conecte-se conosco


Esportes

Timão faz grande segundo tempo e vira contra o Fortaleza, no Castelão

Publicado

Lance

Corinthians arrow-options
Reprodução/Corinthians

Corinthians comemora vitória fora de casa, no Castelão

A partida entre Corinthians e Fortaleza, neste domingo, mostrou a diferença que uma conversa no intervalo pode fazer. O Timão fez um primeiro ruim, saiu atrás no placar, mas voltou outro para a etapa final. Com uma nova grande atuação de Pedrinho, e gols de Boselli e Danilo Avelar, o Alvinegro venceu os cearenses por 3 a 1 e continua invicto após a parada para a Copa América. Com o resultado, a equipe paulista termina a 12ª rodada do Brasileiro na oitava posição.

LEIA MAIS: Atlético-MG empata com o Goiás e retoma posição no G4

A próxima rodada de Corinthians e Fortaleza no Brasileiro é de clássicos. No sábado, o Tricolor do Pici encara o Ceará, no Castelão, e no domingo, o Timão enfrenta o Palmeiras, em Itaquera. Antes, porém, os paulistas vão ao Uruguai duelar com o Montevideo Wanderers no jogo de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

LEIA MAIS: Santos bate o Avaí e assume a ponta isolada do Brasileirão

LEÃO MOSTRA AS GARRAS
O Fortaleza iniciou o duelo pressionando a saída de bola paulista. Aos três, Dias aproveitou a sobra de um chute de Romarinho e cruzou rasteiro para Wellington Paulista, mas Cássio fez o desvio providencial. O Leão ficou a centímetros de abrir o placar.

Leia Também:  Neymar leva “caneta” de sub-20 do Cruzeiro em treino e derruba o atleta; assista

GAVIÃO RESPONDE
Aos poucos, a superioridade do elenco alvinegro apareceu e o Timão avançou em campo. Vital, com um chute de longe, após bom pivô de Boselli, assustou. Pedrinho também foi bem. Cada vez mais maduro, o meia foi mais uma vez a válvula de escape do Timão e criou boas chances pelo lado direito de ataque.

LEIA MAIS: Flamengo vence clássico eletrizante contra o Botafogo no Maracanã

FESTA NO PICI
Depois da leve melhora corintiana, o Fortaleza voltou ao comando da partida. Kieza, após jogada de Wellington Paulista, e Roger, pelo alto, quase marcaram. O placar mexeu mesmo após o cruzamento de Gabriel Dias para Osvaldo. O camisa 11 cabeceou para trás, a bola bateu na perna de Manoel e entrou no gol defendido por Cássio, fazendo explodir o Castelão.

PEDRINHO É O CARA!
O Corinthians voltou para o segundo tempo mostrando bom volume de jogo pela esquerda, mas não conseguia finalizar. Até que Pedrinho apareceu. Primeiro, o camisa 38 cruzou da direita, Boselli ganhou da zaga cearense pelo alto e empatou de cabeça. Depois, o jogador de 21 anos recebeu de Vital, fez linda jogada individual para ganhar de Roger Carvalho e bater cruzado, virando tudo para o Timão.

Leia Também:  Pré-Copa do Nordeste 2020: Campinense sai na frente do Náutico

MÍSSIL NADA ALEATÓRIO
O golpe de misericórdia da equipe paulista contra os cearenses veio dos pés de Danilo Avelar. O lateral-esquerdo arriscou do meio da rua e acertou a gaveta de Felipe Alves, sem chance de defesa para o goleiro. Era o 3 a 1 e a virada alvinegra no Ceará .

FICHA TÉCNICA
FORTALEZA 1 X 3 CORINTHIANS

Local: Castelão, Fortaleza (CE)
Data-Hora: 28/7/2019 – 19h
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO) Nota L!:
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Cristhian Passos Sorence (CBF-GO)
Árbitro de vídeo: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes de árbitro de vídeo: Rodrigo Nunes de Sá (CBF-GO) e Leone Carvalho Rocha (CBF-GO)
Gramado: Regular
​Renda e Público: não divulgado
Cartões Amarelos: Juninho, Gabriel Dias (FOR); Michel (COR)

GOLS: Osvaldo 39’/1ºT (1-0), Boselli 21’/2ºT (1-1), Pedrinho 25’/2ºT (1-2), Danilo Avelar 35’/2ºT (1-3)

FORTALEZA
Felipe Alves; Gabriel Dias, Quintero, Roger Carvalho (Felipe Pires, 31’/2ºT) e Carlinhos; Felipe, Juninho, Romarinho (Marlon, 19’/2ºT) e Osvaldo (Edinho, 12’/2ºT); Kieza e Wellington Paulista. Técnico: Rogério Ceni

CORINTHIANS
Cássio; Michel Macedo (Fagner, 23’/2ºT), Gil, Manoel e Danilo Avelar; Gabriel; Pedrinho, Junior Urso (Matheus Jesus, 43’/2ºT), Mateus Vital e Everaldo (Clayson, 30’/2ºT); Boselli. Técnico: Fábio Carille

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

Série B – Abatido, Cuiabá perde em Recife para o Sport, mas dorme na 12ª posição na tabela

Publicado

Abatido ainda com as mudanças recentes, o Dourado foi presa fácil no Recife / Fotos: Ascom Cuiabá

O Cuiabá voltou a perder e o Sport Recife se firmou como vice-líder, ampliando a vantagem para o terceiro lugar e se projetou com um passo importante para o acesso às elite – o retorno, na verdade – do futebol brasileiro. O Rubro-Negro recebeu o Cuiabá nesta segunda-feira e venceu a equipe do Centro-Oeste por 2 a 0, em confronto válido pela 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

A vitória, junto com o empate do Atlético-GO em casa, ampliou a vantagem do Leão na vice-liderança. O time pernambucano agora tem 52 pontos, cinco atrás do líder Bragantino, que tem um jogo a menos, e quatro a mais que o 3º colocado goiano. O Sport também abriu provisoriamente 11 pontos em relação ao América-MG, primeira equipe fora do G4 e que ainda joga na rodada, se consolidando no grupo de acesso à primeira divisão.

Já o time visitante, que recentemente trocou de treinador, ficou definitivamente longe da disputa pelo G4, se aproximando cada vez mais da luta contra a degola. O Dourado, que ainda tem um jogo a menos, soma 36 pontos na 12ª colocação e ainda pode ser ultrapassado provisoriamente pelo Oeste na tabela. A equipe está a sete pontos do grupo de acesso e a seis do Z4. O Oeste joga nesta quinta-feira com o líder Bragantino e, se ganhar, supera o Dourado.

Leia Também:  Corinthians-SP e Iranduba-AM será no Pacaembu (SP)

O time da casa abriu o placar logo no início, ainda aos 12 minutos com Sander. Após bola em profundidade de Charles, Hernane se antecipou e fez o corta-luz para a passada de Sander. O lateral invadiu a área, bateu cruzado e contou com falha do goleiro, que aceitou chute embaixo das pernas, para abrir o placar.

Eduardo Henrique comandou o Dourado no jogo do Arrudão, nesta  2ª

Na segunda etapa, os mandantes aproveitaram um rápido contra-ataque para matar o jogo. Aos dez minutos, Hernane conduziu pelo centro e abriu na direita para Marquinho invadir a área e bater cruzado. Matheus Nogueira espalmou e a bola sobrou livre para Pedro Carmona empurrar para as redes.

FICHA TÉCNICA

SPORT 2X0 CUIABÁ

Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE)

Data: 14 de outubro de 2019 (segunda-feira)

Horário: 20h (de Brasília)

Arbitragem: Diego Pombo Lopez (BA)

Auxiliares: Edevan de Oliveira Pereira e Luanderson Lima dos Santos (BA)

Cartões Amarelos: Toty, Marino, Alê e Jean Patrick (Cuiabá)

Gols: Sander, aos 12 minutos do 1º tempo, e Pedro Carmona, aos 10 minutos do 2º tempo, para o Sport

Leia Também:  Bolsonaro compara virada histórica do Fluminense à governar o país

—-

SPORT: Mailson; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; João Igor, Charles e Pedro Carmona (Yago); Marquinho (Hyuri), Guilherme e Hernane Brocador (Elton).

Técnico: Guto Ferreira

CUIABÁ: Matheus Nogueira; Toty, Ednei, Anderson Conceição e Paulinho; Marino, Jean Patrick (Alex Ruan); Lucas Braga e Alê; Felipe Marques (Mateus Anderson) e Gilmar (Jefinho).

Técnico: Eduardo Henrique

Continue lendo

Esportes

Cuiabá acerta com técnico rodado, com títulos e acessos com times do Norte e Nordeste

Publicado

Na próxima rodada da Série B, a 29ª, o Cuiabá já terá técnico novo, o substituto de Itamar Schulle, desligado após a derrota para o Vitória-BA, nesta sexta-feira 11. O Cuiabá já tem um novo comandante para a sequência da Série B do Campeonato Brasileiro. O Dourado acertou, neste sábado (12), a contratação do técnico Marcelo Chamusca, nascido em Salvador, de 53 anos, que estava no CRB-AL.

O próximo jogo do Cuiabá na Série B será na segunda-feira, diante do Sport-PE, na Ilha do Retiro, pela 29ª rodada da competição. O Dourado é o 12º colocado, com 36 pontos ganhos.

Chamusca tem acessos importantes em seu currículo. Levou o Ceará à Brasileirão em 2017, acesso com o Guarani-SP para a Série B em 2016 e com o Salgueiro-PE para a Série C do Brasileiro em 2013. Também foi campeão cearense pelo Ceará, e campeão paraense de 2017, com o Paysandu.

Já trenou também a Ponte Preta, o Fortaleza, Remo, Sampaio Correia e CRB, principalmente.

Leia Também:  Juninho Paulista assume Diretoria de Desenvolvimento do Futebol Brasileiro
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana