conecte-se conosco


Educação

Termina dia 27 inscrição para bolsas de estudo da Capes

Publicado

Terminam na próxima quarta-feira (27) as inscrições para as bolsas de estudo oferecidas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) para projetos que busquem melhorar as condições de vida de quem passou por eventos extremos, como desastres relacionados a emergências climáticas e acidentes ambientais. São oferecidas 60 bolsas de doutorado e pós-doutorado. As inscrições devem ser feitas por meio do Sistema de Inscrições da Capes (Sicapes).

Serão ofertadas 36 bolsas de pós-doutorado e 24 bolsas de doutorado, em um número máximo de 12 projetos. Os projetos aprovados terão vigência de 40 meses, com previsão para início das atividades em dezembro de 2022.

Segundo a Capes, o objetivo é “estimular e apoiar projetos de formação de recursos humanos de alto nível com foco em investigação acadêmico-científica para o desenvolvimento de políticas e projetos de prevenção, mitigação e resposta a situações de vulnerabilidade social decorrentes de emergências climáticas”.

Os projetos também devem analisar o impacto social, econômico e familiar de eventos ambientais que tenham ocasionado o estado de calamidade pública, tal como enchentes, deslizamentos, incêndios e seca, no Brasil, entre 2020 e 2022.

O chamamento público integra o edital Programa de Desenvolvimento da Pós-Graduação (PDPG) Vulnerabilidade Social & Direitos Humanos e faz parte do Programa Emergencial de Prevenção e Enfrentamento de Desastres Relacionados a Emergências Climáticas, Eventos Extremos e Acidentes Ambientais, da Capes.

Entre os requisitos para concorrer às bolsas estão ser docente ou pesquisador vinculado a programa de pós-graduação recomendado pela Capes, ter título de doutor, ter currículo cadastrado e atualizado na Plataforma Lattes.

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Educação

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Educação

Advogado e educador cuiabano é indicado para conselheiro federal no MEC

Publicado

Alex Vieira (à direita) e Júlio Martins (Esq) Presidente Nacional da ABRADE

A Abrade – Associação Brasileira de Direito Educacional, com sede em Brasília, indicou o cuiabano Alex Vieira Passos para compor a lista tríplice de recomposição do Conselho Nacional de Educação, órgão integrante do MEC – Ministério de Educação . O cargo é um dos mais altos na educação Brasileira.

A atuação do Conselho Nacional do MEC é editar regras, portarias e resoluções que regem a educação pública e privada no País. Os conselheiros também analisam a aprovação de credenciamento de faculdades e autorização de cursos de graduação entre outra demandas .

Alex é cuiabano , advogado, especialista nas áreas de direito e educação, empresário do segmento educacional técnica e superior nos estados de Mato Grosso , Mato Grosso do Sul e Rondônia. Em 2018 a 2020 foi secretário de educação de Cuiabá e é conselheiro estadual de educação de Mato Grosso; “ Sei o quanto é concorrido a escolha deste cargo, mas já sinto vitorioso só de ser indicado” disse Alex .

A escolha dos novos conselheiros de educação deve ocorrer até o fim deste ano, cabe o crivo do Ministro da Educação e com aval do Presidente da República, que edita e assina procedimento oficial.

Continue lendo

Educação

Fies: pré-selecionados devem enviar informações até esta sexta-feira

Publicado

Os candidatos pré-selecionados ao Fundo de Financiamento Estudantil ( Fies) deverão apresentar de hoje (17) até a próxima sexta-feira (19) a complementação das informações das inscrições pelo endereço eletrônico.

Em 2022 foram ofertadas 110.925 vagas para o Fies. Pelas regras do programa, todos os não pré-selecionados na chamada única serão, automaticamente, incluídos na lista de espera. “Cabe ao candidato acompanhar, na página do Fies, sua eventual pré-seleção durante as convocações por meio da lista de espera, que serão realizadas no período de 22 de agosto a 22 de setembro”, alertou o Ministério da Educação.

Após a etapa de complementação da inscrição, é necessária a validação das informações declaradas no ato da inscrição. O prazo é de até cinco dias úteis após a data da complementação da inscrição, realizada na página do Fies, no portal Acesso Único.

O procedimento de validar as informações deve ser realizado diretamente na instituição de ensino superior para a qual o candidato tenha sido pré-selecionado. Cabe à instituição informar ao estudante sobre o meio a ser utilizado para o recebimento da documentação exigida, que pode ser em formato físico ou digital.

FIES

O Fies é um programa do Ministério da Educação que tem como objetivo conceder financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC e ofertados por instituições de educação superior não gratuitas aderentes ao programa.

Ouça também na Radioagência

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Educação

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana