conecte-se conosco


Registro Geral

Toninho diz que cada um “dá o que quer e o que tem para dar”, mas contesta decreto liberal do Executivo

Publicado

Vereador de Cuiabá, Toninho de Sousa (PSD): “Cada um dá o que quer e o que tem pra dar, não sou contra isso”

O apresentador de televisão e vereador de Cuiabá, Toninho de Sousa (PSD), usou a tribuna da Câmara de Vereadores para repudiar decreto do prefeito, Emanuel Pinheiro (MDB), autorizando o uso do nome social no Executivo. Evangélico, o vereador nega ser homofóbico. No entanto, o nobre edil não concorda com a validação, por exemplo, de um nome feminino a um homem, que trabalha no serviço público, ou vice-versa. “Cada um dá o que quer e o que tem pra dar, não sou contra isso”, disparou ao emendar: “Qualquer mudança no ambiente escolar precisa passar por esta Casa, ser debatido”, asseverou Toninho. Pelo decreto de Pinheiro, homens e mulheres “trans” podem usar nomes sociais nas dependências públicas de Cuiabá, sem qualquer constrangimento e determina punições para quem desrespeitar a medida.

Leia Também:  Endinheirados de Cuiabá usam a mídia local para debater suposto atropelamento de cãozinho em condomínio de luxo
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Registro Geral

Investigação pode revelar corrupção sistêmica; em 10 meses, foram drenados R$ 95 milhões a “serviços de terceiros”

Publicado

Investigação aponta que apenas um “postinho” de Cuiabá recebeu, nos últimos 12 meses, cerca de R$ 8 milhões dos cofres públicos

Uma gigantesca investigação, até agora mantida no mais absoluto sigilo, apura suposto esquema de desvio de dinheiro público em determinado poder constituído de Mato Grosso. Segundo fonte quentíssima da coluna, para irrigar o “propinoduto” milionário, a organização criminosa em tela teria quatro núcleos separados entre políticos, agentes públicos, empresários, operadores financeiros e laranjas. Para drenar tanta grana, os mentores do grupo utilizam-se de firmas distribuídas em diversos setores como papelarias, empresas de tecnologia da informação, postos de combustíveis, taxis-aéreo e até um buffet. Como forma de ocultar provas e informações aos órgãos de controle, o referido órgão camufla a sua contabilidade, mensalmente. No entanto, apenas nos últimos 10 meses, descobriu-se que foram liquidados a título de “serviços de terceiros” mais de R$ 95 milhões. “Estamos bem adiantados, quanto a este mar de lama. Não faremos ações midiáticas, mas teremos em mãos, uma peça acusatória perfeita, que trará resultados perante ao judiciário”, afiançou a alta fonte da coluna. Confira, abaixo, mês-a-mês de pagamentos estrondosos a terceiros (PJ):

Leia Também:  Após ser cassada por uso de caixa dois, Selma volta as ruas e testa popularidade na Praça das Bandeiras

Janeiro (R$ 13 milhões)

Fevereiro (R$ 9 milhões)

Março (10 milhões)

Abril (R$ 7 milhões)

Maio (R$ 17 milhões)

Junho (R$ 7 milhões)

Julho (R$ 1,1 milhão)

Agosto (R$ 7 milhões)

Setembro (R$ 7 milhões)

Outubro (R$ 17 milhões)

Total (R$ 95 milhões)    

Continue lendo

Registro Geral

PRIMEIRA MÃO: Fabinho deixa DEM e vai para o Podemos com garantia de concorrer a prefeito de Várzea Grande, em 2020

Publicado

Presidente da Câmara de Vereadores de VG, Fábio Tardin (DEM) fala a TV Cuiabá, na próxima segunda-feira (25), às 11h, sobre a relação do Legislativo com a prefeita, Lucimar Campos

O presidente da Câmara de Vereadores de Várzea Grande, Fábio Tardin, o Fabinho, vai mesmo deixar o DEM, partido liderado no município pelo senador Jayme Campos. Segundo fonte da coluna, o chefe do Legislativo têm 99% de chance de se filiar ao Podemos, legenda da senadora, Selma Arruda. De acordo com a mesma fonte, Fabinho sabe que a permanência no DEM, reduz suas possibilidades de encabeçar chapa majoritária para as próximas eleições, uma vez que a atual prefeita, Lucimar Campos (DEM), teria simpatia pelos nomes de Sílvio Fidelis (Educação) ou José Hazama (vice-prefeito). “Eles (Jaime e Lucimar) querem eleger um ‘criado’, que aceite suas ordens e seja obediente as suas determinações”, asseverou a fonte.

Leia Também:  Medeiros é acusado de vender voto e reage ao chamar colega de “vagabundo”; veja o vídeo
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana