conecte-se conosco


Mato Grosso

Técnicos recebem qualificação para atuar na cadeia produtiva do leite

Publicado

Nesta quinta-feira (10.10), termina o 20º módulo da Capacitação Continuada de Técnicos da Cadeia Produtiva do Leite, realizado pela Embrapa Agrossilvipastoril por meio do Programa MT Produtivo – Leite da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf). A capacitação conta com a participação de 47 técnicos da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) e outros. O evento é realizado no auditório da Embrapa, no município de Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá).

Com duração de três dias (8 a 10.10), a iniciativa visa capacitar os técnicos de forma contínua para implementação de novas tecnologias a serem aplicadas no campo. Com isso busca-se o fortalecimento da assistência técnica e extensão rural em todo o Estado. A capacitação conta com uma parceria entre Seaf, Empaer, Organização das Cooperativas do Brasil (OCB), Senar-MT e Superintendência Federal de Agricultura no Estado de Mato Grosso.

Entre os temas abordados estão a manipulação de dietas para rebanho leiteiro, técnicas de reprodução assistidas para rebanho leiteiro, doenças relacionadas à reprodução e avaliação e prospecção de demandas. A programação será encerrada na tarde de quinta com uma avaliação do módulo e discussão para levantamento de demandas e temas para serem abordados nos próximos encontros da capacitação.

O presidente da Empaer, Renaldo Loffi, fala que desde 2011 os técnicos da Empaer participam da Capacitação Continuada promovida pela Embrapa. Ele destaca que foram estruturados processos de capacitação continuada em cadeias de grande importância para o estado. Além do leite, também fazem parte as cadeias da fruticultura, olericultura, piscicultura, mandiocultura, sistemas agroflorestais, integração lavoura-pecuária-floresta e apicultura. “Estes participantes serão multiplicadores, tendo como missão passar o conhecimento adquirido para colegas extensionistas e posteriormente para os produtores”, esclarece.

Segundo Loffi, a Empaer aposta no sistema de capacitação continuada de seus técnicos. Por isso, a empresa está buscando melhorar a gestão do processo, inclusive, com a nomeação de um representante em cada grupo gestor das principais cadeias produtivas do estado. E acrescenta que esse processo é fundamental para que as tecnologias cheguem até o produtor.

O leite é considerado um dos produtos mais importantes para a agricultura familiar

O engenheiro agrônomo da Empaer, José Carlos Rodrigues dos Santos, é responsável pela cadeia produtiva da bovinocultura e comenta que a atividade leiteira está presente em praticamente todos os municípios do Estado. O leite é considerado um dos produtos mais importantes para a agricultura familiar e a principal opção de produção para a maioria dos assentados da Reforma Agrária.

Conforme dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano de 2017 a produção leiteira de Mato Grosso foi de 745,851 milhões de litros para 511,247 mil vacas ordenhadas. A produtividade média foi de 1.458,9 litros por vaca/ano. Rodrigues explica que o Estado ficou dentro da média da região Centro-Oeste, porém 34,55% abaixo da média nacional, que foi de 1.963 litros/vaca/ano.

Para fortalecer a cadeia produtiva do leite e difundir novas tecnologias, José Carlos informa que a Seaf estará implantando Unidades de Referência Tecnológica (URT), visando o aumento da produtividade, produção, qualidade do leite e modernização das indústrias. O Programa do Leite prevê que em quatro anos (2019 a 2022) serão atendidos 95 municípios com a implantação das URTs, alcançando 12.565 Unidades de produção Familiar (UPF) com serviços de assistência técnica, extensão rural e fomento.

“Além dos atendimentos individuais às UPF’s, serão preconizadas diversas atividades com metodologias coletivas, como por exemplo, dias de campos, visitas técnicas e outros, como meio para capacitar os produtores dentro de uma visão tecnologicamente sustentável, economicamente viável, socialmente justa e ambientalmente correta”, conclui José Carlos.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mato Grosso

Curso de Descentralização de Gestão Ambiental de Querência está com inscrições abertas

Publicado

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente de Mato Grosso (Sema-MT) está com inscrições abertas para o Curso de Descentralização da Gestão Ambiental, no município de Querência (962 km de Cuiabá no sentido nordeste). Os interessados podem se inscrever até o dia 14 de junho, neste link, disponível no site da Sema.

O curso, dividido em dois módulos, será realizado entre 1º de junho e 1º de julho. O primeiro será por meio de vídeos-aula e servirá para introduzir os conceitos básicos para os técnicos municipais. O modulo 2 será presencial e focado na formação prática voltada ao licenciamento e fiscalização ambiental. A carga horária é de 60 horas.  

O módulo presencial será ministrado entre 27 de junho e 1º de julho, entre 8h e 11h – 13h e 17h30, na Câmara Municipal do município.

O curso é coordenado pela Superintendência de Educação Ambiental e Atendimento ao Cidadão e pela Superintendência de Gestão de Desconcentração e Descentralização e conta com o apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Querência e da Diretoria da Unidade Desconcentrada de Barra do Garças da Sema/MT.

O público alvo é formado por gestores e técnicos de órgãos municipais de meio ambiente e dos Consórcios Públicos Intermunicipais, habilitados ou em processo de habilitação, que executarão atividades de licenciamento, monitoramento, fiscalização e educação ambiental de competência municipal.

O curso visa cumprir o disposto no Art. 14 da Resolução 41/2021-CONSEMA/MT ao estabelecer que “caberá ao Órgão Ambiental Estadual criar Programa de Capacitação para os gestores municipais, com o objetivo de orientar e dar apoio técnico para ações administrativas de licenciamento, monitoramento e fiscalização ambiental”, em consonância com a Lei Complementar nº 140 de 08/12/2011.

Temas Abordados:

Conceito e procedimentos gerais do licenciamento ambiental; LAC e LAS; Gestão de Resíduos Sólidos – PGRS digital; Redesimples; Unidade de Conservação; Educação Ambiental; Analise PEF, CCSEMA e CAR; Legislação Ambiental; Procedimento Administrativo Ambiental; Recursos Hídricos; Geo-Monitoramento Ambiental; e Geoportal

Informações:

Mais informações podem ser obtidas junto à Superintendência de Gestão de Desconcentração e Descentralização (SGDD) e à Superintendência de Educação Ambiental e Atendimento ao Cidadão (SUEAC), em Cuiabá/MT, pelos telefones:

SGDD (65) 3613 7379 e (65) 3613 7248

SUEAC (65) 3645-4962

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Politec é acionada para apurar causas do acidente na BR-163 entre ônibus e carreta

Publicado

A Gerência de Criminalística da Politec de Sinop (distante 479 quilômetros da capital) foi requisitada para a realização da perícia para apurar as causas e circunstâncias do acidente ocorrido nesta terça-feira (17.05) no km 799 da BR-163, envolvendo um ônibus e uma carreta.

No ônibus haviam 47 pessoas, incluindo o motorista. Diversas pessoas foram socorridas. Sete vítimas fatais estavam entre os ocupantes do ônibus.

As vítimas foram encaminhadas para a Gerência de Medicina Legal de Sinop, onde passarão pelos procedimentos de necrópsia e identificação técnica. No momento, os papiloscopistas aguardam o envio das documentações das vítimas para a realização do confronto das impressões digitais e posterior liberação dos corpos aos familiares.

Conforme o perito oficial criminal Leandro Valendorf, as análises no local do acidente, como marcas de frenagens na pista, permitiram identificar que o ônibus trafegava no sentido Sorriso – Sinop, e a carreta no sentido oposto, quando o ônibus invadiu a faixa e produziu a colisão na lateral da carreta. Em decorrência dessa colisão houveram danos no ônibus que acabaram por atingir os passageiros.

Os motivos que contribuíram para o acidente ainda serão analisados pela perícia e constarão no laudo pericial.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana