conecte-se conosco


Carros e Motos

Suzuki Burgman elétrico inicia testes para o seu lançamento em 2020

Publicado

Suzuki arrow-options
Divulgação

Suzuki Burgman EV será baseado na versão Street (foto) e terá tecnologias similares aos equivalentes da Honda e Yamaha

O Suzuki Burgman foi apresentado em uma nova versão elétrica na Índia. Como uma resposta à Honda e à Yamaha, os primeiros testes estão agendados para o início do ano que vem, quando o desenvolvimento do projeto será efetivamente concluído. Por mais que não demore para as vendas se iniciarem por lá, caso venha ao Brasil, não será antes do fim de 2020 ou até de 2021. Isso porque um dos pré-requisitos da marca para o seu lançamento é a implementação de uma rede de postos de recarga.

LEIA MAIS: Honda e Yamaha revelam novos scooteres elétricos que estarão no Salão de Tóquio

Outro ponto que justifica certa urgência para o lançamento do novo Suzuki Burgman EV é a pressão do governo indiano em reduzir emissões de poluentes, com planos de, inclusive, banir motocicletas com motores menores que 150 cc até 2025. Vale lembrar que o projeto teve parceria com a Kawasaki, Honda e Yamaha, sendo que as duas últimas já apresentaram seus scooteres elétricos .

LEIA MAIS: Marca de scooters Kymco revela novo modelo elétrico, que pode vir ao Brasil

Consolidação no mercado ainda levará um tempo

Suzuki arrow-options
Divulgação

Com desempenho de motos menores, a novidade precisará de infraestrutura urbana antes de seu lançamento

Segundo Satoshi Uchida, diretor da divisão de motos da Suzuki indiana: “Apesar das políticas governamentais urgentes, a maturação nas vendas da motocicleta elétrica não será imediata. Leva um tempo até que o consumidor se acostume com o conceito, algo que só é praticável com uma rede de recarga espalhada pela cidade”.

LEIA MAIS: Veja quais são os 5 scooteres novos mais baratos do Brasil

Se o modelo — que ainda não teve especificações reveladas — seguir a linha dos rivais E01, E02 e EC-05 da Yamaha, ou dos Honda Benly e e Gyro e, terá a possibilidade de, além de recarregar nas estações, trocar de bateria nesses locais também.

Quanto ao desempenho do Suzuki Burgman elétrico, será equivalente aos scooteres de cilindrada mais baixa, mas com uma autonomia que pode passar dos 100 km. Além de não emitir poluentes, os principais atributos, entretanto, seriam o da praticidade e até o de custos de manutenção mais reduzidos.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carros e Motos

Fusca e Gol lideram os carros antigos mais vendidos na internet

Publicado


source

Alguns modelos de carros acabam ficando tão enraizados na cultura de uma sociedade que, mesmo anos depois de saírem de linha, ainda são objetos de desejo para muitos apaixonados e mesmo para aqueles que não são tão ligados pelo tema, mas para quem esses carros antigos despertam boas memórias do passado.

Para mostrar que ainda há espaço para os “velhinhos” nesses tempos de compras pela internet, o site de comércio eletrônico OLX preparou uma lista com os automóveis clássicos mais vendidos na plataforma. A liderança ficou com o Volkswagen Fusca, modelo que concentrou 23% das vendas de antigos. Mas o ranking traz ainda vários outros modelos veteranos que fizeram bastante sucesso em seu tempo. Confira a seguir os carros antigos .

1º – VW Fusca

Fusca
Divulgação

VW Fusca é, entre os carros antigos e modernos, o mais longevo da história dos automóveis

Surgido na Alemanha nazista nos anos 1930 como um modelo de automóvel popular, o Volkswagen Fusca chegou ao mercado brasileiro no final dos anos 1940 e iria se tornar um dos carros mais fabricados da indústria automobilística brasileira.

Inicialmente importado, teve mais de 3,1 milhões de unidades produzidas por aqui entre 1959 e 1986 e entre 1993 e 1996, em um raro caso de modelo de automóvel que voltou à vida anos após o encerramento da sua produção.

2º – VW Gol

VW Gol
Renato Bellote/iG

VW Gol GTI foi o sonho de consumo dos amantes de esportivos entre o fim dos anos 80 e início dos 90

Substituto do Fusca como o carro mais popular da Volkswagen no Brasil, o VW Gol ainda é o modelo mais vendido da marca alemã por aqui tanto no ranking de emplacamentos quanto no de veículos usados.

Com 40 anos de mercado comemorados este ano, o modelo somou várias versões memoráveis no mercado, como o primeiro Copa (alusivo à Copa do Mundo de 1982), e os esportivos GT e GTI. Este último, o primeiro brasileiro com injeção eletrônica, é disputado a tapa pelos colecionadores e já chega a ultrapassar os R$ 100 mil em leilões…

3º – Chevrolet Chevette

Chevette
Divulgação

O Chevette era bem econômico para sua época, bem como oferecia boa comodidade e baixos custos de manutenção

Variação para o Brasil do projeto mundial “T-Car”, o Chevrolet Chevette foi lançado no Brasil em 1973, antes mesmo do seu equivalente europeu, o Opel Kadett de 3ª geração.

Com motor na dianteira e tração na traseira (combinação incomum para um carro brasileiro compacto), o modelo seguiria em linha no Brasil até 1994, tendo sido produzido nas variações hatch e sedã de duas e quatro portas, além de ter dado origem à station wagon Marajó.

4º – Chevrolet Opala

Opala
Renato Bellote/iG

Chevrolet Opala era uma das maiores referências de luxo do Brasil em anos de importações fechadas

Revelado em 1968, o Chevrolet Opala foi o primeiro carro de passeio fabricado pela marca no Brasil. O modelo combinava a carroceria do alemão Opel Rekord “C” com os motores de 4 e 6 cilindros da linha americana.

Mesmo com poucas modificações de peso na carroceria, o modelo saiu de cena só em 1992 ainda como um dos carros mais caros e de maior prestígio do mercado brasileiro. Acabou sendo substituído pelo Chevrolet Omega, modelo que já está se tornou tão colecionável quanto o antecessor.

5º – Chevrolet Monza

Monza
Divulgação

Se o Opala era o luxuoso, sendo sucedido pelo Omega, o Monza era o sedã executivo

Mais um produto mundial da General Motors, o Chevrolet Monza era a variação local do projeto “J-Car”, que na Europa daria origem ao Opel Ascona de 3ª geração. Lançado em 1982 no Brasil, foi um dos poucos lançamentos do mercado brasileiro na década e é até hoje o único modelo médio-grande a ter atingido o topo do ranking de emplacamentos.

O Monza era um modelo ficava posicionado na linha abaixo do Opala — talvez um dos carros antigos com mais saudosistas — embora em sua versão de topo Classic atendesse a um público que buscasse a combinação de sofisticação e projeto avançado. Acabou saindo de cena em 1996, pouco tempo depois do lançamento do seu sucessor, o Vectra.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Carros e Motos

Kia revela esboço de novo SUV compacto, abaixo do Sportage

Publicado


source
Kia Sonet
Divulgação

Kia Sonet conceitual já revela muitas pistas de como será o modelo definitivo, a ser revelado em breve

A Kia está prestes a lançar o SUV Sonet na Índia. Trata-se de uma novidade que se posicionará abaixo do Sportage, e tem como destaques o visual robusto, a proposta de entregar mais versatilidade e com novas tecnologias. No dia 7 deste mês, será lançado no mercado para concorrer com os SUVs compactos, que, no Brasil, são compostos por modelos como o Ford EcoSport, Nissan Kicks, Jeep Renegade, Honda WR-V e companhia. Entretanto, não há previsão do carro ser vendido no País, conforme a asssoria de imprensa da marca coreana.

Pouco antes do lançamento oficial, a Kia apresentou algumas características do veículo por meio dos esboços do carro, que quase não sofreu mudanças desde a apresentação do conceito na Expo Auto 2020, na Índia, em fevereiro deste ano. Além da robustez e da dianteira larga, sua grade frontal tem a forma de colmeia e é inteiriça, o que faz o capô tomar uma forma distinta.

Os faróis são de LED, com detalhes em prateado, enquanto os faróis de neblina ficam logo abaixo, ao lado das saídas de ar do para-choques. Algo que ainda não foi informado é o tamanho das rodas de liga leve, mas só pelas imagens já é possível notar que são bem largas. Por fim, a traseira tem uma lanterna inteiriça que cruza toda a largura do veículo, para um aspecto mais robusto. O para-choque traseiro do SUV coreano , com detalhes em preto e prateado, terá duas saídas de escapamento.

O interior do Kia Sonet traz o mesmo estilo arredondado do exterior, equilibrando o couro preto com detalhes em prateados nas saídas de ar, volante e câmbio. A Kia confirmou que o veículo receberá uma multimídia de 10,25 polegadas, o que garante o título de maior central do segmento.

Quanto ao conjunto mecânico do novo Kia , espera-se que venha com três opções de motorização: 1.0 e 1.2 turbo a gasolina e 1.5 turbo diesel, que entregam, respectivamente, 83 cv, 120 cv e 100 cv. Isso associado com opções de transmissão manual de 5 e 6 marchas, além do IMT (Transmissão Manual Inteligente), sistema que ajusta automaticamente as rotações do motor durante as trocas, de 6 marchas e câmbio automático de dupla embreagem e 7 velocidades.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana