conecte-se conosco


Mato Grosso

Tenente da Polícia Militar de MT conclui curso em 2º lugar em Roraima

Publicado

Depois de mais de 90 dias em regime integral de aulas teóricas e treinamentos práticos no 1º Curso de Operações Especiais Ambientais(Copom), na Polícia Militar de Roraima, a tenente Joelma Carvalho de Melo Bressanelli, 24, do Batalhão Ambiental da Polícia Militar mato-grossense, retorna à Cuiabá com o Certificado de Conclusão do Curso e a uma homenagem institucional pela segunda colocação.

Também retornou com a sensação de missão cumprida, o soldado Wagner Ferreira, do mesmo Batalhão e concluinte do mesmo curso.

Aluna em uma turma composta por 32 policiais militares de cinco Estados (São Paulo, Acre, Roraima, Maranhão e Mato Grosso), a tenente Joelma passou por treinamentos aquático, em área de selva e outros ambientes quase inóspitos.

Entres as disciplinas ministradas no curso estavam: Salvamento Aquático, Sobrevivência na Selva, Tiro Embarcado e Operações Ribeirinhas. As aulas de Sobrevivência na Selva, com duração de 10 dias, por exemplo, foram ministradas por uma equipe do 7º Batalhão de Infantaria de Selva, do Exército Brasileiro.

A instrução de ‘Tiro Embarcado’, explica a tenente, prepara o policial para situações mais extremas, de confronto com bandidos durante ações policiais. Nos 90 dias de curso Joelma emagreceu seis quilos.

A tenente diz que o curso exigiu muito esforço e resistência física, mas todo empenho e dedicaram valeram especialmente pela oportunidade de troca de experiência e de convivência operacional com policiais de outras instituições. Também, observa, pelo conhecimento adquirido nas aulas com instrutores de unidades de Segurança Pública como Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Exército, Marinha, ICMBio(Ibama).  

“Cansativo, porém foi gratificante e produtivo participar desse curso”, avalia Joelma.  

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Sesp deflagra operação integrada para combater crimes no Nortão

Publicado


.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) deflagrou, na manhã desta terça-feira (04.08), no município de Feliz Natal (a 538 km ao Norte de Cuiabá), uma operação integrada para combater os crimes ambientais na região. As ações se concentram nas zonas urbana e rural da cidade e contempla as localidades de Entre Rios e Santa Terezinha, distritos do município de Nova Ubiratã.

Uma das frentes do trabalho repressivo de segurança pública é o combate de extração ilegal de madeira, contudo, outras atividades visam também o enfrentamento aos crimes de homicídio, roubo, furto e tráfico de drogas nos bairros de Feliz Natal e nos distritos de Nova Ubiratã.

Devido a posição geográfica de Feliz Natal, que faz parte da Amazônia Legal, com grande potencial de exploração da madeira, nos últimos anos houve grande fluxo de pessoas e houve também fomento da prática de extração ilegal de madeira no Assentamento Ena, o que vem causando aumento de outros crimes como roubo ao patrimônio não só na cidade, como na zona rural, especialmente nas fazendas, além do tráfico e homicídios.

A operação denominada “Repressão Feliz Natal” foi deflagrada pela adjunta de Integração Operacional (Saiop), da Sesp e é coordenada pela Região integrada de Segurança Pública (Risp 3), de Sinop.

Integram a operação, os profissionais da Polícia Militar (PM), Polícia Judiciária Civil (PJC), Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Politec, Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), Sistema Penitenciário, Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Até agora foram apreendidos arma de fogo, 10 munições, além de vários materiais de pesca predatória como espinhel, tarrafa, rede e outros materiais e a localização de vários pontos de desmate ilegal dentro da reserva do Assentamento Ena.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Cão fareja droga e mulher é presa tentando ingressar com ilícitos em presídio

Publicado


.

Cão farejador da Penitenciária da Mata Grande, em Rondonópolis, alertou aos policiais penais que havia algo de errado no ventilador que era entregue por uma mulher nesta terça-feira (04.08), dia em que familiares podem levar roupas e objetos de higiene aos recuperandos da unidade.

Por volta das 8h30, uma mulher chegou na unidade com o ventilador e ficava o tempo todo mexendo no próprio celular. Quando o cão fez o alerta, os policiais penais desmontaram o ventilador e encontraram duas porções de maconha, 1 celular dual chip, bateria e carregador.

A mulher e os objetos aprendidos foram encaminhados para a delegacia de Polícia. Já o recuperando de 20 anos, que iria receber o material ilícito foi encaminhado para a ala de segurança da unidade.

A presença dos cães farejadores tem ajudado a Polícia Penal a flagrar a tentativa de ingressar com materiais ilícitos na unidade.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana