conecte-se conosco


Mulher

Taís Araújo defende a legalização do aborto em programa do GNT

Publicado

source
Taís Araújo foi uma das convidadas do programa
Reprodução/Instagram/taisdeverdade

Taís Araújo foi uma das convidadas do programa

A atriz e apresentadora Taís Araújo foi uma das convidadas do “Saia Justa”, do canal GNT, na quarta-feira (1). O programa tem como proposta trazer mulheres para debater temas de interesse social e a edição foi sobre a legalização do aborto. No programa, Taís Araújo com outras convidadas defendem a legalização do procedimento. 

“Ninguém aqui está defendendo que todo mundo tem que fazer aborto. Não é sobre isso. Nenhuma religião é a favor do aborto. As religiões de matriz africana não são a favor do aborto. As religiões cristãs não são a favor do aborto. Ninguém é a favor do aborto”, disse Taís.

A apresentadora também argumentou que esta é uma questão de saúde pública, que não pode ser influenciada unicamente por valores pessoais ou doutrinas religiosas. “A gente está falando de uma situação de saúde pública, mulheres estão morrendo. Vamos olhar para isso com maturidade? E não botar a religião no meio”.

Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde em 2018, as complicações causadas por abortos inseguros são uma das principais causas de mortes maternas no Brasil. Os dados revelam que, em 2016, 203 mulheres morreram em decorrência de um aborto inseguro, o que equivale a uma morte a cada dois dias. 

Outras convidadas também se manifestaram em tom favorável, como Sabrina Sato, que chamou a atenção para o fato de a sociedade ignorar as mulheres que abortam, questionando quem elas são e o que as leva a colocarem as vidas em risco.

“O que está se passando na cabeça dessa mulher que está arriscando a própria vida, ela sabe que está fazendo algo que é proibido por lei. A gente tem que ter empatia, tem que se colocar no lugar das outras mulheres. Meio milhão de brasileiras fazem aborto todo ano e não vão deixar de fazer”, lembrou Sabrina.

Agora você pode acompanhar todos os conteúdos do iG Delas pelo nosso canal no Telegram. Clique no link para entrar no grupo. Siga também  o perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Mulher

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mulher

Influencer defende pele com diferentes texturas e exibe as espinhas

Publicado

Patsy, a influenciadora digital que promove
Instagram/Reprodução

Patsy, a influenciadora digital que promove “apreciação da acne”

Muitas influencers ensinam truques para esconder “imperfeições” do corpo e dão dicas sobre como usar filtros para ficar mais “atraente”. Uma moradora de Londres (Inglaterra) decidiu na contramão. Patsy mostra no Instagram o seu rosto como ele é: coberto de espinhas. Ela define a conta como uma “área de apreciação da acne”. A idea central é defender que as peles têm diferentes texturas.

“Vocês me tiraram do meu período mais sombrio e solitário e me ensinaram que posso aparecer e ser aceita com o meu verdadeiro eu. Vocês me mostraram que não preciso me esconder e sentir vergonha”, escreveu ela.

Entre no canal do  iG Delas no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre celebridades, reality shows e muito mais!

Patsy luta contra a acne há anos, mas agora quer parar de se estressar com a pele. Ela também quer encorajar outros a fazerem o mesmo.

“A batalha contra a minha acne está em andamento há algum tempo, mas não posso deixar que isso me impeça de me divertir e você também não deveria”, disse a londrina aos seguidores.

“Você não precisa se envergonhar da sua acne. Se você usa maquiagem ou não, é completamente normal ter textura”, acrescentou Patsy, que também documenta o progresso de tratamentos.

Siga também o perfil geral do  Portal iG no Telegram

A londrina explicou que a causa da sua acne cística é um desequilíbrio hormonal. Escolher equilibrar seus hormônios significou cuidar de seu corpo e lidar com inflamações, problemas intestinais, desintoxicação do fígado e problemas de saúde mental pelos quais ela passou.

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Mulher

4 tipos de mechas para cabelo

Publicado

4 tipos de mechas para cabelo
Matilde Freitas

4 tipos de mechas para cabelo

Veja como é possível mudar as cores dos fios sem a necessidade de pintá-los totalmente

As mechas são parecidas com as luzes. Porém, são mais largas e dão mais destaque aos cabelos. Existem vários tipos e cada um confere um resultado diferente. Duram, em média, de 3 a 5 meses, dependendo do crescimento dos fios.

Assim como os demais procedimentos de pintura, mechas exigem cuidados. “Não lave na água quente, pois desbota a cor das mechas, hidrate muito e use filtro solar capilar para proteger dos raios solares, que também levam a cor embora”, adverte a hair stylist Nete Crivellari.

A seguir, Nete Crivellari cita alguns exemplos de mechas para cabelos.

1. Sombré

São mechas finas e espaçadas, descem da raiz para as pontas, preservando a cor de fundo, mas deixando as pontas muito mais iluminadas.

> 10 dicas para diminuir a queda de cabelo

2. 3D

São usados até 3 tons diferentes para dar um efeito 3D ao cabelo.

3. Flashes

Iluminam a parte externa do cabelo , dando um efeito de quem tomou sol. Clareia os fios próximos à nuca, têmporas, em volta das orelhas e parte de cima da cabeça.

4. Californianas

Concentram os fios loiros próximos às pontas dos cabelos, e proporcionam um efeito queimado de sol.

Cuidados antes de fazer as mechas

Antes de fazer as mechas, consulte um cabeleireiro e veja se o seu cabelo está preparado. “É indispensável avaliar a estrutura dos fios , se já fez alisamento, colorações anteriores, se usa secador/chapinha diariamente. É necessário fazer uma mecha teste, avaliando a estrutura para ver se conseguimos fazer as mechas e não quebrar os fios”, explica a hair stylist. Feito isso, é só escolher o tipo que combina com você.

Confira mais dicas para cuidar dos cabelos na  revista ‘Inspire-se Beleza’

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana