conecte-se conosco


Internacional

Texas: atirador alertou no Facebook que iria atacar uma escola

Publicado

source
Autor dos disparos foi identificado como Salvador Ramos, de 18 anos
Reprodução: redes sociais – 25/05/2022

Autor dos disparos foi identificado como Salvador Ramos, de 18 anos

O atirador do Texas que assassinou 19 crianças e dois professores em uma escola na cidade de Uvalde, na terça-feira (24), fez postagens no Facebook antes de abrir fogo no local, informou nesta quarta-feira (25) o governador do estado, o republicano Greg Abbott. Outras 17 pessoas ficaram feridas no ataque , mas não correm risco de vida.

Cerca de 30 minutos antes de chegar à escola, o atirador avisou que dispararia contra sua avó para, logo depois, relatar que havia atirado nela. Então, escreveu em um terceiro post que atacaria uma escola. Sua avó, que foi atingida no rosto, sobreviveu e chamou a polícia.

“A terceira mensagem, provavelmente menos de 15 minutos antes de chegar à escola, dizia: ‘Vou abrir fogo em uma escola primária'”, especificou Abbott em uma coletiva de imprensa.

Imediatamente após a divulgação da informação, a rede social afirmou que o agressor publicou as advertências no aplicativo de mensagens privadas do Facebook e, portanto, as mensagens não foram descobertas até depois da tragédia. O Facebook está “cooperando plenamente” com a polícia que investiga o massacre, disse Andy Stone, porta-voz da empresa matriz do Facebook, Meta.

O massacre de terça-feira na Robb Elementary School em Uvalde, a 130 quilômetros a Oeste de San Antonio, é o mais recente de uma série de chacinas que abalaram o país e o pior evento do tipo em uma escola em mais de dez anos.

O atirador, identificado como Salvador Ramos, um estudante do ensino médio de 18 anos, fugiu da casa onde vivia com os avós e bateu o carro perto da Robb Elementary School. Ele entrou na instituição educacional por uma porta do fundos carregando um fuzil de assalto AR-15 e vestindo com um uniforme tático. Ele percorreu dois corredores curtos e em seguida entrou em uma sala de aulas do lado esquerdo, afirmou Abbott.

Segundo autoridades, ele obstruiu a sala de aula da quarta série, onde assassinou os estudantes e professores antes de ser morto por um oficial da Patrulha de Fronteira dos EUA, disse Abbott.

Os posts no Facebook foram os únicos alertas anteriores à chacina, disse o governador, acrescentando que Ramos não parecia ter ficha criminal ou histórico de problemas de saúde mental.

Ramos comprou dois fuzis AR-15 e 375 cartuchos de munição dias antes do ataque, pouco depois de completar 18 anos, disseram vários veículos de imprensa americano citando um senador estadual que recebeu informações da polícia. Na hora do ataque, ele deixou um dos fuzis no carro. Durante a coletiva, Abbott foi confrontado pelo democrata Beto O’Rourke, ex-congressista de El Paso e oponente político que o acusou de fracassar em lidar com a crescente violência armada. O’Rourke, que disputa o governo do Texas contra Abbot, interrompeu a coletiva aos gritos, afirmando que o governador e outros republicanos não estão fazendo nada para resolver o problema.

Debate nacional O massacre, que ocorreu apenas dez dias depois de um supremacista branco matar dez pessoas e ferir outras três em um mercado em um bairro majoritariamente negro em Buffalo, cidade no estado de Nova York, reavivou um debate nacional sobre as leis de armas do país.

Em um discurso na noite de terça, o presidente Joe Biden pediu novas restrições para garantir a segurança das armas.

“Os fabricantes de armas passaram duas décadas vendendo agressivamente armas de assalto, o que os deu um enorme lucro”, — disse Biden. “Temos que nos perguntar: quando vamos enfrentar o lobby das armas? Quando vamos fazer o que sabemos, dentro de nós, que precisa ser feito? Pelo amor de Deus, temos que ter a coragem de enfrentar a indústria.”

Nesta quarta-feira, a Associação Nacional do Rifle, o lobby pró-armas mais poderoso dos EUA, culpou um “criminoso solitário e transtornado” pelo massacre.

Em uma breve declaração, a associação afirmou que, em sua reunião anual neste fim de semana em Houston, “nos comprometeremos a redobrar nosso compromisso para fazer com que nossas escolas sejam seguras”. No comunicado, a organização não mencionou o fato de o atirador ter comprado de forma legal a arma usada para lançar o ataque.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o perfil geral do Portal iG .

Fonte: IG Mundo

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Internacional

Tiroteio em Illinois: polícia prende suspeito de realizar ataque

Publicado

Robert E. Crimo tem 22 anos
Reprodução

Robert E. Crimo tem 22 anos


Robert E. Crimo III, que era buscado em conexão com o ataque a um desfile em Illinois, nos EUA, nesta segunda-feira (4) , foi detido, anunciaram aos autoridades em uma coletiva às 20h (21h em Brasília), segundo a rede americana CNN.

Quando questionadas, as autoridades disseram que ainda descrevem Crimo como uma “pessoa de interesse” no caso enquanto conduzem a investigação e tentam conectá-lo à cena do crime.

De acordo com Polícia de Highland Park, Crimo foi visto em seu carro por uma unidade policial do Norte de Chicago. Crimo fugiu quando a polícia tentou abordá-lo, levando a uma breve perseguição. O rapaz de 22 anos foi levado para o Departamento de Polícia de Highland Park.

O ataque

Um ataque a tiros deixou seis mortos e mais de 20 feridos e fez com que centenas de pessoas fugissem do Desfile do Dia da Independência, em Illinois, nos EUA, na manhã desta segunda-feira (04).


O incidente aconteceu cerca de 10 minutos após o início da cerimônia no centro da cidade de Highland Park, por volta das 10h (horário local).

Reação de Biden

O presidente norte-americano, Joe Biden, disse estar chocado com o ataque e prometeu dar “o total apoio do governo federal” aos investigadores.

“A violência armada sem sentido mais uma vez trouxe sofrimento a uma comunidade americana neste Dia da Independência”, disse, lembrando que assinou recentemente uma lei de segurança de armas.

“Há muito mais trabalho a fazer e não vou desistir de lutar contra a epidemia de violência armada”, finalizou.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Internacional

Tiroteio em Illinois: polícia identifica suspeito de atirar em desfile

Publicado

Robert E. Crimo tem 22 anos
Reprodução

Robert E. Crimo tem 22 anos

O atirador do desfile de 4 de julho nos arredores de Chicago seria Robert E. Crimo, um jovem de 22 anos, morador da região. Autoridades locais informaram que o criminoso, também conhecido como “Awake the Rapper”, está “armado e é muito perigoso”. Ele está fugindo dirigindo um Honda Fit prata.

De acordo com um cartaz de “procurado” publicado pelo FBI para auxiliar nas buscas, o criminoso é um homem branco magro com olhos e cabelos castanhos. Ele tem cerca de 1,80m de altura.

“O FBI em Chicago está auxiliando a Força-Tarefa de Crimes Graves do Condado de Lake em Illinois na busca por Robert E. Crimo, III. Ele está sendo procurado por seu suposto envolvimento no tiroteio de vários indivíduos em um desfile do Dia da Independência em Highland Park”, informa o comunicado.

O ataque

Um ataque a tiros deixou seis mortos e mais de 20 feridos e fez com que centenas de pessoas fugissem do Desfile do Dia da Independência, em Illinois, nos EUA, na manhã desta segunda-feira (04).

O incidente aconteceu cerca de 10 minutos após o início da cerimônia no centro da cidade de Highland Park, por volta das 10h (horário local).

Reação de Joe Biden

O presidente norte-americano, Joe Biden, disse estar chocado com o ataque e prometeu dar “o total apoio do governo federal” aos investigadores.

“A violência armada sem sentido mais uma vez trouxe sofrimento a uma comunidade americana neste Dia da Independência”, disse, lembrando que assinou recentemente uma lei de segurança de armas.

“Há muito mais trabalho a fazer e não vou desistir de lutar contra a epidemia de violência armada”, finalizou.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana