conecte-se conosco


Mato Grosso

Todos os municípios de Mato Grosso apresentam risco baixo de contaminação da Covid-19

Publicado


A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou nesta segunda-feira (28.09) o Boletim Informativo n° 204 com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso. O documento mostra (a partir da página 11) que todos os 141 municípios do Estado configuram na classificação com risco baixo para o novo coronavírus. Pela segunda vez, nenhuma cidade de Mato Grosso foi classificada com risco muito alto, indicado pela cor vermelha que indica alerta máximo de contaminação ou amarela que indica alerta moderado.

Veja a tabela de classificação de risco por município

O sistema de classificação que indica o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades. Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana e os resultados são divulgados nos Boletins informativos da SES-MT.

Recomendações e cuidados

– Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

– Usar máscara quando sair de casa;

– Evitar aglomerações;

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Drogas são tiradas de circulação em seis bairros de Cuiabá e nove são detidos em flagrante

Publicado


Policiais militares de quatro batalhões prenderam nesta sexta-feira (23.10) nove homens por tráfico de droga em seis bairros da capital.

No São João Del Rey, um suspeito foi pego traficando em uma quitinete. Ele ainda tentou disfarçar, mas os militares do 24º BPM perceberam quando passavam de frente ao imóvel. Foram tiradas de circulação porções de maconha, cocaína, ácido bórico, uma balança, plástico filme e dinheiro.

No Nova Conquista, a equipe do 3º BPM foi informada que pessoas estariam traficando droga na região. Em diligência, os policiais perceberam que pessoas correram ao ver a viatura. Foi realizada uma vistoria no terreno onde o grupo estava e encontrado uma barra e meia de maconha, uma balança, uma faca e um rolo de plástico filme. Nenhum suspeito foi localizado.

No Parque Cuiabá, a denúncia apontava um homem que estaria traficando em uma praça no bairro. Suas características físicas e modus operandi foram passadas aos policiais que confirmaram a informação.  Na abordagem, o denunciado carregava uma porção de maconha e R$ 900. Ele alegou ser usuário e o dinheiro seria do auxilio emergencial. Em seu nome constou passagem criminal pelo mesmo motivo.

No Santa Izabel, um homem foi preso e um segundo suspeito identificado pelos militares do 10º BPM. Os dois seriam cunhados e traficavam em uma rua do bairro. Os policiais descobriram que a casa onde os homens estavam seria ponto de venda de entorpecente. Quando os agentes chegaram os suspeitos correram, ficando apenas um deles. Foram tiradas de circulação porções de maconha.

A segunda ocorrência atendida pelos militares do 10º BPM foi no bairro José Pinto que resultou na prisão de quatro homens. O grupo foi rendido em uma casa e já na entrada foram encontradas 11 porções entre maconha e pasta base de cocaína.

Na vistoria na casa, os policiais localizaram um pedaço e mais 80 porções menores de maconha já embaladas para venda e dinheiro.

No Jardim Umuarama, dois homens foram detidos pelos policiais do 3º BPM depois de serem pegos com uma porção de maconha. Eles estavam em uma motocicleta e foram parados para abordagem. O garupa era monitorado por tornozeleira eletrônica que estava desligada. Em seu nome constou outras passagens por tráfico de droga.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Pós-graduandos relatam experiências em estágio no Governo do Estado

Publicado


O estágio é na maioria das vezes a porta de entrada para o mercado profissional. Além de dar vivência e transformar teoria em ação do dia a dia, também ajuda a moldar o estudante dentro do ambiente de trabalho. Recentemente a vida de vários pós-graduandos ganhou novos rumos e trouxe uma nova oportunidade de aprendizado.

A pós-graduanda Lato Sensu em Direito Público, Raniely Benites Gonçalves, 26, está há três meses na Unidade Setorial da Procuradoria Geral do Estado no Gabinete da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag). Desde que chegou à Unidade, o seu dia a dia tem sido bem intenso, o vai e vem de processos administrativos e judiciais fazem parte da sua rotina de trabalho. “Como eu entrei no meio de uma pandemia havia bastante demanda, fiz de tudo um pouco”, relata.

Para reforçar o time da PGE e juntar-se à Raniely, Núbia de Freitas Fialho, 30, que faz pós em Direito Civil e Processual Civil, e é estagiária de primeira viagem, tem visto com bons olhos essa oportunidade, pois é importante para sua formação pessoal e profissional. “Quando estamos na graduação não temos noção de tudo que acontece aqui. Ainda mais o Estado que tem muitas secretarias, muitos assuntos”.

Conciliar o estágio e a faculdade não é uma tarefa fácil, porém é uma realidade vivida por muitos estudantes que buscam se aprimorar na área e adquirir experiência. Esse é o caso do mestrando em Psicologia, Matheus de Musis, 25, que viu no estágio a oportunidade de aliar o programa de pós-graduação com o trabalho.

Desde julho deste ano o Governo de Mato Grosso vem recrutando estagiários de pós-graduação. Atualmente estão em exercício em todo Executivo, 210 pós-graduandos. Vale ressaltar que Mato Grosso é um dos estados pioneiros a ter em seu quadro de estagiários, estudantes de pós-graduação.

O programa busca fazer com que o aluno aprofunde seus conhecimentos em determinada área, expanda o aprendizado e, ainda, invista no networking – estabeleça contato com pessoas com interesses em comum.

O estágio é uma atividade auxiliar na administração pública e propicia a conciliação do aprendizado acadêmico com a prática profissional.

Para Musis, o aprendizado adquirido faz enxergar outra área do conhecimento pouco explorada pelos psicólogos e que traz um diferencial para o seu currículo. “Estou aprendendo a fazer as rotinas de acolhimento – prestar um serviço de uma escuta qualificada – é um modelo de serviço da psicologia que a gente não vê em muitos lugares, instituições, mas é muito requisitado”.

De acordo com o titular da Seplag, Basílio Bezerra, o estágio, além de proporcionar o alinhamento da teoria à prática, coloca esses estudantes em contato com profissionais da área que escolheram seguir e oferece ao aluno a oportunidade de aprender de forma mais objetiva temas fundamentais para a sua profissão.

“O estágio complementa o processo de aprendizagem e possibilita que o aluno vivencie na prática situações reais do cotidiano profissional. Essa inclusão no âmbito profissional proporciona crescimento, aprendizado, autoconfiança e, principalmente, responsabilidade profissional e pessoal”, finaliza.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana