo, está equipado com amenidades ecológicas, tem horta orgânica e os restos de comida são compostados no solo.

Leia Também:  Conheça CocoCay, a nova ilha paradisíaca da Royal Caribbean

O vocalista da banda Jonas Brothers e a atriz de Fênix Negra e Game Of Thrones têm compartilhado várias imagens em suas redes sociais assistindo ao pôr do sol numa rede, pedalando e comendo sushi. Um dos momentos mais imponentes da lua de mel foi o vídeo de Joe descendo um tobogã gigante dentro do mar.

Ver essa foto no Instagram

I found happiness. 🏝😎♥️#discoversoneva

Uma publicação compartilhada por J O E J O N A S (@joejonas) em 14 de Jul, 2019 às 5:15 PDT

Ver essa foto no Instagram

Paradise ☀️🌊✨ such a magical place #discoversoneva

Uma publicação compartilhada por Sophie Turner (@sophiet) em 14 de Jul, 2019 às 5:07 PDT


Leia também:  Aeroporto de Singapura inova e instala escorregador para agilizar embarque

Confira abaixo algumas fotos das instalações do resorte Soneva Fushi :


Fonte: IG Turismo
Continue lendo

Turismo

Novo roteiro da Estrada Real tem gastronomia, história e contato com a natureza

Publicado

Em sete horas, o trajeto reúne experiências gastronômicas, históricas e de contato com a natureza. Tudo atravessando parte de uma das principais rotas turísticas do país, a Estrada Real, que começa em Minas Gerais e se divide entre Rio de Janeiro e São Paulo, contando um pedaço da história da colonização do Brasil.

estrada real arrow-options
reprodução/ twitter @institutoer

A Estrada Real corta os Estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. O novo roteiro atravessa a cidade carioca

Leia também: Quais destinos turísticos estão em alta no Brasil e o que fazer em cada um deles

Esta é a proposta de um novo roteiro pelo Estado do Rio, que sai da capital, passa pelo distrito de Secretário, em Petrópolis, terminando na Vila de Sebollas, em Paraíba do Sul. O trajeto da Estrada Real foi elaborado em parceria com diversos estabelecimentos da área e é coordenado e idealizado pelo chef Dann Matos, do bistrô Le Coq, uma das paradas gastronômicas do passeio, em Secretário.

“Queríamos colocar os visitantes em contato com os nossos fornecedores, não apenas porque são locais, mas porque têm produtos bem singulares”, ele diz. “Além, é claro, de unir tudo isso com outras atrações da região”.

O pacote para o roteiro completo, realizado aos sábados e com transporte de ida e volta da capital fluminense, sai a R$ 150 por pessoa. Mas, com todos os destinos estando a menos de três horas do Rio pela BR-040, o percurso pode ser acessado com facilidade em voo solo (mas vale sempre confirmar os horários de funcionamento e fazer reserva).

Leia Também:  Conheça CocoCay, a nova ilha paradisíaca da Royal Caribbean

Um tour com degustações de vinho e cachaça

vinho arrow-options
shutterstock

O novo roteiro pela Estrada Real tem algumas vinículas para atrair o gosto dos turistas

A parada inicial do roteiro é na Vinícola Inconfidência, a primeira do Rio a produzir vinhos finos, em Secretário. Os visitantes podem conhecer a história e o processo de dupla poda, que permitiu que as uvas se adaptassem à região.

Ao final, a degustação é com algumas das variedades cultivadas, como Merlot e Syrah. O proprietário, José Cláudio Aranha, conta que demorou dez anos para ter a primeira safra, mas que nem mesmo as dificuldades naturais do terreno o fizeram mudar.

“Toda vez que eu quisesse visitar meu vinhedo teria que pegar avião? É ruim, hein? Decidi fazer aqui, na minha casa”, brinca ele.

Leia também: Mais dicas para desbravar a Rota do Ouro

A experiência sensorial por Secretário continua no Sítio da Dona Nika, que produz compotas e geleias, além de queijos artesanais. Os visitantes, é claro, não vão embora sem conhecer a produção e experimentá-la. As crianças vão se divertir observando as galinhas-d’angola e os patos que vivem por lá.

Leia Também:  De lancha e de barco: como aproveitar ao máximo os passeios em Angra dos Reis

De uma visita a outra, a rota turística colonial passa por parte do Caminho Novo, primeira estrada do país, que começou a ser construída no século XVII e foi inaugurada em 1725, com 515 km de extensão. Nela, ficam as cachoeiras da Rocinha e do Rio Fagundes. Quem tiver tempo, pode ficar um pouquinho e se refrescar nas quedas d’água.

Seguindo o roteiro, chega-se a Paraíba do Sul, onde o próximo ponto de parada é o Alambique Dona Vania. Um tour pelo processo de produção termina com degustação (mais uma) de alguns dos diversos tipos de cachaças artesanais produzidos desde 2008. Além da tradicional, há versões de sabores diferentes, como de milho e de canela.

Na cidade, o Museu de Tiradentes, que remonta à história de Joaquim José da Silva Xavier, tem acervo com relíquias do mártir da Inconfidência Mineira. Outro ponto histórico é a Fazenda Ruínas, já na Vila de Sebollas, um parque arqueológico com o que restou das construções da época em que a estrada começou a ser feita.

Mais turismo no Rio: O que fazer em Ilha Grande e quais locais você não pode deixar de visitar

A última parada da Estrada Real é já no caminho de volta, passando novamente por Secretário, no Le Coq , que tem menu com entrada, prato principal e sobremesa. No roteiro, com transporte de ida e volta, o limite máximo é para 15 pessoas.

Fonte: IG Turismo
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana