conecte-se conosco


Esportes

Técnico Cuca retorna a sua função no Santos após Covid-19

Publicado


Após a vitória por 2 a 1 sobre a LDU na última terça-feira (24), em Quito, no Equador, pelo duelo de ida das oitavas de final da Conmebol Libertadores de 2020, o Santos FC voltou a treinar na tarde desta quinta (26). E a principal novidade do trabalho no CT Rei Pelé foi o retorno do técnico Cuca, dos auxiliares Cuquinha e Eudes, e do preparador físico Omar Feitosa.

O quarteto estava em isolamento após testar positivo para Covid-19. Cuca, por sua vez, chegou a ficar nove dias internado em um hospital de São Paulo. O zagueiro Luiz Felipe, titular no triunfo sobre a LDU, vibrou com o retorno do comandante e dos membros da comissão técnica.

“Estamos felizes de mais em ver todos eles de volta. A gente sabe o quanto o professor Cuca queria estar aqui esses dias e não pôde. É uma doença que está tirando a vida de milhares de pessoas no mundo todo, então ficamos bem preocupados. Por isso é uma felicidade muito grande ter todos eles novamente trabalhando aqui no CT”, afirmou o defensor.

Podendo perder até por 1 a 0 na volta, o Peixe recebe a LDU na próxima terça (1), às 19h15, na Vila Belmiro. Antes disso, porém, a equipe encara o Sport neste sábado (28), às 17h, também na Vila, em duelo válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2020.

“No Santos FC não temos somente 11 titulares. Nosso grupo prova sua força a cada dia e pude ajudar a equipe a conquistar a vitória lá no Equador, mas ainda não tem nada ganho. Porém, já conversamos internamente sobre o foco do momento ser o Sport, falamos sobre a importância da vitória nesse jogo para voltarmos até a parte de cima da tabela. O Sport está em uma situação complicada e vem aqui para ganhar o jogo. Temos que fazer valer o fator casa para voltar lá pra cima”, concluiu Luiz Felipe.

O elenco do Santos FC realiza o último treino antes do duelo com o Leão na manhã desta sexta-feira (27), no CT Rei Pelé.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Matheus Costa e comissão técnica do Operário renovam contrato para 2021

Publicado


O Operário Ferroviário anunciou, na manhã desta quarta-feira (27), a renovação dos contratos do técnico Matheus Costa, do auxiliar técnico Leandro Niehues e do preparador físico Rodolfo Mehl para a temporada 2021.

Nesta temporada, o Fantasma disputa o Campeonato Paranaense, que inicia no dia 28 de fevereiro, e o Campeonato Brasileiro da Série B, com inicio em maio.

O trio chegou ao clube na segunda quinzena de outubro de 2020 e comandou o Fantasma na Série B. O alvinegro joga pela última rodada da competição nesta sexta-feira (29) contra o Botafogo-SP, às 19h15, no Estádio Santa Cruz. A equipe tem 54 pontos, 14 vitórias, 12 empates e 11 derrotas. No segundo turno, o Operário foi o melhor mandante, com sete vitórias em 10 jogos, e vem fazendo a segunda melhor campanha deste turno, com 29 pontos de 57 disputados.

Continue lendo

Esportes

Dawhan fala sobre a temporada e a marca de 50 jogos com a camisa do Ponte Preta

Publicado


A Ponte Preta treinou na tarde de terça-feira (26), de olho no último compromisso da temporada 2020-21 da série B, marcado para às 21h30 desta sexta-feira – contra o Figueirense, na casa do adversário. O volante Dawhan, que na última rodada completou 50 partidas com a camisa alvinegra (assim como o lateral Apodi), fala sobre a marca que atingiu pela Macaca.

“Fiquei muito feliz em poder completar 50 jogos pela Ponte Preta. Sei que não conseguimos atingir o objetivo principal, que era o acesso a série A. Porém, empenho e dedicação não faltaram e agradeço a Deus pelos 50 jogos nessa temporada”, diz o atleta.

Ele acrescenta que os impactos da pandemia tiveram diversas consequências na competição. “Foi uma temporada muito atípica, inclusive entrando um ano no outro. Todos nós buscamos fazer o nosso melhor pelo clube e por todos os nossos familiares, ainda que, infelizmente, não tenhamos conseguido o acesso”, reitera.

O jogador diz, porém, que –  depois que o acesso se tornou inviável, mesmo com toda a luta do elenco – tanto ele quanto os demais jogadores seguem se dedicando ao máximo para encerrar a competição honrando a camisa centenária da Ponte Preta. “Terminamos a temporada de cabeça erguida, tentando até o último minuto, e assim como demos tudo para vencer o CRB no último jogo em casa, vamos pra cima contra o Figueirense”, conclui.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana