conecte-se conosco


Policial

Suspeito de matar vigilante de condomínio há um ano é preso em Cuiabá

Publicado

Um dos suspeitos foi morto em confronto com forças de segurança em maio do ano passado, outro foi preso nesta sexta-feira e um terceiro está foragido, mas identificado pela Polícia Civil

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá esclareceu um caso de latrocínio, que vitimou o vigilante Gerson Gauto Flores, ocorrido em janeiro de 2019, no bairro Jardim Imperial, na Capital. Um dos suspeitos teve o mandado de prisão cumprido nesta sexta-feira (14).

As investigações constaram que três homens, todos identificados nas diligências, moradores do bairro Doutor Fábio, se uniram para a praticar o roubo. O trio pulou o muro de onde era construído um empreendimento imobiliário, onde a vítima trabalhava como vigilante na obra. Era uma noite chuvosa e os três se depararam com o vigia sozinho, em um container, e provavelmente, o objeto do roubo era a arma da vítima. Como o funcionário foi encontrado morto e com a arma próxima ao corpo, a investigação constatou que a vítima tentou alguma reação.

Após os disparos efetuados pelos suspeitos, outro vigilante que estava nas proximidades seguiu para o local e viu três pessoas correndo na escuridão e pulando o muro que dá acesso para a rua. Na fuga, o trio usou uma escada para acessar o muro e deixou cair no local uma máscara de caveira.

O delegado André Luís Prado Monteiro, pontua que a investigação foi bastante complexa e demandou da Polícia Civil diversas técnicas avançadas de investigação, que contaram com apoio do Ministério Público e Poder Judiciário.

Dos três investigados no crime, um deles foi morto em confronto com forças de segurança no mês de maio do ano passado. Outro foi preso, em cumprimento a mandado de prisão preventiva e um terceiro encontra-se foragido, mas identificado pela Derf.

 

 

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Polícia Civil prende casal com Corolla e Hilux SW4 roubados em Pontes e Lacerda

Publicado


.

Assessoria | PJC-MT

Mais dois veículos produtos de crimes, entre eles um Toyota Corolla e ums HIlux SW4, foram recuperados em Pontes e Lacerda (448 km a oeste de Cuiabá), na quarta-feira (01.04), durante ação da Polícia Civil visando o combate a criminalidade na região de fronteira.

Duas pessoas, um homem de 33 anos e uma mulher de 26 anos, foram autuados em flagrante pelos crimes de receptação, adulteração sinal identificador de veículo automotor, desobediência e conduzir veículo sem possuir CNH.

Os policiais civis coordenados pela delegada  Lizzia Ferraro, realizavam diligências e barreira fixa com emprego de viatura na Estrada do Matão MT 343 – Ponte do Rio Alegre, região usada por criminosos para trafegar com automóveis roubados/furtados com destino a Bolívia, quando avistaram os dois veículos em atitudes suspeitas.

O homem conduzia o Corolla e a mulher dirigia o veículo SW4. Logo que o condutor do Corolla percebeu a presença da Polícia Civil tentou fugir, porém os dois carros foram parados. Na checagem, foi verificado que o Corolla apresentava sinais de adulteração levantando suspeitas de se tratar de veículo roubado ou furtado. 

Já o segundo carro (SW4) era conduzido pela suspeita que não tinha habilitação (documento CNH), bem como apresentava também adulteração do número do chassi e não possuía o documento CRLV. Em vistoria minuciosa foi confirmado que o SW4 era proveniente de um roubo ocorrido na cidade de Arenápolis.

Diante dos fatos, o casal foi conduzido para Delegacia de Polícia de Pontes e Lacerda, interrogado e autuado em flagrante pelos crimes de receptação, adulteração de sinal identificador de veículo automotor, desobediência e conduzir veículo sem possuir CNH.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Polícia Civil apreende menor por morte de adolescente de 13 anos em Sorriso

Publicado


.

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Civil de Sorriso (442 km ao Norte) apreendeu um adolescente de 15 anos suspeito da autoria da morte que vitimou uma adolescente de apenas 13 anos de idade. A vítima, Analuiza Nunes do Carmo, estava desaparecida desde a terça-feira (31.03) e o corpo foi encontrado na manhã desta quinta-feira (02.04), em um terreno baldio no bairro Jardim Itália, na cidade.

De acordo com as informações coletadas pela polícia, no dia do desaparecimento a garota utilizou o celular da sua irmã para falar com um rapaz, arrumou a cama com travesseiros para que pensassem que ela estava dormindo e saiu de casa. 

Assim que o corpo foi localizado, a Polícia Civil iniciou as investigações que apontaram o adolescente como principal suspeito do crime. Durante a oitiva de testemunhas, foi possível descobrir que havia um relacionamento entre o suspeito e a vítima.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Nilson André Farias de Oliveira, o menor tinha um namoro sério com outra garota, mas “ficava” com a vítima. “O suspeito teria desconfiado que a vítima estivesse grávida, fato que atrapalharia o seu relacionamento com sua namorada oficial, o que motivou o crime”, disse o delegado. 

No dia do crime, as investigações apuraram que o rapaz estava acompanhado por amigos até um pouco antes de a vítima sair escondida de casa, por volta de 00h40. Ainda de acordo com testemunhas, ele estava bem fisicamente e sem lesões aparentes, porém, no dia seguinte amanheceu com o tornozelo torcido, com fratura evidente e as mãos machucadas, possivelmente devido aos esforços empregados para desferir as agressões contra a vítima. 

Diante das evidências, os policiais realizaram a apreensão do adolescente que foi conduzido à Delegacia de Sorriso para as providências cabíveis.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana